Conecte-se Conosco

Esporte

Tite diz que alta concorrência impede convocação de destaques do Brasileirão

Publicado

em

Na lista de convocados para os duelos com Bolívia e Uruguai, em novembro, foram incluídos quatro jogadores que atuam no País: os palmeirenses Gabriel Menino e Weverton e os flamenguistas Rodrigo Caio e Everton Ribeiro

recente convocação de Tite para os próximos compromissos da seleção nas Eliminatórias contou com quatro jogadores que atuam no futebol nacional, mas sem aqueles nomes que têm sido destaque no Campeonato Brasileiro, como Marinho, Thiago Galhardo e Pedro. Questionado especificamente sobre a ausência do atacante santista, o treinador assegurou que vem acompanhando o torneio, mas que a forte concorrência o leva a optar, nesse momento, por outros nomes.

“Tem muita concorrência em diferentes setores da equipe. Marinho faz parte de uma série de jogadores que têm se destacado no Brasileirão, assim como Galhardo. Na concorrência, tu tens a busca por uma projeção, histórico na seleção. Ele compete com Neymar, Richarlison, Cebolinha, Vinicius Junior, Rodrygo… É uma função em que temos ótimas opções. A gente tem escolhas em função da concorrência”, disse o treinador em entrevista ao SBT.

Na lista de convocados para os duelos com Bolívia e Uruguai, em novembro, foram incluídos quatro jogadores que atuam no País: os palmeirenses Gabriel Menino e Weverton e os flamenguistas Rodrigo Caio e Everton Ribeiro.

Tite também admitiu ser preciso relativizar o bom desempenho de um jogador do futebol do Brasil com o daqueles que se destacam em grandes ligas europeias, como a inglesa, por considerar que o nível e a exigência fora do País são maiores.

“O atleta que está em alto nível jogando a Premier League tem que relativizar o bom momento do que está no Brasil? Sim. É alto nível, o grau de exigência físico, técnico e mental nesses campeonatos é muito grande. Então, momentos, equipes, campeonatos são levados em consideração, sim”, afirmou.

Tite também fez elogios a Pedro, lembrando que o centroavante possui experiência pelas seleções de base do Brasil, destacando que o observa desde então. E exaltou as suas características para assegurar que o atacante flamenguista está no seu radar.

“Sobre o Pedro, me sinto muito à vontade para falar pela integração com a base e o trabalho que tem sido desenvolvido. Então se pegar desde (Rogério) Micale, (André) Jardine, (Carlos) Amadeu, todos têm esses atletas todos trabalhados, a gente procura a integração na convocação. Lá atrás buscávamos integração com as categorias sub-23, sub-20 para completar o treinos. Dentre eles, veio o Pedro. É um pivô de qualidade, finalização, bom cabeceio, inteligente”, comentou.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Penúltimo, Grêmio empata com América-MG e segue sem ganhar em casa no Brasileirão

Publicado

em

Em confronto direto de desesperados na zona de rebaixamento, até saiu na frente do marcador, mas acabou cedendo o 1 a 1 com o América-MG, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre

OGrêmio ainda não perdeu com o técnico Felipão no Campeonato Brasileiro. Mas voltou a decepcionar em seus domínios. Em confronto direto de desesperados na zona de rebaixamento, até saiu na frente do marcador, mas acabou cedendo o 1 a 1 com o América-MG, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela 13.ª rodada, e permanece na 19.ª e penúltima colocação, agora com sete pontos.

Antes diferencial para o Grêmio superar seus oponentes, a sua arena já não faz mais a diferença nos jogos do time. Com a segunda igualdade seguida no estádio – segurou o 0 a 0 diante do Internacional na estreia de Felipão -, agora são quatro tropeços em casa pelo Brasileirão e sete partidas sem conseguir vencer no palco somando outras competições.

Não realizar o dever de casa explica bem a péssima campanha no Brasileirão. São somente sete pontos somados e uma única vitória, na rodada passada, na qual também jogou muito mal na visita aos reservas do Fluminense.

Alisson e Ricardinho desperdiçaram boas chances para dar a vitória ao time gaúcho. Por outro lado, os mineiros deram bastante trabalho com coragem no ataque, apesar da falta de capricho nas finalizações. O resultado é ruim para ambos, que permanecem entre os piores.

Felipão confirmou a aposta em jovens meninos da base, em detrimento a medalhões que não vinham bem, como Rafinha e Bruno Cortez, e entrou com Vanderson e Guilherme Guedes nas laterais. Além de outras sete revelações escaladas.

Antes de sua aposta nas alas dar certo, perdeu Diego Souza, machucado logo com três minutos. Arrancou e sentiu a coxa esquerda. Deu lugar para Ricardinho aos cinco e viu, no minuto seguinte, os alas aparecerem. Vanderson cruzou e Guilherme Guedes surgiu livre para abrir o marcador.

Com três zagueiros e um time forte defensivamente, bastava repetir a muralha atrás que segurou o 0 a 0 com o Internacional e ajudou no 1 a 0 sobre o Fluminense, no Rio de Janeiro. O Grêmio, porém, queria mais. Carimbou a trave com Ruan, outro jovem, e assustou com Alisson e Ricardinho.

Não balançou as redes e acabou castigado. Em uma falha defensiva, a bola sobrou para Felipe Azevedo empatar. O atacante e o estreante Chrigor levavam os mineiros ao ataque e proporcionavam sustos para o goleiro Gabriel Chapecó.

Mesmo com o crescimento dos visitantes, os gaúchos podiam ir para o descanso com vantagem no placar. Guilherme Guedes cruzou na medida para Alisson marcar. O atacante foi infeliz e mandou no travessão. Após passe de Vanderson, Ricardinho também perderia boa oportunidade.

Bem nos 45 minutos iniciais, o Grêmio voltou sonolento do intervalo. Diferentemente do início arrasador, retornou dos vestiários dominado e logo Felipão resolveu mexer para reorganizar o time. Com dor na coxa, Douglas Costa deu lugar a Jean Pyerre. Darlan foi a opção para vaga de um sumido Bobsin.

O técnico Vagner Mancini respondeu com dois atacantes no América-MG, mostrando que queria surpreender na Arena do Grêmio. Mesmo dominando a etapa, o treinador queria mais ao lançar Marcelo Toscano e Ademir.

O Grêmio demorou 21 minutos para chegar pela primeira vez na etapa. Guilherme Guedes mandou para Ricardinho perder nova chance boa. Não fez o gol e ainda perdeu o jovem ala, machucado. Alisson teve a chance de se redimir do gol perdido, mas novamente não deu sorte, desta vez ao parar no goleiro Matheus Cavichioli, cria gremista, que ainda foi arrojado, nos pés de Ricardinho no fim. Empate sem festa para ambos no confronto do desespero.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 x 1 AMÉRICA-MG

GRÊMIO – Gabriel Chapecó; Ruan, Paulo Miranda e Rodrigues; Vanderson (Rafinha), Fernando Henrique, Victor Bobsin, Douglas Costa e Guilherme Guedes (Diogo Barbosa); Alisson e Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AMÉRICA-MG – Matheus Cavichioli; Eduardo Bauermann, Ricardo Silva e Zé Vitor (Ramon); Diego Ferreira (Marcelo Toscano), Juninho Valoura, Juninho e Alan Ruschel (Giovane); Felipe Azevedo (Ademir), Chrigor (Carlos Alberto) e Fabrício. Técnico: Vagner Mancini.

GOLS – Guilherme Guedes, aos 6, e Felipe Azevedo, aos 30 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Rafinha, Fernando Henrique e Darlan (Grêmio); Zé Vitor, Ramon e Alan Ruschel (América-MG).

ÁRBITRO – Alisson Sidnei Furtado (TO).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Manifestantes fazem protesto em Tóquio na abertura das Olimpíadas

Publicado

em

Horas antes da cerimônia de abertura dos Jogos, algumas dezenas de pessoas se reuniram em um bairro tradicional de Tóquio para protestar contra a realização das Olimpíadas.

A manifestação contou com diversas faixas e cartazes com frases reclamando do evento, que ocorre em meio à pandemia. Os Jogos estavam marcados para 2020, mas foram adiados por causa do coronavírus.

Algumas pessoas fizeram discursos no microfone, questionando o motivo de o governo japonês ter aceitado a competição neste momento.

“Fora Suga”, aparece escrito em um dos cartazes, com a foto do premiê japonês, Yoshihide Suga.

“Vamos cancelar as ‘Olimpíadas do dinheiro mais importante que vidas'”, estava em outro cartaz.

Pesquisa divulgada na segunda (19) pelo jornal Asahi Shimbun apontou que 70% dos japoneses duvidam que as Olimpíadas possam ocorrer com segurança, reforçando a rejeição local ao evento. (Por Notícias ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

A agenda do Brasil na Olimpíada de Tóquio nos próximos três dias

Publicado

em

Sexta-feira (23)

8h
Cerimônia de abertura

21h
Handebol (masculino, fase de grupos): Noruega x Brasil

Esgrima (feminino, espada individual, primeira rodada)

22h

Vôlei de praia (masculino, fase de grupos): Brasil (Alison e Álvaro Filho) x Argentina

23h

Judô (feminino, até 48 kg, primeira rodada): Brasil (Gabriela Chibana) x Malawi
Vôlei de praia (feminino, fase de grupos): Brasil (Agatha e Duda) x Argentina
Judô (masculino, até 60 kg, primeira rodada): Brasil (Eric Takabatake) x Laos

23h05

Vôlei (masculino, fase de grupos): Brasil x Tunísia

Sábado (24)

1h
Tiro esportivo (masculino, pistola de ar 10 m, classificatórias)

2h15
Tênis de Mesa (feminino, simples, primeira rodada): Suíça x Brasil (Jessica Yamada)

2h30
Ginástica artística (masculino, qualificatório, subdivisão 2)

7h48
Natação (masculino, 400 m livre, classificatórias)

8h
Futebol (feminino, fase de grupos): Holanda x Brasil

8h55
Natação (masculino, 100 m peito, classificatórias)

9h15
Natação (feminino, 4 x 100 m livre, classificatórias)

19h
Surfe (masculino, individual, primeira rodada)

21h
Skate (masculino, street, classificatórias)

22h20
Surfe (feminino, individual, primeira rodada)

22h42
Taekwondo (masculino, até 68 kg, oitavas de final)

23h
Vôlei de praia (masculino, fase de grupos): Brasil (Evandro e Bruno Schmidt) x Chile

Handebol (feminino, fase de grupos): COR (Comitê Olímpico Russo) x Brasil

23h14

Judô (masculino, até 66 kg, primeira rodada): Brasil (Daniel Cargnin) x Egito

23h49
Judô (feminino, até 52 kg, primeira rodada): Brasil (Larissa Pimenta) x PolôniaDomingo (25)

1h47
Canoagem slalom (feminino, k1, classificatórias)

2h
Tênis de mesa (masculino, simples, segunda rodada)
Tênis de mesa (feminino, simples, segunda rodada)

2h35
Vela (masculino, laser, 1ª e 2ª regatas)

3h05
Vela (feminino, RS:X, 1ª, 2ª e 3ª regatas)

5h30
Futebol (masculino, fase de grupos): Brasil x Costa do Marfim

7h06
Boxe (masculino, peso leve, primeira rodada): Brasil (Wanderson Oliveira) x Time de Refugiados

7h22
Natação (masculino, 200 m livre, classificatórias)

8h19
Natação (masculino, 100 m costas, classificatórias)

8h20
Ginástica Artística (feminino, subdivisão 5, qualificatório)

9h10
Natação (masculino, 4 x 100 m livre, classificatórias)

9h45
Vôlei (feminino, fase de grupos): Brasil x Coreia do Sul

18h30
Triatlo (masculino, individual, final)

21h
Handebol (masculino, fase de grupos): Brasil x França
Skate (feminino, street, classificatórias)

21h25
Esgrima (masculino, florete individual, primeira rodada)

22h
Taekwondo (feminino, até 67 kg, oitavas)

22h15
Taekwondo (masculino, até 80 kg, oitavas)

23h
Vôlei de Praia (feminino, fase de grupos): Brasil (Ana Patrícia e Rebecca) x Quênia

23h14
Judô (masculino, até 73 kg, primeira rodada): Brasil (Eduardo Katsuhiro) x França

Segunda (26)

0h05
Vela (masculino, laser, 3ª e 4ª regatas)
Vela (feminino, RS:X, 4ª, 5ª e 6ª regatas)

0h40
Badminton (feminino, individual, fase de grupos): Brasil (Fabiana Silva) x Ucrânia

2h
Badminton (masculino, individual, fase de grupos): Brasil (Ygor Coelho) x Ilhas Maurício

3h
Ciclismo mountain bike (masculino, cross-country, final)

7h29
Natação (masculino, 200 m borboleta, classificatórias)

7h54
Boxe (feminino, peso pena, oitavas 2)

8h32
Natação (feminino, 1500 m livre, classificatórias)

9h45
Vôlei (masculino, fase de grupos): Brasil x Argentina

18h30
Triatlo (feminino, individual, final)

22h
Tênis de mesa (masculino, simples, terceira rodada)

23h
Handebol (feminino, fase de grupos): Brasil x Hungria

23h35
Judô (feminino, até 63 kg, primeira rodada): Brasil (Ketleyn Quadros) x Honduras

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending