Conecte-se Conosco

Esporte

Avô de Everton Cebolinha morre vítima do coronavírus no Ceará

Publicado

em

Francisco Albuquerque de Araujo morava em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza

Oatacante Everton Cebolinha comunicou nesta quinta-feira o falecimento do seu avô, Francisco Albuquerque de Araujo. Ele morava em Maracanaú, na região metropolitana de Fortaleza, e foi vítima do coronavírus, de acordo com publicação do jogador gremista no Instagram.

“Sua partida quebrou meu coração, nunca tinha sentido algo assim antes. Parece que meu mundo desabou, fiquei sem chão. Meu vô, não tenho palavras para descrever o homem que você foi, sempre se fez presente na minha vida. Saber que você morreu em Cristo, isso me conforta. Seu Francisco, que falta você faz”, escreveu, em um texto de despedida do seu avô, com uma imagem sua, ainda quando criança, ao lado do parente.

Na publicação sobre o seu avô, Everton destacou a gravidade da doença e seus efeitos, em um apelo de conscientização à população. “Isto não é uma gripezinha e está mais perto do que imaginamos”, escreveu o atacante.

Time de Everton, o Grêmio já retomou a rotina de treinos, ainda que cheio de restrições, durante a pandemia do coronavírus. O elenco, assim como o atacante, tem treinado dividido em grupos no CT Luiz Carvalho e sem que haja contato físico entre os atletas durante os trabalhos. Ainda não há data para retomada das competições, embora se cogite a volta do Campeonato Gaúcho para a segunda metade de julho.

Maracanáu, cidade onde seu avô faleceu, também é onde Everton nasceu, dando seus passos iniciais no futebol nas divisões de base do Fortaleza, antes de se transferir ao Grêmio, onde é destaque e foi campeão da Copa do Brasil em 2016 e da Libertadores em 2017, chamando a atenção de clubes europeus e também da seleção brasileira, tendo sido parte do grupo que venceu a Copa América no ano passado.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Carcará vence segundo jogo na Série D do Campeonato Brasileiro

Publicado

em

O Salgueiro Atlético Clube está com 100% de aproveitamento na Série D do Campeonato Brasileiro. Após derrotar o Atlético-PB em casa no último sábado, 26, o Carcará do Sertão derrotou o América-RN por 1 a 0 na noite dessa quarta-feira, 30. O único gol da partida foi marcado por Ciel.

Esses resultados deixaram o atual campeão pernambucano na 2ª colocação do Grupo 3, com seis pontos. O Carcará está abaixo apenas do Globo, que leva a melhor no número de gols marcados. Vale lembrar que o Salgueiro tem um jogo a menos, porque o duelo da primeira rodada, contra o Guarani-CE, foi adiado.

Na 4ª rodada, agendada para esse sábado, 3, no Estádio Salgueirão, Salgueiro e Globo se enfrentam em duelo decisivo pela liderança do grupo. A partida começa às 19h e será transmitida pela Vida FM. Do Blog Alvinho Patriota

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Hamilton é punido, tem recorde de vitórias adiado e Bottas vence na Rússia

Publicado

em

Foi a nona vitória de Bottas em sua carreira na Fórmula 1 e a segunda da temporada

Ainda não foi dessa vez que Lewis Hamilton chegou à 91ª vitória na Fórmula 1 e se igualou ao recordista Michael Schumacher. Neste domingo, o hexacampeão foi punido por uma infração cometida antes da corrida, terminou em terceiro e viu o companheiro de Mercedes, Valtteri Bottas, se aproveitar da penalidade para vencer o GP da Rússia, no circuito de Soshi. O segundo lugar ficou com o holandês Max Verstappen.

Foi a nona vitória de Bottas em sua carreira na Fórmula 1 e a segunda da temporada. O finlandês é o único piloto, além de Hamilton, que venceu mais de uma corrida em 2020. O triunfo na Rússia o manteve na vice-liderança do Mundial de Pilotos, agora com 161 pontos, mais perto do seu companheiro de Mercedes, que lidera com 205. Verstappen é o terceiro, com 128.

Saindo do terceiro posto, Bottas largou bem e contou com o erro de Verstappen para assumir o segundo lugar logo na largada. Depois, foi beneficiado pela punição a Hamilton, e assumiu a ponta para não sair mais. O finlandês fez uma corrida segura e não foi ameaçado na liderança. Ao cruzar a linha de chegada em primeiro, fez um desabafo no rádio e extravasou, dizendo que o triunfo era uma resposta a quem o criticava.

O momento determinante para o resultado aconteceu antes mesmo do início da corrida. Hamilton praticou duas largadas em local não apropriado antes da prova e levou uma sanção de 10s. Com o tempo perdido, o britânico perdeu a liderança que havia sido mantida nas primeiras voltas. Logo subiu para terceiro, mas não conseguiu recuperar a ponta.

Hamilton vai levar um ponto pelo incidente na “carteira” dele. Assim, o hexacampeão mundial fica com dez pontos, a dois do limite para ser suspenso por uma etapa. Ele vai ter a chance de igualar o recorde de Schumacher na próxima etapa, justamente na Alemanha, país do lendário piloto da Ferrari.

Logo atrás do trio que mais vezes subiu no pódio em 2020 veio o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, que conquistou seu melhor resultado na temporada. Ele foi seguido pelo australiano Daniel Ricciardo, da Renault, em quinto, e pelo monegasco Charles Leclerc, que conseguiu colocar a Ferrari no sexto posto, uma posição mais digna do que a das últimas etapas.

O francês Esteban Ocon, da Renault, finalizou no sétimo lugar, à frente dos dois carros da AlphaTauri, com o russo Daniil Kvyat à frente do francês Pierre Gasly. O tailandês Alexander Albon, da Red Bull, completou o top 10 e também somou pontos.

A largada foi marcada por acidentes de Carlos Sainz e Lance Stroll, que abandonaram a prova. O espanhol da McLaren errou e acabou batendo a dianteira no muro, destruindo o seu carro. Já o canadense da Racing Point rodou e bateu após ser tocado por Charles Leclerc e também saiu de cena logo no começo. Ele ficou revoltado que o monegasco da Ferrari não sofreu uma penalidade.

A Fórmula 1 dá uma pausa e retorna daqui a duas semanas, para o GP de Eifel, no circuito de Nurburgring, na Alemanha. Será a 11ª etapa da temporada de 2020 da Fórmula 1.

Confira a classificação do GP da Rússia:

1°) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), em 1h34min00s364

2º) Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 7s729

3º) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 22s729

4º) Sergio Perez (MEX/Racing Point), a 30s558

5º) Daniel Ricciardo (AUS/Renault), a 52s065

6º) Charles Leclerc (ALE/Ferrari), 62s186

7º) Esteban Ocon (FRA/Renault), 68s006

8º) Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri), a 68s740

9º) Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri), 89s766

10º) Alexander Albon (TAI/Red Bull), a 97s860

11º) Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), a uma volta

12º) Kevin Magnussen (DIN/Haas), a uma volta

13º) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a uma volta

14º) Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a uma volta

15º) Lando Norris (ING/McLaren), a uma volta

16º) Nicholas Latifi (CAN/Williams), a uma volta

17º) Romain Grosjean (FRA/Haas), a uma volta

18º) George Russel (ING/Williams), a uma volta

Abandonaram a prova:

Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren)

Lance Stroll (CAN/Racing Point)

Por Estadão Conteúdo

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Em jogo com duas expulsões, Salgueiro estreia com vitória sobre Atlético/PB na Série D

Publicado

em

Uma semana depois do esperado, o Salgueiro fez sua estreia na Série D 2020 neste sábado, em casa. Contra o Atlético de Cajazeiras, da Paraíba, o Carcará venceu por 1 a 0, com gol solitário de Renato Henrique, já no segundo tempo, na cobrança da falta que causou a expulsão de Guilherme, do Atlético. O Salgueiro também teve um vermelho, pouco depois, mas nada que impedisse a vitória.

Sem jogar há quase dois meses, o Tricolor Sertanejo sentiu os desfalques e a falta de entrosamento no time. No primeiro tempo, Salgueiro e Atlético fizeram um jogo amarrado no meio de campo. Com pouco espaço para finalizações, o Carcará desperdiçou boas oportunidades e quase não conseguiu levar perigo real ao gol paraibano.

No segundo tempo, o jogo voltou ainda mais truncado e faltoso. O Atlético conseguiu construir boas chances e chegou perto do gol em algumas oportunidades, mas tudo mudou aos 26 do segundo tempo, quando o lateral esquerdo Guilherme, do time paraibano, foi expulso após falta ao lado da área. Na cobrança de Ciel, Renato Henrique apareceu sozinho no meio da defesa e cabeceou para o fundo da rede.

Se o lateral esquerdo do Atlético foi expulso aos 26, o do Salgueiro, Daniel Nazaré, foi expulso aos 34, equilibrando novamente a partida. Daí, os paraibanos tentaram pressionar para igualar o placar, mas não conseguiram balançar as redes. Agora, o Carcará assume a terceira posição do Grupo A3, mesmo com uma partida a menos que os demais e volta a campo na quarta-feira, visitando o América de Natal na Arena das Dunas. Fonte: DP

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending