Conecte-se Conosco

Brasil

A violência doméstica no espaço social diante da pandemia

Publicado

em

Desde dos tempos mais remotos da nossa história da humanidade, em termo de gênero sempre prevalecer o patriarcalismo como modelo padrão de séculos antigos ,onde as mulheres eram submissas as homens.Com  apogeu das revoluções indústrias e na busca pelo trabalho as mulheres sempre ganharam menos que homens, fazendo assim, a desigualdade entre gênero, a mulher foi sempre violentada sem muitos direitos sociais. Um dos primeiros manifestos por igualdade de salário e condições de melhoria de emprego ,foi dia 20 de fevereiro de 1909,  organizado pelo partido socialista da América em Nova York, dos Estados Unidos da América com direito ao voto, daí surgiram outras manifestações em outros países, na Rússia Imperial e vários lugares do mundo.
A violência vem da palavra etimológica do latim  violare, que significa tratar com violência, emprego da força física. Neste sentido passaram–se os tempos até chegar os dias atuais onde a mulher hoje ainda é vítima de violência doméstica e familiar, sem falar nos transtornos psicológicos que decorre desses maus-tratos ,sejam eles  de natureza física ou psíquica. Com a construções de projetos do estado e mais alguns movimentos sociais em prol dos direitos femininos, algumas condições mudaram para o gênero, mas não o suficiente para acabar com a desigualdade que prevalece de modo acentuado. Nos últimos meses com o surgimento da pandemia, do novo vírus,que vem dissolvendo vidas pelo mundo inteiro e causando outras  mudanças de comportamento e com o  confinamento onde as mulheres passaram a ficar em casa com  seus parceiros, como forma de proteção do contágio do vírus, muitas mulheres vem sofrendo drasticamente violências, praticadas por seus parceiros ou companheiros, o que ocasiona destruições  direitos femininos e valores sociais e culturais, onde percebemos claramente que não existe uma política pública, mais aplicada para conter tais atos praticados pelos os homens contra suas companheiras, tal ato se manifesta na falta de aceitação do outro, onde se sobrepõem  em risco a vida de muitas mulheres.
Esse contexto no Brasil é um fato alarmante e tem aumentado de forma  significativa durante tempos de pandemia do novo vírus, é uma triste realidade, que como mencionado anteriormente essa luta por direitos iguais vem de séculos ou décadas caso específico do Brasil. As mulheres que sofrem de tais violências praticadas por seus parceiros, são constantemente ameaçadas, para não denunciarem,  com promessas de denunciarem irão ser mortas e em alguns casos os próprios filhos do casal sofre dessa ameaça, que se tornar uma verdadeira decadência do ponto de vista político e social, temos que praticar mais a igualdade de gênero, onde as mulheres possam viver sem tais hostilidades, contra elas mesmas, é incontestável a hipocrisia, muitas vezes praticada pelo estado de direito Civil e democrático brasileiro ,onde se parece uma forma de desprezo praticados pelos órgãos públicos. Queremos uma sociedade mais justa ,parece uma utopia, mas não é, o que devemos fazer, é não desistir de lutar  por uma sociedade igualitária entre gêneros , raças e qualquer outras formas de manifestações  do diferente de nós mesmos. Não se deve prevalecer o” eu” separado do “tu”, mas o eu e o tu em conjunto, o que significa dizer que é nosso dever como seres racionais conviver com o diferente, ou seja todos nós precisamos de respeito e assim da mesma forma respeita o outro, independente do que ele é em si mesmo…
Por Romi da Silva Pereira – Geógrafo  e Gizelia Amaro – Professora de Geografia – Marias das Graças Oliveira – Professora de Português 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973

Continue lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Joice Oliveira ferreira

    27 de julho de 2020 às 20:48

    Ótimo adorei, sábias palavras 😍
    Parabéns, professores, Maria das graças e Romi da Silva. 🤝👏

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
28 ⁄ 14 =


Brasil

Mega-Sena concurso 2289 acumula novamente e o próximo sorteio deve pagar R$ 27 milhões

Publicado

em

O prêmio da Mega-Sena realizado na cidade de São Paulo (SP), acumulou pela 4ª vez consecutiva no sorteio desta quinta-feira (13) após nenhum apostador cravar todas as seis dezenas reveladas pelo concurso 2.289 da loteria, o segundo em comemoração à semana do Dia dos Pais.

Com isso, o próximo sorteio, marcado para acontecer no próximo sábado (15), promete pagar a bolada de R$ 27 milhões ao apostador que acertar a Sena.

As dezenas sorteadas foram: 06 — 09 — 34 — 37 — 38 — 45. 

Apesar de ninguém ter faturado o prêmio principal, 33 bilhetes acertaram a quina e têm o direito de receber R$ 53.948,07 cada. Outras 2.808 apostas cravaram a quadra e faturaram R$ 905,72 cada.

Caso alguém tivesse faturado o prêmio sozinho, poderia aplicar o valor integralmente na poupança e obter um rendimento mensal de, aproximadamente, R$ 16 mil.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973

Continue lendo

Brasil

INSS vai voltar com atendimento presencial no dia 24, de forma parcial

Publicado

em

O atendimento remoto das agências do INSS de todo o Brasil continua funcionando para todos os beneficiários. De acordo com o órgão, o serviço presencial ou atendimento direto em cada unidade deve voltar à normalidade aos poucos a partir do próximo dia 24.

Esse atendimento será de forma parcial, com horário reduzido e apenas para aquelas pessoas que fizeram agendamento pelo aplicativo Meu INSS ou solicitaram atendimento pela Central 135.

No dia 24, volta também o atendimento de perícia, bastante solicitado pelos beneficiários e que estava suspenso há mais de três meses.

O INSS também divulgou que o serviço de prova de vida está sendo testado em celular, com o uso de biometria. Caso os testes funcionem, a prova de vida vai acontecer apenas via virtual, fazendo com que o beneficiário não precise mais ir pessoalmente a uma agência do INSS.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.01

Continue lendo

Brasil

A Voz do Brasil volta para as 19h em emissoras de rádio após publicação de decreto

Publicado

em

Decreto publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (12) determina as regras sobre o horário de retransmissão obrigatória de ‘A Voz do Brasil’, programa oficial de informações dos Poderes da República pelas emissoras de radiodifusão.

Pelo decreto, ‘A Voz do Brasil’ deverá ter o início obrigatoriamente às 19h nas emissoras de radiodifusão educativas e pelas emissoras vinculadas aos Poderes Legislativos federal, estaduais, distrital e municipais.

Já as demais emissoras, inclusive as comerciais, terão horários flexibilizados e deverão iniciar a retransmissão do programa entre as 19h e 21h de segunda a sexta-feira, com exceção de feriados.

As emissoras de radiodifusão sonora ficam obrigadas a veicular, diariamente, às 19h, exceto aos sábados, domingos e feriados, inserção informando sobre o horário de retransmissão do programa ‘A Voz do Brasil’.

De acordo com o texto, o Ministério das Comunicações poderá, em casos excepcionais e observado o interesse público, flexibilizar ou dispensar, por tempo determinado, a retransmissão do programa. A flexibilização permite a transmissão do programa no mesmo dia, mas em horário diversos, já a dispensa, desobriga a retransmissão do programa em qualquer horário em determinado dia.

O programa oficial do governo passa informações sobre os Poderes da República. O decreto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending