Conecte-se Conosco

Brasil

Atenção!!!! BOATO do WHATSAPP: Documentos perdidos CÉSAR AUGUSTO NEVES SALES

Publicado

em

O Dono informando que já encontrou os documentos

 

Muito comum hoje em dia  a velocidade de informações recebemos muitas postagens, após receber uma notícia  de documento perdido fomos verificar na internet  e confirmamos que o rapaz já havia encontrado seus documentos desde o ano de 2016. Conforme o vídeo  e  as imagens encontradas  na internet  e no perfil pessoal do rapaz no facebook. Essa noticia  já circulou em vários estados do Brasil  e o rapaz pedem que deixem de compartilhar  visto que seus dados pessoais estão expostos.

Documentos encontrados

VÍDEO INFORMANDO QUE ACHOU OS DOCUMENTOS.
[youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=no8W-Xi2iOY” width=”560″ height=”315″]

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9200-1776.

Brasil

Auxílio emergencial: nascidos em janeiro recebem 6ª parcela

Publicado

em

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em janeiro recebem, hoje (21), a sexta parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal.
O calendário é organizado em ciclos de crédito em conta e de saque em espécie, de acordo com o mês de nascimento. Quem recebe nesta terça-feira poderá retirar o dinheiro a partir de 4 de outubro nas agências da Caixa, lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.
Por enquanto, os recursos podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas lotéricas, fazer compras pela internet e pelas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code.
Para os beneficiários do Bolsa Família, vale o calendário e as regras de saque do programa social. O pagamento do ciclo 6 do auxílio emergencial para esse público começou em 17 de setembro e vai até o dia 30, de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS). Nesta terça-feira, recebem os beneficiários com NIS final 3.
Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.
Regras
O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.
Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.
Pelas regras estabelecidas, o auxílio é pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não houve nova fase de inscrições.
Para quem recebe o Bolsa Família, vale a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Mais de 38% dos Brasileiros têm esquema vacinal completo

Publicado

em

O Brasil registrou nesta segunda-feira 248 mortes por Covid-19, elevando para 591.034 o total de vidas perdidas para o novo coronavírus desde o começo da pandemia. A média móvel foi de 557 óbitos, um aumento de 6% em comparação com o cálculo de duas semanas atrás, o que indica tendência de estabilidade.

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h.

Foram registrados também -2.389 novos casos de Covid-19 em todo território nacional, totalizando 21.234.372 pessoas que já se contaminaram com o vírus. A média móvel foi de 32.758 diagnósticos positivos, um aumento de 71% em comparação ao índice de duas semanas atrás, o que demonstra tendência de elevação.

O Sivep, sistema federal onde são notificados os casos e as mortes de Covid-19, o E-SUS, e sistemas estaduais têm passado por mudanças na última semana, provocando alterações nas médias de mortes e casos. Nesta segunda-feira, por exemplo, o Ceará apresentou 12.028 casos a menos. Já São Paulo reportou instabilidade no serviço do Sivep, sistema federal onde são notificados os casos e as mortes de Covid-19, enquanto o Rio segue acrescentando casos relativos a meses do primeiro semestre.

Vinte e uma unidades federativas do Brasil atualizaram seus dados sobre vacinação contra a Covid-19 nesta segunda. Em todo o país, 142.115.868 pessoas foram parcialmente imunizadas com a primeira dose de uma das vacinas, o equivalente a 66,62% da população brasileira. Já 81.158.244 pessoas estão totalmente imunizadas (com as duas doses ou com a vacina de dose única), ou seja, 38,05% da população nacional.

Nas últimas 24h, foram registradas a aplicação de 1.397.816 vacinas no Brasil, sendo 492.021 de primeira dose, 872.423 de segunda dose, 584 de dose única e 32.788 doses de reforço.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Mulher é presa após atropelar e matar criança na calçada no interior de SP

Publicado

em

Um garoto de 7 anos morreu após ser atropelado na calçada em frente de casa, onde brincava, por volta das 18h30 de domingo (19), na cidade de Cosmópolis (135 km de SP). Uma vizinha da criança, de 38 anos, foi presa por dirigir o veículo, sem habilitação. Ela teria bebido, de acordo com a polícia.

A Polícia Civil também investiga o atropelamento e morte de dois homens em uma moto na avenida Cupecê, em Cidade Ademar, zona sul da cidade São Paulo, por volta da 1h20 deste domingo (19). O motorista do carro disse aos policiais que suspeitou de tentativa de roubo e reagiu jogando o carro contra a moto.

O pai de Alex Lacerda Pereira, o montador Jorlam Pereira de Sousa, 36 anos, testemunhou o acidente que matou seu filho, conforme relatou ao Agora, da Folha de S.Paulo.

Segundo o pai, o garoto brincava de carrinho, na calçada em frente de casa, como costumava fazer aos fins de semana. Os dois aguardavam o retorno da mãe, que trabalha vendendo cachorro quente na região.

“Estava tudo tranquilo na rua, até que o carro [guiado pela mulher presa] virou a esquina. Ele [veículo] estava devagar, mas de repente acelerou e foi para cima de meu menino. Ele foi arrastado e ficou prensado na parede”, disse o montador.

A mulher, cuja defesa não havia sido localizada até a publicação desta reportagem, não teria conseguido dar marcha a ré, após atropelar a criança. Por isso, o próprio pai de Alex assumiu o volante e retirou o carro de cima de seu filho.

“Não houve tempo de reação. [O acidente] pegou todo mundo no susto. Quando consegui tirar o carro vi que meu filho já estava morto. Passei a mãos nas costas dele e vi que não batia mais [o coração]. Vi que ele já tinha ido [morrido]”, afirmou o pai da criança, com a voz embargada.

Após o acidente, ele acrescentou que as pessoas da rua ficaram revoltadas, fazendo com que a suspeita fosse retirada do local para não ser agredida.

Socorristas confirmaram oficialmente a morte de Alex ainda no local do acidente. Ele sofreu trauma no crânio, segundo registros policiais.

A Guarda Municipal de Cosmópolis foi acionada até a rua José Zacarias, onde ocorreu o atropelamento, e levou a motorista e o pai de Alex para a delegacia.

Alex Lacerda Pereira, de 7 anos, morreu após ser atropelado em frente de casa, por volta das 18h30 desta domingo (19), em Cosmópolis, no interior paulista. Uma vizinha da criança, de 38 anos, guiava o veículo.

Na delegacia, a motorista afirmou em depoimento que tanto o freio de pé, quando o de mão, teriam falhado na descida, fazendo ela perder o controle do GCM Celta prata que dirigia.

Porém, peritos testaram os freios após o acidente e constataram que os dois funcionavam normalmente, de acordo com registros da delegacia de Cosmópolis.

“Há relatos de que a autora tenha consumido álcool no decorrer do dia [do atropelamento]”, diz trecho de boletim de ocorrência.

Por causa disso, uma amostra de sangue foi recolhida da mulher, para verificar o quando de álcool ela eventualmente consumiu. Nenhum resultado havia sido divulgado até a publicação desta reportagem.

A motorista foi indiciada por homicídio culposo, ou seja, sem intenção de matar. Ela seria submetida a uma audiência de custódia, nesta segunda-feira (20).

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) não havia se posicionado sobre a audiência até o fim da manhã desta segunda-feira.

CRIANÇA SORRIDENTE E BRINCALHONA

O pai de Alex afirmou que o filho é o mais velho de quatro crianças. O garoto deixa um irmão de 6 anos, além de duas irmãs, de 2 e de 1 ano.

“Ele sempre gostou de brincar de carrinho, sempre levava dois e até três na mão. Eu já estava pensando em dar de presente para ele, no próximo ano, um carrinho movido a combustão, de tanto que ele gostava”, afirmou o montador.

De origem humilde, vindo do Tocantins, Pereira mora em São Paulo desde 2008. Ele acrescentou que Alex sentiu na pele alguns momentos de aperto, mas sempre mantendo o sorriso no rosto. “Teve uma época em que a gente só comia arroz e feijão. Ele nunca reclamou e estava sempre sorrindo e feliz.”

Apesar das dificuldades, o montador conseguiu se formar em um curso de bacharelado em química, no ano passado, em Presidente Prudente (558 km de SP). Com o diploma em mãos, ele pretende voltar para o Tocantins, até o fim de 2022. “O Alex estava muito animado para se mudar. Ele falava bastante disso”, afirmou o pai do menino. A família acompanhou o químico recém-formado até Prudente, retornando com ele para Cosmópolis no ano passado.

Alex estava aprendendo a ler e escrever, deixando o pai orgulhoso da evolução do garoto. “As últimas palavras que ele escreveu foram boca e bota. Ele estava aprendendo rápido a identificar as palavras. Era um bom aluno, obediente”, disse ainda, acrescentando que pretendia mais para a frente ensinar o filho princípios de mecânica, por causa do grande interesse da criança em carros.

Instantes antes do atropelamento, Pereira afirma ter brincado de fazer cócegas na barriga do filho, brincadeira que o divertia. “Essa é a última lembrança que tenho dele com vida.”

O corpo de Alex não havia sido liberado pela IML (Instituto Médico Legal) até a publicação desta reportagem. A família pretende sepultá-lo em Cosmópolis.

(Fonte Justiça ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending