Conecte-se Conosco

Saúde

Taxa de ocupação de UTI exclusiva de covid em Pernambuco chega a 81%

Publicado

em

Em Pernambuco, neste sábado (28), 75% dos leitos exclusivos para pacientes com covid-19 estavam ocupados (de um total de 1.622 vagas), segundo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. Considerando apenas UTI, a taxa de ocupação é um pouco maior, chega a 81% (são 816 leitos). Apenas de enfermaria, o índice de ocupação é 69% (de um total de 806 leitos).

O levantamento divulgado diariamente pelo governo mostra também que houve 2.084 novos casos de covid-19. A justificativa para esse aumento é, conforme a pasta, o acúmulo de notificações dos últimos três dias devido à instabilidade no sistema do Ministério da Saúde, onde são notificados os casos leves (e-SUS Notifica).

O Estado totaliza agora 181.392 casos confirmados da doença, sendo 27.973 graves e 153.419 leves. Também foram registrados 20 óbitos, ocorridos entre 12 de julho e 26 de novembro. Até agora, 9.019 pessoas morreram vítimas do novo coronavírus em Pernambuco.

Desde 11 de março, quando foi decretada pandemia por causa do novo coronavírus no mundo, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Pernambuco teve o dia 16 de maio como o de maior número de casos registrados de uma só vez, 2.279. Outra datas com número alto de notificações foram 23 e 29 de julho, com 1.858 casos em cada dia; e 22 de maio, com 1.849 casos.

Já houve relatos anteriores de instabilidade no sistema do Ministério da Saúde, mas em nenhuma vez o total de casos computados uma única vez ultrapassou 2 mil notificações.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Saúde

ST registra 31 casos de Covid-19 em 24h; mulheres são as mais infectadas

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde de Serra Talhada divulgou, na noite dessa segunda-feira (30), o boletim epidemiológico da Covid-19 na capital do xaxado. Foram 31 casos registrados em apenas 24 horas. O número é maior que o total em todo o final de semana: 26 casos. O curioso é que a maioria dos infectados são mulheres. Foram 23 pacientes do sexo feminino e 8 do sexo masculino com idade entre 05 e 60 anos.

O município soma 10.638 casos confirmados, 10.314 pacientes recuperados, 50 exames aguardando resultados, 57.233 casos descartados, 130 pacientes em isolamento domiciliar e 04 pacientes em tratamento hospitalar, somando 134 casos ativos, além de 190 óbitos.

Em relação à ocupação hospitalar, o Hospital Eduardo Campos está com 05% de ocupação dos leitos de UTI, com 04 pacientes internados, sendo 01 serra-talhadense. Não há pacientes nos leitos clínicos da unidade.

O HOSPAM está com 30% de ocupação dos leitos de UTI, com 03 pacientes internados, sendo todos serra-talhadenses. Não há pacientes na enfermaria da unidade.

Não há pacientes internados nos Leitos de Retaguarda do Hospital São José. Portanto, temos 04 serra-talhadenses internados na rede pública de Serra Talhada, sendo todos em leitos de UTI. (Do Farol de Notícia)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Atuais vacinas podem ser ineficazes contra variante ômicron, adverte Moderna

Publicado

em

As vacinas contra a Covid-19 desenvolvidas até agora podem ter dificuldades para combater a variante ômicron e levará meses para desenvolver um novo imunizante eficaz contra esta cepa, afirmou o CEO do laboratório americano Moderna ao jornal Financial Times.
Stephane Bancel declarou ao jornal, em uma entrevista publicada nesta terça-feira, que os dados sobre a eficácia das vacinais contra a nova cepa estarão disponíveis nas próximas duas semanas, mas que os cientistas não são otimistas.
“Todos os cientistas com quem conversei… sentem que ‘isto não vai ser bom'”, disse ao jornal.
A advertência de Bancel coincidiu com uma reunião de emergência dos ministros da Saúde do G7 sobre a nova variante, que está se propagando pelo mundo e que levou diversos países a fechar suas fronteiras e a retomar as limitações às viagens.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a ômicron representa um risco “muito elevado”.
Bancel explicou que os cientistas estão preocupados porque 32 das 50 mutações detectadas na variante ômicron se encontram na proteína ‘spike’ (ou espícula), uma parte do vírus que as vacinas usam para reforçar o sistema imunológico contra o coronavírus.
O CEO da Moderna afirmou ao Financial Times que pode acontecer uma “queda considerável” na eficácia das vacinas atuais contra a ômicron.
A Moderna já está trabalhando em uma vacina específica contra a ômicron, assim como o laboratório americano Pfizer.
Bancel afirmou que a Moderna espera entregar entre dois e três bilhões de doses deste imunizante em 2022, mas advertiu que concentrar toda a produção nas vacinas contra a variante ômicron seria perigoso, porque outras cepas continuam em circulação.
Um tono alarmista que contrasta com os esforços dos políticos para tentar tranquilizar a população a respeito da ômicron.
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou na sexta-feira que a nova variante “não é motivo para pânico”.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Pernambuco já aplicou 13.522.795 doses de vacinas contra a Covid-19

Publicado

em

Até esta segunda-feira (29/11), Pernambuco já aplicou 13.522.795 doses de vacinas contra a Covid-19, das quais 7.161.320 foram primeiras doses, 5.517.232 segundas doses e 173.073 doses únicas.

Além disso, 671.170 pernambucanos tomaram a dose de reforço.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending