Conecte-se Conosco

Brasil

Urgente: Operação da Polícia Civil prende 11 suspeitos de golpe bilionário com Bitcoin em Curitiba

Publicado

em

A Polícia Civil do Paraná, está neste momento, realizando uma mega operação no Paraná e em mais 5 estados (Amapá, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo e Bahia) para desmembrar uma quadrilha acusada de aplicar golpes com Bitcoin e criptomoedas. O nome da empesa ainda não foi revelado pelas autoridades.

Até por volta das 7h já eram sete os presos nesta operação. Entre os presos está um agente carcerário que trabalhava no 11º Departamento de Polícia, na Cidade Industrial de Curitiba.

A operação começou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (05), e deve cumprir um total de 62 mandado judiciais sendo que 11 para prisão temporário dos supostos organizadores do golpe, 16 pedindo bloqueio de contas bancárias e 24 pedidos para apreensão de veículos de luxo.

“A quadrilha transformou o esquema em um golpe da pirâmide no qual apenas os líderes ganhavam dinheiro”, revelou o delegado Emmanuel David, da Delegacia de Estelionato de Curitiba.

No total são cerca de 50 Polícia Civis, somente nas ruas do Paraná realizando a operação contra a organização criminosa segundo informou a Polícia Civil. O prejuízo estimado ultrapassa R$ 1,5 bilhão, entre o dinheiro investido pelas vítimas e a promessa de rendimento feita pelos criminosos.

A Polícia Civil ainda não forneceu muitas informações sobre o caso e disse que pretende detalhar todo o funcionamento do golpe durante uma coletiva de imprensa que será realizada ainda hoje, contudo, segundo a investigação, o golpe era operado através de e-mails e mensagens instantâneas por aplicativos como Whatsapp e Telegram.

Usando técnicas de marketing multinível os investigados prometiam retornos de até 400%, além de premiações por indicação.Também eram prometidos retornos sobre investimentos de 3 a 4% ao dia. A empresa e tampouco os investigados tinham autorização da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil, CVM, para realizar operações no mercado de capitais no Brasil e já haveria denúncia contra eles na autarquia.

A Policia Cívil teria começado a investigar o suposto golpe quando foi acionada por uma vítima da empresa que recebeu um e-mail dizendo que o valor investido só poderia ser pago após seis meses e que durante este período a empresa não pagaria ninguem pois teria sido vítima de uma fraude de cerca de R$ 20 milhões na Argentina.

Segundo informações da Civil do Paraná, a investigação já chegou a identificar 500 vítimas dos criminosos, mas a estimativa é que o número possa chegar a cinco mil. Os presos assim como outras pessoas que podem estar envolvidas na organização criminosa devem responder por estelionato, associação criminosa, lavagem de dinheiro e falsificação de documento particular.

Como noticiou o Cointelegraph, em outro caso de suposto golpe com bitcoin, líderes da Unick Forex teriam aplicado um “golpe em cima do golpe”, revelou a Polícia Federal nos desdobramentos da Operação Lamanai.

Segundo a PF, alguns líderes da Unick Forex divulgavam a empresa e arrecadavam dinheiro de clientes alegando que estes valores eram aplicados na Unick, contudo, os valores nunca teriam sido repassados para a Unick, desta forma os líderes teriam construído uma “pirâmide dentro da pirâmide”. (Da Cointelegraph)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Sobe para 37 o número de mortos pelas chuvas e deslizamentos em MG

Publicado

em

Há ainda 21 pessoas desaparecidos, 13.687 desalojados e 3.354 desabrigados

Com a confirmação de outras seis mortes em Belo Horizonte e uma na região metropolitana, subiu para 37 o número de mortes em Minas Gerais por causa das chuvas e deslizamentos de terra, segundo boletim mais recente da Defesa Civil divulgado neste domingo, 26. O total de feridos no Estado é de 12. Há ainda 21 desaparecidos, 13.687 desalojados e 3.354 desabrigados.

Na manhã deste domingo, a prefeitura da capital informou que cinco pessoas retiradas de casa pela Defesa Civil e agentes da assistência social na sexta-feira, 24, e que retornaram para a residência na mesma data, foram soterradas no bairro Engenho Nogueira. Ainda conforme o governo municipal, os corpos foram encontrados e as buscas, encerradas, no local.

Com mais seis mortes, Belo Horizonte passa a ser a cidade mineira com maior número de óbitos em decorrência das chuvas, com oito vítimas. Na capital e na região metropolitana, foram ao todo 20 mortos e, na Zona da Mata, 17.

Veja de quais cidades são as vítimas das chuvas em Minas Gerais:

Belo Horizonte (capital): 8

Betim (Grande Belo Horizonte): 6

Ibirité (Grande Belo Horizonte): 5

Alto Caparaó (Zona da Mata): 3

Alto Jequitibá (Zona da Mata): 3

Simonésia (Zona da Mata): 3

Pedra Bonita (Zona da Mata): 2

Luisburgo (Zona da Mata): 2

Contagem (Grande Belo Horizonte): 1

Divino (Zona da Mata): 1

Santa Margarida (Zona da Mata): 1

Manhuaçu (Zona da Mata): 1

Tocantins (Zona da Mata): 1

Situação de emergência

O governo de Minas Gerais decretou situação de emergência em 47 municípios afetados pelas chuvas que atingem o Estado desde a última sexta-feira, 24. Entre a quinta-feira, 23, e a sexta, a cidade de Belo Horizonte registrou recorde do volume de chuvas em 24 horas: 171,8 milímetros. Até então, a maior marca era de 164,2 milímetros, em 14 de fevereiro de 1978. As medições são realizadas há 110 anos.

Confira as cidades em estado de emergência:

Abre Campo, Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Caeté, Caparaó, Carangola, Cataguases, Congonhas, Contagem, Divino, Dores do Turvo, Ervália, Espera Feliz, Guidoval, Ibiaí, Ibirité, Luis, Burgo, Manhuaçu, Mariana,  Mateus Leme, Matipó,  Monjolos, Muriaé, Nova Lima, Orizânia, Patrocínio de Muriaé, Pedra Bonita, Raposos, Raul Soares, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Sabará, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Margarida, São Gonçalo do Sapucai, Sarzedo, Senador Firmino, Simonésia, Taquaraçu de Minas, Teófilo Otoni, Tocantins, Ubá e Visconde do Rio Branco. (POR ESTADAO CONTEUDO)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Duas crianças morrem soterradas no Espírito Santo

Publicado

em

Lucas Almeida Zucon, de 11 anos, morreu enquanto dormia no quarto da sua casa, na cidade de Conceição do Castelo. O local foi atingido pela enxurrada de água e lama

Duas crianças morreram soterradas na madrugada deste sábado, 25, no Espírito Santo. Assim, segundo o mais recente relatório divulgado pela Defesa Civil, subiu para nove o número de mortos no Estado em decorrência das fortes chuvas que atingem a região nas últimas semanas.

Lucas Almeida Zucon, de 11 anos, morreu enquanto dormia no quarto da sua casa, na cidade de Conceição do Castelo. O local foi atingido pela enxurrada de água e lama. Os pais estavam no quarto ao lado. Quando acordaram, o menino já estava sem vida.

“A família estava dormindo e só percebeu hoje de manhã. Eles não ouviram nenhum barulho e, quando foram ver a criança, ela já estava em óbito”, disse o prefeito de Conceição do Castelo, Christiano Spadetto (MDB).

Outro garoto morreu soterrado em Iúna, na região do Caparaó, após o desabamento de uma residência. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi na localidade do Córrego dos Pilões. O menino, de 10 anos, era portador de deficiência. Os bombeiros e a Defesa Civil foram acionados, mas o acesso ao local dificultou o socorro.

Ainda na cidade, no distrito de Perdição, policiais tiveram ajuda da população durante resgate de várias pessoas em uma rua que se transformou em rio. Em um vídeo, é possível ver moradores quase sendo levados pela enxurrada.

Ao todo, 12 cidades do sul do Espírito Santo estão em alerta. Há previsão de chuva forte de até 60 milímetros em várias regiões. O governo informou que o número de desalojados passou para 3.678; e os desabrigados já somam 149.

Voluntários, além de vários órgãos municipais e estaduais, estão ajudando na limpeza das regiões atingidas pela chuva e também com doações.   (POR ESTADAO CONTEUDO)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Governo divulga regras que permitem a contratação de 7.000 militares para o INSS

Publicado

em

Decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial. Para o plano se concretizar, é necessária a publicação de uma portaria.

Brasília — O presidente em exercício Hamilton Mourão editou nesta quinta-feira o decreto que permite a contratação de militares da reserva para trabalhar no INSS. O texto, publicado em edição extra do Diário Oficial da União, confirma que os voluntários terão um adicional de 30% sobre os vencimentos.

O decreto não trata especificamente das contratações do INSS. A legislação é apenas a base legal para que militares inativos possam ser contratados por qualquer órgão da administração pública federal, o que não era permitido até então.

A regulamentação, no entanto, é o primeiro passo para tirar o plano do governo do papel. A contratação de militares é a estratégia adotada para tentar reduzir a fila de pedidos de benefícios no INSS. A ideia é chamar 7 mil integrantes das Forças Armadas para reforçar a equipe do órgão, que encolheu devido a um recorde de 6 mil aposentadorias de servidores no ano passado.

De acordo com o decreto, o governo terá que cumprir ainda uma série de passos para concretizar o projeto. Primeiro, será necessária a edição de uma portaria interministerial das pastas da Defesa e da Economia, autorizando as contratações. Depois, o INSS terá que fazer um pedido formal de pessoal.

Um edital público determinará as regras para a contratação específica do INSS. O documento deverá conter os requisitos para a função. O órgão poderá restringir a chamada para determinados postos ou graduações, de acordo com o perfil profissional esperado. Também podem ser previstas entrevistas e análise de currículo, prevê o decreto.

A edição do decreto ocorre após um impasse sobre qual modelo deveria ser adotado para a contratação dos militares. O Tribunal de Contas da União (TCU) considera o formato inconstitucional. Mais cedo nesta quinta, o vice-presidente Hamilton Mourão chegou a considerar a convocação de militares — em vez da contratação — como uma alternativa.

O decreto estabelece restrições para a contratação de longo prazo. Não será permitido que a contratação se prolongue por mais de quatro anos. Depois desse prazo, o órgão precisa encontrar uma solução de longo prazo para o déficit de pessoal, como a realização de concursos públicos.

Também ficou definido que nenhum militar inativo poderá trabalhar por mais de oito anos, consecutivos ou não, nessas condições. Ou seja, a solução deve ser de curto prazo. (Da Exame)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending