Conecte-se Conosco

Esporte

Daniel Alves cobra mais atitude das pessoas para combater o racismo

Publicado

em

[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female”]

O experiente atleta, de 37 anos, afirmou, em entrevista à CNN Brasil, ser contra a generalização de que todos os brancos são racistas e pediu mais humanidade e atitude às pessoas para combater a questão

Capitão do São Paulo e da seleção brasileira, Daniel Alves deu sua opinião sobre as manifestações antirracistas feitas por várias estrelas do esporte após a morte do segurança George Floyd, em Minneapolis, nos Estados Unidos.

O experiente atleta, de 37 anos, afirmou, em entrevista à CNN Brasil, ser contra a generalização de que todos os brancos são racistas e pediu mais humanidade e atitude às pessoas para combater a questão.

“O racismo está em todos os lugares, infelizmente. Às vezes precisa chegar no extremo para tomarmos certos tipos de providência. Tem que ser abominado todo e qualquer tipo de racismo. Não acredito que todos os brancos são racistas, então tem que focar na punição das pessoas que estão envolvidas, não generalizar”, disse o jogador, que fez um alerta com relação às manifestações.

“Todo protesto pacífico é bem-vindo para o ser humano evoluir e crescer nas lutas. Não aproveitar de certo tipo de situação para gerar violência, ódio ou outro tipo de interesse que não está dentro da causa.”

Em 2014, quando atuava pelo Barcelona, Daniel Alves foi vítima de racismo. Em um jogo contra o Villarreal foi provocado por um torcedor que atirou uma banana no gramado, que foi comida pelo atleta.

“Eu vivi essa situação de perto, mas não quis me super manifestar sobre isso para não dar uma maior importância do infrator. Quis combater de outra forma. O ódio não pode ser combatido com ódio, tem que ser combatido com amor. Se colocar o seu ódio para fora, está se igualando ao infrator. Não pode ser extremista. Tem que punir as pessoas que são preconceituosas, que são racistas”, disse Daniel Alves.

“As pessoas estão perdendo o senso de humanidade. A base de tudo é o respeito. Tanto é que, nos Estados Unidos, as grandes estrelas são negras. A convivência entre pessoas negras, brancas ou qualquer opção sexual deve ser respeitada. Tem que aprender a viver humanamente, amando as pessoas e aceitando como elas são. O sol brilha para todo mundo. As pessoas precisam só pegar o seu raio e brilhar com a luz própria”, con

tinuou o jogador, que exigiu mais atitude por parte das pessoas.

“O que todos precisam entender é que, se ficarem na rede social ou não se manifestaram, não vão combater nada. Hoje tem muito ‘pray’ para qualquer tipo de coisa, mas as pessoas não fazem nada. Tem que ficar sempre com as ações das pessoas, com as lutas que elas enfrentam quando os outros não estão vendo. Se colocar na internet que a vida negra importa, eu não estou de acordo. Para mim, as vidas importam. Seja negra, branca, lésbica, gay, qualquer vida é importante. Deveriam punir os infratores, se não começa a generalizar”, afirmou.

“As pessoas não podem achar que tudo é se posicionar na rede social, ou vir falar aqui. Não, tem que praticar isso. As pessoas se confundem nesse aspecto. Precisa tomar atitudes e punir infratores, essa é a solução. Porque se não vira uma demagogia, uma campanha sem fundamentos. Para mim, a atitude da esposa desse infrator, de ter pedido o divórcio, é uma grande atitude. Eu não quero estar com racista. Essa é uma atitude valiosa para mim. Senão é muito fácil você colocar uma postagem e achar que seu trabalho está feito. Não, seu trabalho está feito quando você executa”.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Dudu comemora retorno ao Allianz Parque

“A noite de ontem no Allianz foi mais um momento muito especial pra mim, pois voltei a sentir a adrenalina de um jogo e toda a vibração da torcida”, afirma Dudu, em postagem no Instagram.

Publicado

em

O atacante Dudu não entrou em campo, mas se emocionou ao ser relacionado para um jogo do Palmeiras pela primeira vez desde agosto de 2023. O camisa 7 ficou no banco de reservas e teve seu nome gritado pela torcida na vitória sobre o Vasco.

“A noite de ontem no Allianz foi mais um momento muito especial pra mim, pois voltei a sentir a adrenalina de um jogo e toda a vibração da torcida”, afirma Dudu, em postagem no Instagram.

“Quando o estádio gritou meu nome, fiquei arrepiado, muito feliz e até um pouco emocionado por causa de todo amor e carinho que vocês, torcedores, têm por mim. Farei de tudo para continuar retribuindo esse lindo apoio dentro de campo, como sempre fiz durante todos esses anos aqui no clube. De coração, obrigado por terem me proporcionado mais uma noite especial.”

O QUE ACONTECEU
Dudu afirmou ainda que “em breve estarei em campo novamente”. O jogador passou aproximadamente nove meses se recuperando de uma cirurgia no joelho.

Segundo o técnico Abel Ferreira, o atacante ainda não se sente 100% confortável. O treinador detalhou, após a vitória pelo Brasileirão, que tem tido frequentes conversas com o camisa sete.

“A verdade é que ele ainda não se sente 100% confortável. Fez um jogo-treino muito bom, já tinha feito outro anterior, alinhei algumas coisas com ele. nesta sexta-feira (14) conversamos e gostei do que ele disse: ‘Professor, estou disponível, se calhar não estou confortável para jogar, mas queria ir com a equipe e estar com a equipe’. Disse a ele que é um dos nossos capitães, líderes e que queria que ele estivesse com o grupo”, disse o treinador alviverde, em entrevista coletiva.

Foto  Cesar Greco

Por Folhapress

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Crianças da LBV homenageiam Seleção Brasileira de Boxe

Publicado

em

A Seleção Brasileira de Boxe levará para os Jogos Olímpicos de Paris que iniciam no próximo dia 26 de julho, um grupo de dez atletas para representar o país na cidade francesa. Entre eles estão Abner Teixeira (Osasco/SP), Bárbara Santos (Salvador/BA), Beatriz Ferreira (nascida em Salvador/BA e criada em Juiz de Fora/MG), Caroline Almeida (Recife/PE), Jucielen Romeu (Rio Claro/SP), Keno Marley (Conceição do Almeida/BA), Luiz Oliveira (São Caetano do Sul/SP), Michael Trindade (Marituba/PA), Tatiana Chagas (Salvador/BA) e Wanderley Pereira (Curitiba/PR).

Para incentivá-los nesta importante competição, na última quarta-feira (5/6), um grupo de crianças atendidas pelo Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV) em Cidade Dutra, São Paulo/SP, visitou o Centro Esportivo Joerg Bruder, CT da Seleção Brasileira, e prestou uma homenagearam aos atletas classificados. Na ocasião, as meninas e meninos entregaram a eles o kit “LBV dá sorte” contendo desenho feito pelas próprias crianças representando o pódio e as medalhas de ouro, prata e bronze; um potinho com mensagens de força, inspiração e de boa sorte; fotos de atendidos pela Instituição; e uma medalha com os dizeres “Para nós, você é ouro!”, simbolizando a vitória dos atletas em Paris.

Durante a visita, a garotada ainda pode assistir ao treino da Seleção Brasileira e conversar com Bia Ferreira, que mais uma vez defenderá o Brasil na competição. No bate-papo, as crianças também conheceram um pouco mais da trajetória pessoal e profissional da medalhista olímpica e tiraram dúvidas sobre a modalidade.

Para a LBV o esporte é uma importante ferramenta educacional, de inclusão social e para o compartilhamento de valores como respeito, solidariedade entre outros, além de ser uma ótima forma de promover uma boa saúde do corpo e da mente. Desde seus primórdios na década de 1950, a Instituição promove a pioneira campanha “Esporte é Vida, não violência!”, que sensibiliza a todos quanto à importância do respeito e da Paz nos Esportes em qualquer modalidade, seja na quadra, no campo ou no ringue.

Conheças as ações da Legião da Boa Vontade, acessando www.lbv.org.br

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Bahia acaba com invencibilidade do Fortaleza e assume a vice-liderança do Brasileirão

O jogo foi válido pela oitava rodada.

Publicado

em

Em clássico nordestino tenso na Arena Fonte Nova, o Bahia venceu o Fortaleza, por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O jogo foi válido pela oitava rodada.

A quarta vitória nos últimos cinco jogos manteve o Bahia na cola do líder Flamengo. Eles estão empatados com 17 pontos, mas o rubro-negro carioca leva a melhor no saldo de gols: 8 a 4. Já o Fortaleza perdeu a invencibilidade e estacionou nos 10 pontos, em 11º lugar.

Os dois times sentiram os desfalques e ficaram devendo no primeiro tempo. Aos 13 minutos, Jean Lucas recebeu de Everton Ribeiro e perdeu uma boa oportunidade ao finalizar para fora. Essa foi a única chance de perigo do Bahia.

Mesmo jogando fora de casa, o Fortaleza foi um pouco mais ousado e chegou a balançar as redes aos 34 minutos, na cabeçada de Renato Kayzer. O gol, porém, foi anulado pelo auxiliar, que flagrou impedimento do atacante tricolor.

O segundo tempo começou mais movimentado, com o Fortaleza quase abrindo o placar. Emmanuel Martínez chutou forte e Marcos Felipe espalmou. O rebote voltou nos pés do argentino, que finalizou para fora. Na resposta do Bahia, Biel acertou a trave de João Ricardo.

A partida estava aberta e o gol saiu aos 34 minutos. Everton Ribeiro cruzou e Jean Lucas se antecipou a marcação para desviar de cabeça, colocando o Bahia na frente. Na sequência, Machuca saiu na cara de Marcos Felipe e parou no goleiro.

O clima ficou quente e os jogadores trocaram empurrões após falta de Brítez em Cicinho. Os minutos finais foram de pressão do Fortaleza, que viu a falta de Lucero passar raspando a trave, mas o Bahia segurou a vitória.

Pela nona rodada, os times voltam a campo no domingo, às 18h30. O Bahia visita o Criciúma, no Heriberto Hülse, em Santa Catarina, e o Fortaleza enfrenta o Cuiabá, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 0 FORTALEZA

BAHIA – Marcos Felipe; Gilberto (Cicinho), Gabriel Xavier, Rezende e Luciano Juba; Caio Alexandre, Jean Lucas, Everton Ribeiro (Yago Felipe) e Cauly (Carlos de Pena); Ademir (Biel) e Everaldo (Estupiñán). Técnico: Rogério Ceni.

FORTALEZA – João Ricardo; Tinga, Brítez, Titi e Felipe Jonatan; Pedro Augusto, José Welison (Machuca), Emmanuel Martínez (Pedro Rocha) e Hércules (Pochettino); Renato Kayzer (Lucero) e Breno Lopes (Yago Pikachu). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

GOL – Jean Lucas, aos 34 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Caio Alexandre, Carlos de Pena, Yago Felipe e Marcos Felipe.

ÁRBITRO – Felipe Fernandes de Lima (MG).

RENDA – R$ 864.465,50.

PÚBLICO – 30.048 torcedores.

LOCAL – Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Foto Reprodução / Agência Brasil

Por Estadão

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!