Conecte-se Conosco

Brasil

Araújo aponta parceria de cientistas do Brasil e Israel para combate à covid-19

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou em suas redes sociais nesta segunda-feira (8) um vídeo no qual o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirma que, em breve, irá começar a formação de uma rede entre cientistas brasileiros e israelenses para tratar do combate à covid-19.

Ao lado do secretário de Pesquisa e Formação Científica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcelo Morales, e do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Hélio Angotti Net, o chanceler brasileiro afirma que a reunião com o Instituto Weizmann “é um resultado muito importante na área do combate à covid da Saúde”. Segundo o ministro, a curto prazo, haverá a formação de parceria entre cientistas do Brasil e de Israel “para tratar de diferentes aspectos do combate ao covid”. Já a longo prazo, Araújo apontou que ficou acertada uma cooperação em outras áreas do conhecimento, a exemplo do meio ambiente.

“É esse tipo de contato que abre portas”, afirmou Ernesto Araújo, justificando a ida a Israel. “A partir daqui, temos um processo em andamento”, apontou.

Marcelo Morales afirmou que será realizada uma reunião entre pesquisadores da Rede Vírus, do MCTI, com o Instituto Weizmann. Segundo o secretário, os assuntos abordados serão sobre “vacina, sequenciamento e novas drogas”.

De acordo com o secretário do Ministério da Saúde Hélio Angotti Neto, a perspectiva de trabalho a médio e longo prazo entre o instituto israelense e o Brasil irá envolver visitas entre os dois países de pesquisadores brasileiros e israelenses. “Nós temos todo um parque industrial da saúde para ser desenvolvido e aprimorado, temos uma rede de pesquisadores para integrar com eles Instituto Weizmann, e eles nos receberam de portas abertas com toda a experiência de know-how que eles têm de transferência tecnológica e toda essa vontade de fazer esse intercâmbio acadêmico”, afirmou Angotti Neto.

No vídeo, Araújo ainda confirmou que, nesta segunda-feira, haverá uma reunião com o Centro Médico Sourasky, conhecido como Hospital Ichilov, que está desenvolvendo o tratamento de spray nasal contra a covid-19. “Vamos ver como está o desenvolvimento e como o Brasil pode estar junto no desenvolvimento muito promissor deste medicamento”, comentou

Por: Política ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Vacinação acelera e o Brasil chega à média diária de 800 mil doses

Publicado

em

O Brasil tem elevado o ritmo de vacinação nas últimas semanas, ao contrário do que faz parecer a “torcida do vírus”, e já atingiu média de 800 mil doses aplicadas nos últimos sete dias.

De acordo com dados do vacinabrasil.org, a média diária havia caído, principalmente, devido ao feriadão da Páscoa, a pouco mais de 640 mil doses, mas a semana de recordes acelerar o ritmo e se aproximar da meta milionária do governo.

Com as entregas de novas doses e o ritmo da campanha em aceleração, a expectativa é que o país chegue logo à média de 1 milhão de doses.

Nos sete dias na conta, o Brasil aplicou mais de 5,56 milhão de doses, com o recorde de 1,2 milhão em 24h, registrado na última terça-feira (06).

Essa foi também a semana com maior quantidade de pessoas recebendo a segunda dose: 1,72 milhão ficaram imunizadas contra casos graves.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Receita adia o prazo de entrega da Declaração de Imposto de Renda

Publicado

em

De acordo com a Receita, a prorrogação foi estabelecida como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19, assim como aconteceu em 2019. No ano passado, o prazo foi estendido em dois meses, até 30 de junho.
“A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional. Assim, a Receita Federal contribui com os esforços do governo federal na manutenção do distanciamento social e diminuição da propagação da doença”, explicou, em nota.
Em razão do adiamento, o contribuinte que deseja pagar o imposto via débito automático desde a primeira cota deverá fazer a solicitação até o dia 10 de maio. Quem enviar a declaração após esta data deverá pagar a primeira cota por meio de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF), gerado pelo próprio programa de declaração. Nesse caso, as demais cotas poderão ser em débito automático.
Para aqueles que não optarem pelo débito automático, os DARFs de todas as cotas poderão ser emitidos pelo programa ou pelo Extrato da Declaração, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da Receita Federal.
Também foram prorrogados para 31 de maio de 2021 os prazos de entrega da Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País, assim como, o vencimento do pagamento do imposto relativo a essas declarações.
A Receita destacou ainda que disponibiliza diversos serviços aos cidadãos, que podem ser acessado sem sair de casa. Por meio do e-CAC com uma conta gov.br, o portal único do governo federal, o contribuinte tem acesso, por exemplo, aos comprovantes de rendimentos informados na Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte (DIRF) pelas fontes pagadoras, à cópia da última declaração entregue e à declaração pré-preenchida.(Diario de Pernambuco)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Brasil aplicou 30,4 milhões de vacinas em 85 dias, 4ª melhor marca do planeta

Publicado

em

O Brasil ultrapassou a marca de 30 milhões de doses de covid aplicadas em 85 dias de campanha, um resultado a ser comemorado por superar Alemanha, França e Itália, que juntos têm população equivalente à nossa e levaram 89 dias para bater a marca. O mesmo ocorreu no Reino Unido, primeiro país do ocidente a iniciar a vacinação.

Até o fim da tarde deste domingo (11), foram aplicadas no Brasil exatamente 30.356.490 doses de vacina, de acordo com a plataforma independente vacinabrasil.org. Mas, à noite, esse número foi atualizado para 30.453.391 doses administradas.

Apesar de rico e grande produtor de vacinas, levou 104 dias para superar 30 milhões de doses.

O Reino Unido é o quarto no ranking com 39 milhões de doses aplicadas, mas o Brasil deve ultrapassar os britânicos até o fim deste mês.

O Brasil levou 47 dias para chegar a 10 milhões de doses, 24 dias para ir aos 20 milhões e apenas 14 para ultrapassar a marca dos 30 milhões.

A média diária de doses aplicadas no Brasil está acima de 750 mil e é a quarta melhor, atrás de China, Índia e EUA, diz o Our World in Data.

Além das 30 milhões de doses aplicadas, há cerca de 20 milhões que já foram entregues pelo governo federal a todos os Estados. As informações são do Diário do Poder.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending