Conecte-se Conosco

Brasil

Colisão entre Pick up Fiat e ônibus da Guanabara deixa saldo de dois mortos e vários feridos em Milagres-CE

Publicado

em

Foto: Major Sawaki

A colisão entre um ônibus da empresa Guanabara e uma pick up deixou o saldo de duas pessoas mortas e várias feridas. O acidente aconteceu por volta das 4 horas da madrugada deste sábado na BR-116 na chegada à cidade de Milagres na região do Cariri. Ali houve uma colisão entre o ônibus que trafegava no sentido Fortaleza/Juazeiro do Norte e a Pick up Fiat Strada de cor branca e placas OSC-0516, inscrição de Missão Velha.

Foto: Major Sawaki

Os dois ocupantes do carro morreram no local já que o veículo ficou muito destruído, enquanto o motorista do ônibus de placas PMS-2596 perdeu o controle de direção e tombou numa ribanceira às margens da rodovia federal. Vários passageiros saíram feridos quando àqueles com menor gravidade terminaram socorridos em ambulâncias de Milagres e Brejo Santo para hospitais mais próximos em relação ao local do acidente.
Já os pacientes em estado mais grave foram trazido no helicóptero da CIOPAER até o 2º BPM e conduzidos em ambulâncias do SAMU para o Hospital Regional do Cariri. Os corpos do motorista do Fiat e seu colega de viagem foram trazidos pelo rabecão para necropsia na Pericia Forense onde estão sem as suas identificações. Além dos policiais militares e o pessoal do SAMU, agentes da Policiai Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local do acidente.
(Do miseria.com.br)

Brasil

Concurso 2287 da mega-sena acumula, e sorteio do dia 12 de Agosto, deve pagar mais de 11 milhões

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2287 da Mega-Sena, sorteadas neste sábado-feira(08) à noite, no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados foram 02 – 04 – 06 – 29 – 41 – 56.

A quina teve 45 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 45.775,06. Na quadra ganharam 3.261 apostas e cada uma vai receber R$ 902,38. A estimativa de prêmio do próximo concurso 2288, que será realizado na quarta-feira (12/08) é de R$ 11 milhões para quem acertar as seis dezenas.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Brasil: Mais de 100 mil vidas foram perdias para a Covid-19, desde o dia 12 de Março

Publicado

em

Na próxima quarta-feira(12), completará cinco meses da confirmação do primeiro óbito por Covid-19 no país. Faltando apenas cinco dias para esta data, de acordo o consórcio de veículos que acompanha a contagem, são exatamente 100.240 pessoas que perderam a vida.

A primeira vítima foi uma mulher de 57 anos, que morreu em São Paulo em 12 de março – a morte foi divulgada no dia 17 daquele mês. Desde então, foram menos de cinco meses até a marca de 100 mil mortes.

Nunca antes, em nosso país, tantas pessoas morreram pelo mesmo motivo em tão pouco tempo. Há apenas uma palavra para nomear o que vivemos: tragédia.

Nossa solidariedade a todos os familiares e amigos, que perderam alguém nesse período, não apenas para o covid, mas para toda e qualquer doença.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

No Recife, MPF vai à Justiça para tentar mudar o nome do prédio que homenageia o Marechal Castelo Branco

Publicado

em

O Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE), ajuizou ação civil pública contra a União, para que o Ministério da Defesa altere o nome do prédio que está em construção pelo Comando da 7ª Região Militar do Exército, Edifício Marechal Castelo Branco, no bairro da Tamarineira, no Recife.

A Procuradoria destaca que o ex-presidente é citado no relatório final da Comissão Nacional da Verdade como autor de graves violações aos direitos humanos.

O marechal Humberto de Alencar Castelo Branco articulou um dos principais núcleos do movimento que levou ao golpe de 1964 e então se tornou o primeiro presidente do regime militar.

Foi um dos principais responsáveis pela arquitetação do regime de exceção, sendo a perseguição política e a intervenção no Judiciário práticas sancionadas em seu governo. Castelo Branco ficou no poder até março de 1967 e foi sucedido por Costa e Silva. Morreu em julho do mesmo ano, em um acidente de avião. A ditadura militar se estendeu até 1985.

“A alteração de nomes de bens públicos que homenageiam ditadores é uma medida que vai ao encontro da realização da Justiça de Transição, sendo importante forma de reparação simbólica às vítimas e seus familiares, bem como de promoção e resgate histórico para garantia da não repetição de atos e crimes que cercearam – para além de direitos e garantias individuais e coletivas – vidas”, frisa a ação.

O MPF quer a suspensão imediata da utilização da denominação ‘Edifício Marechal Castelo Branco’ e ainda pede que o Ministério da Defesa seja obrigado a não nomear o imóvel, que será destinado à residência militar, com nenhuma outra referência a personagem que tenha tido comprometimento com a prática de graves violações aos direitos humanos.

As informações foram divulgadas pela Procuradoria da República em Pernambuco.

As procuradoras da República Mona Lisa Duarte Aziz e Natália Lourenço Soares, que assinam a ação, argumentam que Comando do Exército desrespeita recomendação CNV, que busca a alteração do nome de logradouros, vias de transporte, edifícios e instituições públicas de qualquer natureza, sejam federais, estaduais ou municipais, que se refiram a agentes públicos ou a particulares que notoriamente tenham tido comprometimento com a prática de graves violações de direitos humanos.

No documento, o MPF cita ainda lei estadual que proíbe a administração pública de fazer qualquer tipo de homenagem ou exaltação ao golpe militar de 1964 e à ditadura, incluindo na vedação a atribuição de nome a prédios, rodovias e repartições públicas de pessoa que conste no relatório final da CNV como responsável por violações de direitos humanos.

Segundo as procuradoras, o marechal Castelo Branco é apontado, pela CNV, como responsável político-institucional pela definição geral da doutrina que permitiu as graves violações e das correspondentes estratégias, bem como pelo estabelecimento de medidas que determinaram o cometimento desses ilícitos.

O marechal foi o responsável pela implantação do Serviço Nacional de Informações (SNI), criado para coordenar a ação repressiva do Estado brasileiro.

O MPF lembra que a ditadura militar iniciada em 1964 foi marcado por graves violações aos direitos humanos, como homicídios, tortura, desaparecimentos forçados e ocultação de cadáveres.

Segundo a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, aproximadamente 50 mil pessoas teriam sido detidas somente nos primeiros meses da ditadura, cerca de 20 mil presos foram submetidos a torturas, 4.862 pessoas tiveram seus mandatos e direitos políticos suspensos e 354 pessoas foram assassinadas em razão de terem participado ou sido acusadas de participação em atividades políticas.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending