Conecte-se Conosco

Mundo

Sobe para cinco número de mortos em passagem do Florence nos EUA

Publicado

em

As vítimas teriam morrido após o desabamento de uma casa, em Wilington, no estado americano.

imprensa da Carolina do Norte divulgou a morte de cinco pessoas após a passagem do furacão Florence, que chegou à costa leste dos Estados Unidos com ventos de até 1590 km/h nesta sexta-feira (14). As vítimas, que seriam uma criança e a mãe dela, teriam morrido após o desabamento de uma casa, em Wilington, no estado americano.

De acordo com informações do G1, o Centro Nacional de Furacões dos EUA informou que Florence está a cerca de 55 km a leste-nordeste do balneário de Myrtle Beach, na Carolina do Sul, com ventos máximos sustentados de 120 km/h. Ainda segundo a reportagem, os efeitos da chuva devem durar entre 24 horas e 36 horas, afirmou a agência de emergências.

Vítimas

Até o momento, o número de mortos subiu para cinco, de acordo com agências de notícias. As vítimas são um homem, que estaria conectando um gerador, uma mulher e seu filho, que estavam numa casa atingida por uma árvore, uma quarta vítima que sofreu um ataque cardíaco e não pode ser socorrida por conta de bloqueios nas estradas e a última um idoso de 77 anos que morava na cidade de Kinston, segundo a rede de TV americana CNN.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Imprensa internacional observa com críticas eleições presidenciais

Publicado

em

Os principais jornais dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Itália e da Argentina destacam de forma crítica a vitória de Bolsonaro

seis dias do segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, a imprensa internacional analisa o cenário político nacional a partir de uma possível vitória do candidato Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT). Os principais jornais dos Estados Unidos, do Reino Unido, da Itália e da Argentina destacam de forma crítica a vitória de Bolsonaro.

Sob o título Triste escolha do Brasil, o The New York Timespublicou editorial em que informa que Bolsonaro tem grandes chances de ser eleito no próximo domingo (28) e classificando o cenário como “uma perspectiva assustadora”.

O jornal norte-americano se refere ao candidato como alguém com “visões repulsivas” e cita episódios polêmicos, como a discussão com a deputado Maria do Rosário (PT-RS). Em 2003, os dois trocaram acusações no Salão Verde da Câmara dos Deputados quando a deputada chamou Bolsonaro de “estuprador” e ele respondeu dizendo que “ela não merecia ser estuprada.

Seguindo a mesma linha, o italiano Corriere della Sera cita Bolsonaro como “líder de extrema-direita” e “anti-ambientalista”, ao fazer referência a declarações do candidato envolvendo acordos internacionais sobre o clima e exploração da Amazônia. Com Bolsonaro eleito, o jornal é categórico sobre o futuro do Brasil. “O Brasil recuaria meio século, retornando aos anos ‘dourados’ da ditadura militar”.

O britânico Financial Times destaca a necessidade de mudanças políticas e econômicas no cenário brasileiro e traz Bolsonaro com grandes chances de ser eleito presidente “da oitava maior economia do mundo” no próximo domingo (28). O jornal se refere ao candidato do PSL como “Trump dos trópicos”, numa alusão ao presidente norte-americano Donald Trump, e cita Bolsonaro como “abertamente misógino, racista e autoritário”.

Em tom mais ameno, a edição de ontem (21) do jornal argentino Clarín estampa manifestações pró-Bolsonaro no Rio de Janeiro e destaca o candidato como favorito no segundo turno das eleições presidenciais brasileiras. O periódico traça uma rápida biografia de Bolsonaro, se referindo ao capitão da reserva como “nostálgico da ditadura militar que governou o Brasil entre 1964 e 1985” e congressista de carreira. Com informações da Agência Brasil.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Furacão Willa reduz para categoria 4 a caminho da costa mexicana

Publicado

em

Independentemente da categoria, é esperado que o furacão possa provocar uma tempestade “potencialmente catastrófica”

furacão Willa reduziu a sua força enquanto avança no Pacífico e está agora na categoria 4 na escala de Saffir-Simpson, mas continua “extremamente perigoso”, sendo esperado que toque a Terra nesta terça-feira (23), na costa mexicana.

O Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla inglesa) dos Estados Unidos referiu que o furacão tem ventos máximos sustentados de 250 quilômetros por hora, tendo-se registrado uma redução rápida.

Segundo o centro, independentemente da categoria, é esperado que o furacão possa provocar uma tempestade “potencialmente catastrófica”, em especial em regiões do oeste e sudoeste do México.

Na sua mais recente atualização, o NHC referiu que o furacão Wisla estava a 175 km a oeste-sudoeste do Cabo Corrientes, se movendo a uma velocidade de 13 km por hora.

O furacão vai passar perto das Ilhas Maria, um conjunto de ilhas que está a cerca de 96 km da costa, sendo esperado que toque terra na costa mexicana amanhã, entre a zona turística de Mazatlan e San Blas.

Por Lusa.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Brasileiros no exterior protestam contra ditadura e pela democracia

Publicado

em

Manifestantes se reuniram na Argentina, França, Holanda, Suíça, Noruega, no Reino Unido e nos Estados Unidos

Brasileiros que vivem no exterior saíram hoje (20) às ruas para protestar a favor da democracia, contra o fascismo e contra a possibilidade de haver ditadura no Brasil. Com a bandeira do Brasil, cartazes, faixas e até projeção de frases de efeito, manifestantes se reuniram na Argentina, França, Holanda, Suíça, Noruega, no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Em Amsterdã, na Holanda, uma jovem levou um cartaz escrito a mão no qual se lia: “Minha avó sobreviveu ao holocausto, por ela luto contra o fascismo Brasil”. Em Londres, no Reino Unidos, os manifestantes homenagearam a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) cujo assassinato, em março deste ano, ainda está sem solução.

O movimento Mulheres Unidas contra Bolsonaro reuniu manifestantes, em Paris, na França, com cartazes, faixas e imagens em tamanho ampliado de Manuela d’Ávila, a candidata a vice-presidente na chapa do candidato do PT Fernando Haddad.

A Bandeira do Brasil teve lugar de destaque, em Lausanne, na Suíça, onde os manifestantes defenderam a democracia e as liberdades. A comunidade brasileira na cidade portuguesa de Porto também saiu às ruas para protestar. Em tom crítico e seco, um cartaz dizia: “Fascismo nunca mais”.

Em Oslo, na Noruega, os manifestantes fizeram uma homenagem ao capoeirista baiano Romualdo Rosário da Costa, o Moa do Katendê, morto a facadas por intolerância política. Moa também foi homenageado recentemente em Salvador pelo músico Roger Waters, da banda de rock Pink Floyd.

Uma projeção externa foi feita em um prédio em Nova York, nos Estados Unidos, com uma frase escrita em inglês: “O maior dos erros: a ditadura militar”. Em Buenos Aires, o frio de 18°C e a chuva fina não incomodaram os manifestantes que saíram às ruas.

Por Agência Brasil.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending