Conecte-se Conosco

Brasil

Brasil registra 1.086 novas mortes em 24h; total vai a 25.598

Publicado

em

Do total de óbitos confirmados, somente 500 ocorreram nos últimos três dias.

Brasil contabilizou 1.086 novas mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos pela doença para 25.598, segundo o Ministério da Saúde. De ontem para hoje, houve registro de 20.599 novos casos de infecção pelo novo coronavírus e agora são 411.821 pessoas contaminadas, sendo registrados mais de 100 mil novos casos em menos de uma semana.

Do total de óbitos confirmados, somente 500 ocorreram nos últimos três dias. O restante aconteceu em período anterior, mas só teve agora a confirmação. O ministério informou que outros 4.108 óbitos estão em investigação por suspeita de covid-19.

A pandemia do novo coronavírus se tornou a principal causa de mortes por dia no País. O maior número de infecções continua em São Paulo, com 89.483 diagnósticos e 6.712 mortes. O Rio tem 42.398 casos e 4.605 óbitos. No Ceará são 37.275 infecções e 2.671 mortes.

O Brasil segue ocupando a segunda posição entre as nações com mais casos de covid-19 no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que acumula mais de 1,6 milhão de infectados, segundo dados compilados pela plataforma da Universidade Johns Hopkins até às 19h desta quarta-feira.

Na lista das nações com mais mortes acumuladas, o Brasil ocupa a 6ª posição. Só fica atrás de Estados Unidos (100.047), Reino Unido (37.542), Itália (33.072), França (28.599) e Espanha (27.117).

Em todo o mundo, a covid-19 já infectou 5,6 milhões de pessoas, causando a morte de 353 mil delas, também de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins. Depois do início do surto na China em dezembro, pico na Europa e nos Estados Unidos em março e abril, a América do Sul passou a ser considerada o novo epicentro da doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Ostra Feliz não Produz Pérolas

Publicado

em

Um dos problemas mais grave na vida do ser humano é a zona de conforto, e o que é essa zona de conforto? Para alguns é exatamente aquilo que o faz feliz! Entre 15 e 35 anos todo mundo luta pelo o seu espaço no mundo. Entre 35 e 50 anos quase toda humanidade já estar estável, inclusive se estiver ruim, nessa faixa etária torna-se ainda mais difícil conseguir melhorias principalmente na vida profissional, e todos os outros aspectos das nossas vidas já se encontram estáveis estando bons ou ruins, o fato é que não podemos parar.

 Nosso cérebro precisa estar em constante atividade, pois o cérebro que não estar recebendo estar perdendo, tudo o que não estar crescendo estar diminuindo, tudo que não estar se expandindo estar encolhendo, tudo o que não se renova morre, no momento nem todos podem melhorar imediatamente, mas todos podem melhorar. Chega a ser impressionante como o ser humano consegue se acostumar com tudo, com exatamente tudo, e vamos criando zona de conforto vezes até imaginária, porém muito perigosas, uma vez que tudo aquilo que nos torna aconchegados e quentinhos se tornam nossos inimigos pois nos impede de crescer, faço menção aqui a pertinente colocação de Rubens Alves “Ostra feliz não faz pérola”, a pérola é fruto do incomodo, de um grão de areia que entrou na ostra e incomodou-a,  a verdade é que muitos se acomodam mediante a felicidade e isso chega ser um mal.

Além do comodismo outro grande inimigo é o seu ponto cego, todo ser humano precisa refletir e olhar com clareza e determinação  para aquilo que de alguma forma lhe traz medo e insegurança,  observando com cautela o que me incomoda eu consigo absorver noções de defesa e assim impedir que esse algo venha ter algum tipo de poder sobre mim, aquilo que você não domina, domina você.

O homem contemporâneo também tem demonstrado dificuldades em lidar com a liberdade, em meados do século XIX J.P Sartre mencionou “Temos medo de sermos livres porque a liberdade implica angústia”, há quem ainda não aprendeu valorizar sua companhia, e isso torna se um fato irreverente, se você não valoriza sua companhia preferindo chama-la muitas vezes de solidão, quem vai valorizar? Lapide todos os sentimentos e ofereça sempre o melhor, evite criar vínculos com a paixão, diminuir tudo aquilo que me torna dependente da paixão me traz equilíbrio, um homem sem paixões é senhor de si.

A sociedade atual precisa o mais breve superar o preconceito, pois o preconceito é um grande obstáculo para a felicidade, existem dezenas de preconceitos, porém os quatro mais praticados são racismo, misoginia (preconceito contra mulheres), homofobia e o preconceito contra pessoas pobres. Qualquer que seja o preconceito atrapalha a vida, pois ele mostra minhas dores e a extensão dessas dores, é muito importante lembrar uma coisa que até mesmo os teólogos pouco lembrem, o maior de todos os mestres nunca admitiu nenhum tipo de preconceito, Jesus não veio buscar gente honrada, ele não veio atrás do homem da Lei, o essencial do cristianismo é o ser humano enquanto pecador e sua busca pela melhoria. A ideia do preconceito precisa ser imediatamente superada, guarde seu preconceito sufoque-o, ele é um defeito de caráter e insegurança, nunca deixe aparecer, o ser preconceituoso é limitado e imbecil, que morre de medo da mudança e  da diferença.

Superar a noção de trabalho como castigo também é algo breve, o trabalho é uma instância que me torna socialmente produtivo, o trabalho é o modo como eu me insiro na sociedade, o trabalho estabelece relevância social, porém trabalhar deve te deixar apenas cansado e jamais esgotado, o esgotamento já é algo negativo que indica que você estar no lugar errado. Todas as formas de trabalhos precisam estar embasadas na ética, precisamos aprender a valorizar cada dia trabalhado e jamais trabalhar aguardando a gloriosa sexta-feira chegar, pois se eu imagino que o momento seguinte é o momento feliz eu invalido o momento atual. O trabalho associado a ética é a chave do sucesso.

Nunca fomos tão livres, porém nunca fomos tão deprimidos, a sociedade atual é a maior consumidora de todos os tempos de remédios para depressão. Na sociedade da liberdade regida a rivotril toda vida é postada e quem vai dizer se ela vale a pena ou não é a quantidade de likes obtida, dessa forma a vida é regida por  likes e sua popularidade é medida por algo abstrato, a nossa era da liberdade é a era da solidão onde o celular é um grande amuleto. Nessa sociedade o importante não é o viver e sim o registrar e postar, não são o meu orgulho e segurança que estão fazendo isso, e sim minha fraqueza pessoal. A vida tem se tornado uma imensa postagem. A internet é uma ferramenta muito poderosa e como tudo nessa vida ela possui aspectos positivos e aspectos negativos, a internet é a grande representante do processo de globalização, como também tem facilitado a sociedade da informação, porém é preciso entender que informação se diverge muito de conhecimento e sabedoria, é preciso amadurecer e começar utilizar também  o lado bom que a internet nos proporciona, não esquecendo que conhecimento é poder!

Portanto seja inteligente use toda bondade que o mundo te oferece em prol de melhorias para você, coisas ruins vão surgir todos os dias, vontade de desistir, de parar, jamais dê ouvidos aqueles que você não tem certeza se são seus verdadeiros amigos e para descobrir quem são os verdadeiros é bem simples, eles se alegram com a sua vitória, chorar de tristeza com você todo mundo chora, duvido é chorar de felicidade emocionado porque você conseguiu, todos querem que você esteja bem, poucos são os que aceitam que você esteja melhor do que eles. Seja feliz ao seu modo, só quem conhece as pedras do seu caminho é você, lembre-se sempre quando a felicidade começa a virar zona de conforto ela deixou de te fazer bem, ela deixou de ser felicidade.

Por Suelene Leal 

Psicopedagoga Clínica e Institucional, especialista em Avaliação Psicopedagógica e Autismo, Professora Efetiva da Autarquia Educacional de Serra Talhada- AESET, Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada – FAFOPST, Coordenadora de Integração Escola Empresa na Escola Técnica Estadual Pedro Leão Leal.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Brasil

Justiça condena ex-auditor da Receita por fraudes na aduana de Cumbica

Publicado

em

Kimura vai pagar multa de R$ 100 mil e precisará devolver bens e valores obtidos ilicitamente

Justiça Federal de Guarulhos, na Grande São Paulo, condenou o ex-auditor fiscal Marcos Kiniti Kimura por improbidade administrativa na Operação Trem Fantasma, que expôs um esquema de fraudes tributárias e descaminho de produtos importados no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Kimura vai pagar multa de R$ 100 mil e precisará devolver bens e valores obtidos ilicitamente. Além disso, ele teve os direitos políticos suspensos por oito anos e está proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de 10 anos.

A decisão do juiz Etiene Coelho Martins, 4ª Vara Federal em Guarulhos, foi proferida no último dia 18 no âmbito de denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF). A procuradoria afirma que o esquema burlava o trâmite alfandegário do aeroporto para que mercadorias importadas entrassem no Brasil sem o pagamento de tributos. Empresários subornavam auditores da Receita e despachantes aduaneiros para que eles substituíssem produtos importados de alto custo por uma carga de menor valor (carga clone) no momento do desembarque. Com isso, a tributação era feita sobre a carga clone, resultando em arrecadação menor.

Na época, Kimura era chefe substituto da equipe de trânsito aduaneiro do Aeroporto de Guarulhos, cuja função era analisar a Declaração de Trânsito Aduaneiro, conferir e liberar as cargas importadas.

Apontado pelos investigadores como chefe da organização criminosa, o proprietário da empresa Marítimas Importação e Exportação Ltda, afirmou em depoimento que o ex-auditor foi responsável por planejar uma operação de importação de 18 toneladas de carga e que, devido ao risco, pediu pagamento dobrado de propina.

Além disso, a investigação concluiu que das 41 Declarações de Trânsito Aduaneiro liberadas pelo ex-auditor em 2010, 24 foram transportadas por seu irmão, que também integraria o esquema.

O inquérito da Trem Fantasma, aberto em 2010, reúne filmagens de encontros e interceptação de conversas entre os integrantes do grupo. Kimura argumenta que o objetivo do contato era exclusivamente esclarecer dúvidas sobre a importação e transporte de mercadorias. “Soa estranho marcar diversos encontros com o chefe da organização criminosa apenas para explicar algo tão simples a alguém que é proprietário de uma empresa que frequentemente realiza importações e, consequentemente, está familiarizada com procedimentos aduaneiros”, considerou o juiz Etiene Martins.

O magistrado pontuou ainda a coincidência temporal entre os encontros, a importação de produtos pela organização criminosa e a realização de transferências de valores em nome do ex-auditor que teriam sido usadas para comprar imóveis e veículos de luxo. “Neste contexto, tudo leva a crer que os transportes pelo irmão do réu dos produtos objeto das DTAs (Declarações de Trânsito Aduaneiro) liberadas pelo réu não se tratavam de mera coincidência, mas de parte do esquema orquestrado”, diz o juiz.

Os imóveis adquiridos pelo réu somavam mais de R$ 400 mil à época. Parte do valor, cerca de R$ 184 mil, foi paga por meio de transferências bancárias intermediadas por uma imobiliária responsável pela contabilidade da organização criminosa. Em sua defesa, Kimura alegou que as transferências foram pagamentos pela venda 100 mil dólares, fruto do trabalho de seus pais no Japão, ao dono da Marítimas.

“Tal versão não procede. Não é razoável que alguém venda dólares a uma pessoa que mal conhece para pagamento futuro sem qualquer garantia e que, coincidentemente, liderava uma organização criminosa. Do mais, não restou devidamente comprovada a origem dos dólares, já que apenas foram anexados holerites dos pais do réu referentes a alguns meses do ano de 1993 (…). As alegações, portanto, não são corroboradas por outros elementos que não as palavras do réu, de maneira que destoam do conjunto probatório produzido nos autos”, destacou o magistrado.

Em 2015, Kimura já havia sido condenado a 15 anos e 6 meses de reclusão na ação penal por descaminho, corrupção e quadrilha. Na esfera administrativa, o réu respondeu a um processo disciplinar e acabou demitido.

COM A PALAVRA, MARCOS KINITI KIMURA

A reportagem busca contato com Marcos Kiniti Kimura. O espaço está aberto para manifestação.

COM A PALAVRA, A MARÍTIMAS

A reportagem busca contato com a empresa Marítimas Importação e Exportação Ltda. O espaço está aberto para manifestação.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Mega-Sena acumula: Concurso 2277 deve pagar R$ 33 milhões

Publicado

em

A quina teve 75 apostas vencedoras, cada uma receberá R$ 36.939,97

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2276 da Mega-Sena, sorteadas neste sábado (4) à noite, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados foram 05 – 15 – 18 – 27 – 49 – 57.

A quina teve 75 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 36.939,97. Na quadra ganharam 5.403 apostas e cada uma vai receber R$ 732,52. A estimativa de prêmio do próximo concurso, a ser realizado na quarta-feira (8), é de R$ 33 milhões para quem acertar as seis dezenas.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending