Conecte-se Conosco

Esporte

Sem brasileiros, Fifa coroa Messi, Lewandowski ou Salah como melhor do mundo

Publicado

em

Não há brasileiros em nenhuma das categorias, entre elas melhor jogadora, melhor treinador (de time masculino e feminino), melhor goleiro e goleira, além do gol mais bonito, o Prêmio Puskás

A Fifa revela nesta segunda-feira, em Zurique, na Suíça, os vencedores do The Best. Lionel Messi, Robert Lewandowski e Mohamed Salah são os concorrentes ao prêmio de melhor jogador do mundo de 2021. Não há brasileiros em nenhuma das categorias, entre elas melhor jogadora, melhor treinador (de time masculino e feminino), melhor goleiro e goleira, além do gol mais bonito, o Prêmio Puskás.

Cabe salientar que, ao contrário da Bola de Ouro, premiação organizada pela revista France Football, o The Best considera o desempenho do atleta durante a temporada europeia, neste caso, de 8 de outubro de 2020 a 7 de agosto de 2021. A Fifa diz que continua seguindo as medidas sanitárias relativas à pandemia de covid-19 e, por isso, fará a cerimônia virtualmente mais uma vez.

Técnicos e capitães de todas as seleções filiadas à Fifa, além de jornalistas especializados que representam cada nação, votaram entre 22 de novembro e 10 de dezembro do ano passado para escolher o melhor jogador do mundo. O Brasil não fatura o prêmio desde que Kaká ganhou em 2007, e não tem representante entre os finalistas em nenhuma categoria. Neymar e o ítalo-brasileiro Jorginho chegaram à pré-lista dos dez mais votados e, entre os goleiros, Alisson e Ederson fazem parte dos dez melhores.

OS CONCORRENTES – O atual dono do troféu é Robert Lewandowski, do Bayern de Munique e da seleção polonesa. O atacante vive grande fase, e é um dos favoritos a levar o prêmio pela segunda vez. Tem a concorrência habitual de Lionel Messi, que ostenta seis troféus e é o maior ganhador do prêmio da Fifa. O argentino, aliás, desbancou o polonês na Bola de Ouro recentemente e ampliou sua hegemonia. Mohamed Salah é considerado o azarão na disputa. O egípcio aparece no top 3 da premiação pela segunda vez. Em 2018, ficou em terceiro lugar.

Hoje no Paris Saint-Germain, Messi está entre os finalistas pelo seu desempenho ainda quando defendia o Barcelona. Embora o time espanhol já viesse em uma crise financeira e esportiva naquele período, o argentino obteve números expressivos individualmente. Foram 43 gols e 17 assistências em 57 partidas, contando também os números com a camisa da seleção argentina, que liderou na conquista da Copa América. A outra taça que levantou em 2021 antes de deixar a equipe catalã foi a Copa do Rei.

Lewandowski vive fase formidável. O polonês é uma máquina de fazer gols e não cai de nível. O atacante do Bayern de Munique marcou incríveis 51 gols em 44 partidas na temporada passada. Também contribuiu com oito assistências. Ele foi o protagonista do time bávaro nas conquistas do Campeonato Alemão e da Supercopa da Alemanha.

Se em 2018 Salah tinha boas chances de levar o prêmio em razão da grande fase vivida pelo Liverpool, desta vez ele surge como azarão. O primeiro semestre de 2021 foi discreto, e sua performance só cresceu entre o fim de 2021 e o começo de 2022, período em que foi o grande destaque do Liverpool. Na última temporada, o egípcio registrou 26 gols e seis passes em 45 partidas e fechou 2020/2021 sem títulos.

OUTRAS CATEGORIAS – No feminino, concorrem ao prêmio mais importante as espanholas Jennifer Hermoso e Alexia Putellas, ambas do Barcelona, e a australiana Sam Kerr, do Chelsea.

Entre os goleiros, Alisson e Ederson fazem parte dos dez melhores, mas não chegaram ao top 3. Os finalistas da posição neste ano são o senegalês Mendy, do Chelsea, o italiano Donnarumma, do PSG, e o alemão Neuer, do Bayern de Munique. No feminino, as indicadas são a alemã Ann-Katrin, do Chelsea, a chilena Christiane Endler, do Lyon, e a canadense Stephanie Lynn Marie Labbé, do PSG.

Pep Guardiola, multicampeão pelo Manchester City, Thomas Tuchel, que conduziu o Chelsea à conquista da Liga dos Campeões, e Roberto Mancini, campeão da Eurocopa pela seleção da Itália, disputam a honraria de melhor treinador. No futebol das mulheres, os três melhores são o espanhol Lluís Cortés, do Barcelona, a inglesa Emma Hayes, treinadora do Chelsea, e a holandesa Sarina Wiegman, comandante da seleção da Inglaterra.

Nesta edição, concorrem ao Puskás a pintura de letra do argentino Lamela, do Tottenham, anotado no clássico com o Arsenal, o gol do meio de campo do checo Patrik Schik pela República Checa em duelo contra a Escócia, e a bicicleta do iraniano Taremi, do Porto, diante do Chelsea.

Em parceria com o FIFPRO, o sindicato dos jogadores, o prêmio também define uma escalação dos 11 melhores do mundo, por posição. Essa premiação também será concedida no feminino. Além disso, a Fifa vai entregar a honraria de Fair Play (jogo limpo) e o Fan Award, dedicado às histórias de torcedores apaixonados pelos seus times. Dois brasileiros já ganharam nessa categoria.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Brasil será representado por oito duplas no Mundial de Vôlei de Praia em Roma

O Brasil já subiu ao pódio 31 vezes na competição e tentará aumentar sua lista de conquistas.

Publicado

em

Com cinco campeões garantidos, a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) anunciou nesta terça-feira as oito duplas que representarão o País no Mundial da Itália, em Roma, entre os dias 10 e 19 de junho. O Brasil já subiu ao pódio 31 vezes na competição e tentará aumentar sua lista de conquistas.

Alison (em 2011 e 2015), Bruno Schmidt (em 2015), Bárbara Seixas (em 2015) e André Stein (em 2017) são os representantes que já subiram no topo do pódio do Mundial. A delegação, porém, ainda conta com outros nomes de peso, casos de Bárbara Seixas (prata nos Jogos Olímpicos do Rio), Talita, Taiana e Duda, campeões do Circuito Mundial.

As oito duplas são formadas ficaram definidas assim: Duda e /Ana Patricia; Bárbara Seixas e Carol Solberg; Rebecca e Talita, e Taiana e Hegê, no feminino, e André Stein e George, Renato e Vitor Felipe, Alison e Guto e Bruno Schmidt e Saymon, no masculino. Eles figuram entre as 25 primeiras duplas do ranking da Federação Internacional divulgado na segunda-feira e carimbaram o passaporte.

“O Mundial é a principal competição do vôlei de praia na temporada e um grande desafio para nossos atletas. Temos um grupo de muito talento, com atletas experientes e jovens que disputam a competição pela primeira vez. O Brasil tem uma grande tradição no Campeonato Mundial e entramos sempre com a responsabilidade de manter essa história. Este ano, tivemos novidades no Circuito Brasileiro, que ficou ainda mais disputado, e a formação da comissão técnica permanente de vôlei de praia, iniciativas para que nossas duplas se tornem ainda mais competitivas”, enfatizou Guilherme Marques, gerente de vôlei de praia da CBV e campeão do Mundial em 1997, ao lado de Pará.

O medalhista olímpico e do mundial Bruno Schmidt quase ficou fora da edição de Roma. Evandro e Álvaro Filho dependiam de um terceiro lugar no Challenge de Kusadasi, na Turquia, para obter a vaga. Acabaram em quinto e fora da disputa. Assim como Taiana e Hegê foram beneficiadas por resultado ruim de Elize Maria e Thâmela, que dependiam de ida às quartas e não conseguiram.

“Teremos uma sequência de três torneios grandes e estamos muito motivados, principalmente para o Campeonato Mundial. Viemos de bons resultados, estamos jogando bem, e agora é botar isso em prática para conseguir o maior número de pódios possível. Jogamos muito bem a última etapa que teve em Ostrava e isso nos anima ainda mais”, afirmou George, medalhista de bronze na etapa de Ostrava do Circuito Mundial de 2021 ao lado de André.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Por economia anual de R$ 12,5 milhões, CBF vai vender aeronaves e outros bens

A proposta foi aprovada por unanimidade pelos representantes das 25 federações estaduais de futebol presentes à Assembleia e aptos a votar.

Publicado

em

A CBF aprovou, em Assembleia Geral Extraordinária realizada na manhã desta terça-feira, a venda de um avião, um helicóptero, um carro de luxo e duas salas comerciais localizadas no centro do Rio de Janeiro. A medida, que permitirá à entidade economizar pelo menos R$ 12,5 milhões por ano, era uma promessa de campanha do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, eleito em 23 de marco para administrar a entidade por quatro anos.

A proposta foi aprovada por unanimidade pelos representantes das 25 federações estaduais de futebol presentes à Assembleia e aptos a votar. O representante da federação do Pará não pode votar por uma pendência jurídica e a federação do Mato Grosso não enviou representante. Agora será iniciado o processo de venda.

O avião é um Cessna 680 Citation Sovereign (prefixo PP-AAD) ano 2009, com capacidade para nove passageiros e comprado em 2009. No ano passado, o então presidente Rogério Caboclo iniciou uma negociação para vendê-lo por US$ 6,5 milhões (cerca de R$ 31,4 milhões), mas o negócio não foi concluído.

O helicóptero é um Augusta A109S, ano 2010, de quatro lugares, avaliado em US$ 3 milhões (R$ 15 milhões) em sites especializados, e comprado em 2011. O carro é um Mercedes-Benz E 500, blindado, ano 2009, que vale R$ 162 mil segundo a tabela Fipe. Além disso, a entidade vai vender duas salas comerciais em um prédio na rua Visconde de Inhaúma, no centro do Rio de Janeiro.

A venda desses bens deve render entre R$ 50 milhões e R$ 60 milhões. Durante a assembleia, Rodrigues afirmou que pretende usar o valor arrecadado para investir em estrutura de estádios e no futebol feminino.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Série B: fortes chuvas adia o jogo entre Sport e CRB, para essa Terça-feira(24)

O jogo foi também transferido para a Arena de Pernambuco

Publicado

em

Gramado alagado da Ilha do Retiro foi motivo de partida passar para esta terça-feira, na Arena de Pernambuco, às 19h; estádio teve até torcedor nadando nas sociais alagadas.

Por conta das fortes chuvas que caíram no Recife desde o início da tarde desta segunda-feira, o jogo entre Sport e CRB, que abriria a nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi adiado para esta terça, às 19h. A decisão foi tomada pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP), após quatro avaliações das condições do gramado da Ilha do Retiro, que apresentou vários pontos alagados.

Os dois times chegaram a subir para a partida, uniformizados e seguindo o protocolo, mas a decisão foi tomada pela arbitragem às 21h, uma hora após o horário previsto para a bola rolar, quando a chuva voltou a cair com mais intensidade. Os jogadores das duas equipes também pediram pelo adiamento.

O regulamento geral das competições da CBF fala em adiar a partida para a data seguinte, no mesmo local e horário. A CBF, no entanto, em contato com os clubes e arbitragem, definiu que na Arena de Pernambuco, às 19h. O estádio tem um sistema de drenagem melhor e são esperadas mais chuvas no Recife nesta terça.

O presidente do Sport, Yuri Romão, garantiu que não haverá nenhum prejuízo ao torcedor que foi para a Ilha do Retiro, nesta terça-feira.

– Os torcedores não terão nenhum prejuízo. Vamos ressarcir e ele poderá trocar o ingresso para o jogo de amanhã. E se ele não puder ir, vamos trocar para o próximo jogo – informou.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending