Conecte-se Conosco

Esporte

Brasileirão tem volta de torcida a estádios após 22 meses, mas presença é tímida

Publicado

em

Oito de dezembro de 2019. Essa foi a última vez que o Brasileirão havia sido realizado com público até este final de semana, quando os torcedores finalmente voltaram aos estádios para um jogo oficial da competição após 22 meses longe, por causa da pandemia de covid-19. Ao todo, seis jogos da 23ª rodada abriram os portões entre sábado e domingo, com exceção dos empates entre Red Bull Bragantino x Corinthians e Palmeiras x Juventude – em São Paulo, a liberação começa a partir desta segunda-feira, dia 4. Entretanto, a aparição do torcedor foi tímida neste primeiro momento, com cerca de 27 mil pessoas assistindo in loco aos confrontos realizados, resultando em uma arrecadação de R$ 1,3 milhão. O Flamengo foi quem liderou os números.

A presença ainda acanhada ficou evidente no empate por 1 a 1 entre Chapecoense e São Paulo, realizado às 16h de domingo. Na lanterna do Brasileirão, o clube catarinense esperava contar com o torcedor para ensaiar uma reação para fugir da zona de rebaixamento. A diretoria disponibilizou a comercialização de entradas somente para os sócios-torcedores, com a obrigatoriedade do exame negativo de covid-19, e esperava contar com até 6.400 pessoas na Arena Condá. No entanto, o confronto teve menos de mil espectadores, com 973 pessoas e uma renda de R$ 17.860,00.

No mesmo horário, o Flamengo viveu um cenário completamente diferente. Em campo, o time carioca atropelou o Athletico-PR por 3 a 0 e subiu para a terceira posição do campeonato. Nas arquibancadas, um protocolo diferente foi adotado para alavancar a ida dos rubro-negros ao Maracanã, que contava com 50% da capacidade. Ao invés de exigir exame PCR negativo para garantir a entrada do público, o clube optou por exigir a apresentação do esquema vacinal completo – comprovante das duas doses ou a dose única da vacina contra a covid. O resultado, porém, ficou abaixo das expectativas. Dos 35 mil bilhetes colocados à venda, apenas 7.315 foram vendidos, resultando em uma arrecadação de R$ 450 mil, valor considerado expressivo para a quantidade de público.

Ainda no domingo, o Grêmio teve decepção em dobro jogando em Porto Alegre contra o Sport. Se por um lado a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari foi derrotada pelo time pernambucano por 2 a 1, pelo outro a equipe tricolor também não teve o apoio numérico que gostaria na Arena. Com 30% da casa tricolor liberada, a diretoria gremista esperava que 20 mil torcedores fossem ao estádio empurrar a equipe na luta contra o rebaixamento, mas só 7.147 pessoas viram a equipe de Recife findar o jejum de oito jogos sem gols, com uma renda de R$ 363.946,00.

A rodada teve início no um dia antes, com o Fortaleza recebendo o Atlético-GO e sendo derrotado por 3 a 0. No G-4 da tabela de classificação, o clube da capital cearense tinha como trunfo a extraordinária campanha da equipe no Brasileirão para fazer com que o torcedor fosse ao Castelão empurrar o time. Dias antes, o presidente Marcelo Paz anunciou um acordo com a secretaria da saúde do Ceará para a liberação de 10% da capacidade do estádio, com 6.200 ingressos colocados à disposição. No entanto, foram vendidas 2.785 entradas apenas, com uma renda de R$ 53.484,00.

O enredo se repetiu na Arena Pantanal, com visitante indigesto e arquibancadas desocupadas. Com 35% da capacidade do estádio liberada, o Cuiabá tinha a expectativa de receber até 14 mil pessoas para o duelo com o América-MG, mas só 2.426 torcedores foram à partida, que terminou com vitória da equipe mineira por 2 a 0. O montante arrecadado foi de R$ 56.550 ,00.

Por sua vez, o Atlético-MG teve pouco menos da metade da capacidade permitida no Mineirão para o jogo contra o Internacional, às 21h. Com a prefeitura de Belo Horizonte liberando 30% do estádio, o local poderia receber até 18 mil pessoas para acompanhar o duelo, mas foram 7.166 os torcedores que acompanharam a vitória atleticana por 1 a 0 sobre o time gaúcho, com R$ 355.800,00 arrecadados. O triunfo manteve a equipe de Cuca na liderança isolada da competição com 49 pontos, dez a mais que o vice-líder Palmeiras.

A rodada ainda será completada no dia 27 de outubro com os confrontos entre Santos x Fluminense e Bahia x Ceará, ambos às 19h. Lutando para se distanciar da zona de rebaixamento, o clube paulista decidiu adiar a partida que teria contra o tricolor carioca na Vila Belmiro para poder contar com a sua torcida em casa. No dia 23 de setembro, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou o retorno do público no Estado com 30% da capacidade a partir do dia 4 deste mês, aumentando para 50% no dia 16 e liberando por completo em novembro.

Os protocolos para entrada nos estádios em São Paulo preveem a apresentação do cartão de vacinação indicando o recebimento completo do imunizante contra a covid-19. Pessoas parcialmente vacinadas – com apenas uma dose – devem apresentar teste PCR negativo para a doença com validade de 48 horas ou 24 horas para os testes de antígeno.

Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais Facebook, Twitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Última rodada do Brasileirão definirá rebaixamento e vagas na Copa Libertadores

Publicado

em

Alguns dos 20 clubes que disputam o Brasileirão já estão despreocupados, com sua vida decidida no torneio. Eles jogarão a 38ª e última rodada na quinta-feira para cumprir tabela apenas. O título está definido, bem como seis vagas para a Libertadores de 2022 e dois dos quatro rebaixados. No entanto, há muito em jogo para equipes que buscam uma vaga continental e outras que lutam para se livrar do rebaixamento, incluindo o Grêmio. Basta olhar para a tabela.

O Grêmio, que poderia ser rebaixado na 36.ª rodada, ganhou sobrevida ao superar o São Paulo, empatar com o Corinthians no duelo seguinte e ver o Juventude ser derrotado no Morumbi nesta segunda. A situação, ainda assim, é desconfortável. O time gaúcho, com 40 pontos, precisa vencer o campeão Atlético-MG, que deve atuar com reservas, e torcerá para que Bahia e Juventude percam. Os dois somam 43 pontos e ocupam 16ª e 17ª posições, respectivamente.

O Juventude encara o Corinthians no Alfredo Jaconi e o Bahia visita o Fortaleza no Castelão. Os adversários dos três clubes que jogam para se livrar da queda à segunda divisão não têm mais pretensões no campeonato, uma vez que já alcançaram seus objetivos. O Cuiabá também corre risco de voltar à Série B, mas é pequena. O clube do Mato Grosso chegou aos 46 pontos ao derrotar o Fortaleza na segunda-feira e precisa somar mais um para se salvar. Mesmo se tropeçar diante do Santos, pode se manter na elite.

VAGAS NA LIBERTADORES – A disputa pela Libertadores também é um atrativo na rodada derradeira. Serão nove clubes brasileiros na próxima edição da principal competição do continente, sendo que seis deles já estão garantidos: Palmeiras e Athletico-PR, campeões da Libertadores e Sul-Americana, respectivamente, Atlético-MG, Flamengo, Corinthians e Fortaleza.

Há oito candidatos para as últimas três vagas – uma para a fase de grupos e duas para a pré-Libertadores. Red Bull Bragantino, Fluminense, América-MG, Atlético Goianiense, Ceará, Santos, Internacional e São Paulo jogam nesta quinta com esse objetivo em mente.

O Brasileirão distribui tantas vagas para os torneios continentais que o Santos, ao superar o Flamengo no Maracanã, e o São Paulo, ao vencer o Juventude no Morumbi, saíram da condição de ameaçados de queda ao posto de assegurados na Sul-Americana. E os times de Carille e Ceni, com 49 e 48 pontos, respectivamente, podem, ainda, garantir um lugar na fase prévia da Libertadores. Para isso, terão de vencer Cuiabá e América-MG e torcerem para seus concorrentes tropeçarem.

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estuda as probabilidades do Campeonato Brasileiro, Red Bull Bragantino, Fluminense e América-MG são os favoritos para a classificação. Eles ocupam atualmente um lugar no G-8.

O time de Bragança Paulista tem 53 pontos, e a equipe carioca, 51. Os mineiros somam 50, bem como o Atlético Goianiense, que derrotou o Inter de virada no Beira-Rio e se fortaleceu nessa briga. O Ceará é outro a aparecer com 50. Mais abaixo, estão Santos (49) e Inter (48) e São Paulo (48). Os que não forem à Libertadores jogarão a Sul-Americana em 2022, exceção feita ao 16º colocado e aos clubes rebaixados.

Na rodada final, o Fluminense recebe a lanterna e já rebaixada Chapecoense, o Bragantino faz duelo direto pela vaga com o Inter em casa, o América-MG recebe o São Paulo em outra partida que opõe dois postulantes por um posto no torneio continental, o Ceará visita o Palmeiras, que jogará mais uma vez com jovens do sub-20, já que o elenco principal está de férias, o Atlético Goianiense encara o Flamengo em Goiânia e o Santos encerra sua trajetória no Brasileirão diante do Cuiabá, na Vila Belmiro.

Nove dos 10 jogos têm importância para a conclusão do torneio. Nada há nada em jogo apenas em Sport x Athletico-PR, que se enfrentam no Recife. Todos as partidas estão marcadas para as 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

Fonte: Esporte ao MInuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Copa do Nordeste: sorteio põe Sport e Fortaleza de um lado, e Bahia e Ceará de outro; veja grupos

Publicado

em

Estão definidos os dois grupos da Copa do Nordeste 2022. Um sorteio nesta segunda-feira na sede da CBF definiu as duas chaves da competição, cada uma com oito equipes. Cabeças de chave, Fortaleza e Sport ficaram no Grupo A, enquanto Bahia e Ceará entraram no B. Veja abaixo como os 16 times ficaram divididos:

  • Grupo A: Fortaleza, Sport, CSA, Sampaio Corrêa, Campinense, Globo-RN, Atlético de Alagoinhas e Sergipe
  • Grupo B: Bahia, Ceará, Náutico, CRB, Botafogo-PB, Altos-PI, Floresta-CE e Sousa-PB

O formato

Apesar do inchaço da competição, que passou a ter mais clubes em sua fase preliminar, o formato segue o mesmo. Na primeira fase, os oito times de cada grupo enfrentam as oito equipes da outra chave em turno único. Com isso, teremos clássicos locais na primeira fase, como Fortaleza x Ceará, Sport x Náutico, CRB x CSA…

Os quatro primeiros de cada lado avançam para o mata-mata. Quartas e semifinais serão disputadas em jogo único, enquanto a final acontecerá em ida e volta.

Os 16 times ficaram separados em quatro potes, com o ranking sendo critério para a divisão. Como Fortaleza e Ceará, integrantes do pote 1, não poderiam cair no mesmo grupo, automaticamente Bahia e Sport ficaram em chaves opostas. O mesmo aconteceu no pote 2, com os alagoanos CSA e CRB, o que forçou Náutico e Sampaio Corrêa a ficarem em grupos distintos.

Os cearenses do Floresta, oriundo do Pré-Nordestão, e Atlético de Alagoinhas, campeão baiano de 2021, são os estreantes na Copa do Nordeste – que tem o Bahia como o atual campeão. O início da disputa está previsto para o dia 22 de janeiro.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Rebaixados à Série B de 2022, Chapecoense e Sport se enfrentam na Arena Condá

Publicado

em

Rebaixados à Série B do Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Sport se enfrentam nesta segunda-feira, às 21 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 37.ª e penúltima rodada. O duelo servirá apenas para cumprimento de tabela.

Com a 19.ª e penúltima colocação confirmada, o Sport vem de um empate em casa por 1 a 1 diante do Flamengo. O time pernambucano tem 34 pontos. Na lanterna, com 15, a Chapecoense tem apenas uma vitória em 36 jogos disputados. O time catarinense busca lavar a alma antes de iniciar a preparação para o próximo ano.

O Sport tem dois desfalques importantes para o duelo. O técnico Gustavo Florentín não poderá contar com o meia Hernanes e com o atacante Paulinho Moccelin, ambos suspensos. Existia a possibilidade do time pernambucano liberar alguns de seus jogadores, o que ainda não aconteceu.

Com apenas dois meias à disposição no elenco, o treinador poderá improvisar no setor. No entanto, a expectativa é que coloque um quarteto formado por Marcão, Zé Welison, Everton Felipe e Gustavo.

Do outro lado, o técnico Felipe Endres foi obrigado a fazer algumas mudanças. Ezequiel e Bruno Silva, que levaram o amarelo na derrota para o Atlético Goianiense por 1 a 0, desfalcam o time. Já Lima, com dores musculares, também não foi relacionado.

A expectativa é que o treinador improvise Busanello no lado direito e coloque Mancha na esquerda. No meio, Geuvânio é o favorito para iniciar o jogo, assim como Rodrigo Silva no setor ofensivo.

Fonte: Esporte ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending