Conecte-se Conosco

Brasil

Último paciente do Hospital de Campanha do Ibirapuera, em SP, recebe alta

Publicado

em

Morador de Várzea Paulista (45 km de SP), Iray Fernandes, 70 anos, foi o paciente de número 2.433 a receber alta da unidade

O último paciente internado com Covid-19 no Hospital de Campanha do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, recebeu alta neste sábado (26).

Morador de Várzea Paulista (45 km de SP), Iray Fernandes, 70 anos, foi o paciente de número 2.433 a receber alta da unidade. O idoso, que possui comorbidades e já teve AVC (Acidente Vascular Cerebral), deu entrada no hospital no dia 16 de setembro e respondeu positivamente ao tratamento, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, sob gestão João Doria (PSDB).

Com isso, a unidade construída em 1º de maio em caráter de urgência pelo governo do estado, ao custo de R$ 12 milhões, fecha as portas na próxima quarta-feira (30) após cinco meses de funcionamento. Segundo a secretaria, todos os equipamentos serão doados para entidades assistenciais e outros serviços de saúde.

“O significado de fechar esse hospital de campanha mostra o controle da pandemia no nosso estado. Mas ainda estamos em quarentena, no meio da pandemia. Precisamos seguir com as regras sanitárias”, disse o secretário de estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, durante a cerimônia de homenagem aos profissionais da saúde e pacientes.

Durante o período em que esteve ativo, o hospital atendeu 3.189 pacientes de 106 cidades diferentes, segundo a Secretaria Estadual da Saúde, que não informou se houve mortes no local.

Com 800 profissionais da saúde e 268 leitos, incluindo 28 de UTI, o auge da demanda na unidade ocorreu em junho, quando contabilizou 1.492 internados. “No dia 4 daquele mês, o hospital teve ocupação superior a 80%. Até esta sexta, apenas nove pessoas estavam internadas no local”, afirma nota da secretaria.

Para o governo, o fechamento do hospital é reflexo da redução sustentada nos principais indicadores da pandemia em todo estado. “As estatísticas de novas internações registram queda há nove semanas consecutivas. Além disso, na Grande São Paulo, as taxas de ocupação dos leitos de UTI e de enfermaria estão entre as menores do Plano São Paulo, sendo 45,3% e 39,3%, respectivamente”, diz a secretaria em nota.

Segundo o governo, o hospital de campanha do Ibirapuera era o último do tipo para tratar pacientes com o novo coronavírus, em funcionamento no estado. Outros dois hospitais de campanha foram montados na capital paulista, mas pela gestão Bruno Covas (PSDB), no estádio do Pacaembu (zona oeste) e no Anhembi (zona norte). Ambos encerraram as atividades em 29 de junho e 10 de setembro, respectivamente.

Conforme boletim divulgado na sexta (25) pela Secretaria Municipal da Saúde, a taxa de ocupação em leitos de UTI de hospitais municipais ou contratados pela prefeitura na cidade de São Paulo, para pacientes com a Covid-19, é de 36%.

De acordo com o governo estadual, o estado soma 34.877 mortes pela doença e 964.921 casos confirmados de pessoas contaminadas com o novo coronavírus. Desse total de diagnosticados, 822.453 pessoas já se recuperaram, sendo que 105.439 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

Na capital paulista são 13.561 mortes confirmadas e 328.277 infectados desde a descoberta do primeiro contaminado, em 26 de fevereiro. Outros 401.036 casos estão sob investigação.

Por Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Anvisa: testes com vacina de Oxford prosseguem mesmo após morte de voluntário

Publicado

em

Não há confirmação se o voluntário que faleceu recebeu placebo ou uma dose do imunizante.

diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra, prestou solidariedade à família do voluntário brasileiro dos testes da vacina de Oxford que morreu. Ele não deu nenhum detalhe sobre a vítima, devido à confidencialidade do programa e disse que os testes seguem.

Mais cedo, a Anvisa divulgou nota sobre o ocorrido. “Foram compartilhados com a Agência os dados referentes à investigação realizada pelo Comitê Internacional de Avaliação de Segurança. É importante ressaltar que, com base nos compromissos de confidencialidade ética previstos no protocolo, as agências reguladoras envolvidas recebem dados parciais referentes à investigação realizada por esse comitê, que sugeriu pelo prosseguimento do estudo”, disse a Anvisa, em nota.

Um voluntário brasileiro que participava dos testes clínicos da vacina desenvolvida pela Universidade Oxford e pelo laboratório AstraZeneca morreu devido a complicações de covid-19, na última quinta-feira. Não há confirmação se ele recebeu placebo ou uma dose do imunizante.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Depois do assassinato de seu neto, o sambista Neguinho da Beija Flor, diz que irá deixar o pais

Publicado

em

Nascido e criado no Rio de Janeiro, umas das Cidades com maior número de comunidades do país, e uma das mais violentas também, precisou sentir a dor na pele, com o assassinato de seu neto Gabriel Ribeiro Marcondes, de 20 anos, no último domingo(18), para tomar a decisão de ir morar fora do pais.

“Negros já nascem suspeitos. Em negro, atiram primeiro para depois saber quem é”, disse o artista em entrevista ao jornal O Globo. O jovem participava de um baile funk no Morro da Bacia, no Ambaí, município de Nova Iguaçu, quando foi atingido por uma bala perdida.

O disparo foi feito durante um tiroteio entre policiais militares e bandidos, na tentativa de impedir a realização do evento. A morte precoce do neto de Gabriel deixou a família “arrasada”, segundo o cantor. Neguinho criticou a abordagem da polícia a moradores de comunidades e afirmou que se a pena de morte for implantada no Brasil, “não sobra um negro”.

O caso intensificou a vontade do artista de deixar o Brasil por oferecer outras condições de vida para a filha Luisa Flor Morena, de 12 anos.

A violência está em todo o mundo, pais da Europa sofrem inclusive com atentados, e nos Estados Unidos, sempre vemos ataques a escolas, Igrejas e Templos. Uma ilha no meio do atlântico seria uma boa opção.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Alexandre de Moraes é o novo relator do inquérito sobre Bolsonaro e Moro no STF

Publicado

em

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes é o novo relator do inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou intervir na autonomia da Polícia Federal.

O nome foi definido em sorteio pelo sistema eletrônico do STF, depois que o presidente da Corte, ministro Luiz Fux, determinou a redistribuição do caso entre os ministros do tribunal.

A decisão atendeu a um pedido da defesa do ex-ministro Sergio Moro, que também é investigado no inquérito. O relator original do processo no STF era o ministro Celso de Mello, que se aposentou do cargo no último dia 12.

Pelo andamento normal, os processos do gabinete de Celso de Mello devem ser repassados ao substituto dele no cargo. O presidente Jair Bolsonaro indicou para a vaga o desembargador Kassio Nunes Marques, mas o nome precisa ser confirmado pelo Senado. A sabatina de Marques deve ocorrer nesta quarta (21).

Os advogados de Moro argumentaram que a redistribuição era necessária porque o inquérito é um procedimento urgente.  Fonte: G1

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending