Conecte-se Conosco

Mundo

Espanha deixará de usar máscara ao ar livre

Publicado

em

Os espanhóis poderão deixar de usar máscara ao ar livre a partir de 26 de junho, seguindo os passos da França, enquanto cresce a preocupação com a variante Delta do vírus, responsável pelo novo grande surto de covid-19 em Moscou, que registrou um recorde de casos.
Um dia depois que os franceses deixaram de usar obrigatoriamente a máscara ao ar livre, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou que seus cidadãos poderão fazer o mesmo a partir de sábado 26 de junho.
“Este será o último fim de semana com máscaras ao ar livre, porque no próximo 26 de junho não as usaremos mais em espaços públicos”, declarou Sánchez em um ato empresarial em Barcelona. “Nossas ruas e nossos rostos recuperarão seu aspecto normal nos próximos dias”, acrescentou.
O uso da máscara ao ar livre foi imposto na Espanha em maio de 2020, a princípio somente quando não fosse possível manter uma distância segura. Depois, a obrigatoriedade do uso acabou se generalizando.
A melhora da situação sanitária e a chegada em breve do verão boreal (inverno no Brasil), no qual a Espanha espera começar a recuperar os milhões de turistas perdidos pela pandemia, aumentaram a pressão para levantar esta medida, como França e Bélgica já fizeram. (Por Diário de Pernambuco)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Mundo

Primeiros táxis sem motorista entram em serviço em Pequim

Publicado

em

Pequim acaba de autorizar o uso comercial dos primeiros táxis autônomos, que parecem automóveis normais – param na calçada para pegar passageiros, mas não têm motorista.

Equipados com sensores no teto, esses táxis só podem transportar dois passageiros de cada vez e um humano sempre está sentado no banco da frente, pronto para tomar o volante em caso de imprevisto.

Esta frota de 67 automóveis brancos só está em serviço em Yizhuang, nos subúrbios meridionais da capital chinesa, a cerca de dez quilômetros do centro da cidade.

E é provável que passem anos antes que os automóveis possam circular sem qualquer intervenção humana, já que a plena autonomia tropeça em obstáculos técnicos e jurídicos.

Mas o sinal verde concedido na quinta-feira ao gigante chinês da internet Baidu e à empresa emergente Pony.ai, que conta como acionista ao fabricante de automóveis Toyota, já é por si só um avanço significativo.

A reserva do táxi sem motorista é realizada por meio do celular. Com a ajuda de um aplicativo, os passageiros indicam o trajeto que desejam realizar. Depois, encontram um veículo cheio de eletrônicos, que também possui um radar rotativo.

No ambiente às vezes anárquico das ruas da capital, o veículo acelera, freia e faz as curvas com segurança.

Os passageiros que usam esses carros chamados “Apollo Go” podem ser buscados e transportados de ou até 600 pontos fixos.

O preço de uma viagem de seis quilômetros durante o período de teste atual é de 2 yuanes (menos de 31 centavos de dólar), contra 38 yuanes (6 dólares) aproximadamente em um táxi clássico.

Fonte: Folha PE

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Itália multa Google e Apple em 20 milhões de euro

Publicado

em

A agência italiana de concorrência multou, nesta sexta-feira (26), em 20 milhões de euros (22,5 milhões de dólares) Google e Apple por práticas comerciais equivocadas, informou a entidade.
A autoridade anti-monopólio estabeleceu que as duas empresas violaram cada uma o Código do Consumidor duas vezes, “ao não fornecer informação suficiente aos seus clientes” e “por práticas agressivas relacionadas à aquisição e uso de dados do consumidor com finalidades comerciais”.
O órgão lembrou que os dois gigantes digitais, que deverão pagar cada um 10 milhões de euros (11,2 milhões de dólares), coletam informações de seus clientes por meio de seus perfis e que não forneceram informações claras e precisas sobre o uso que fazem desses dados.
A Google, por exemplo, foi acusada de instalar na fase de criação de uma conta um pedido indispensável para o uso de todos os serviços oferecidos e no qual o usuário aceita que a empresa colete e utilize suas informações pessoais para fins comerciais.
Essa autorização permite “a transferência e uso de dados por parte da Google (…) sem a necessidade de outras passagens, durante as quais o usuário poderia confirmar ou modificar sua escolha”, explica a nota.
Já a Apple “coleta, filtra e utiliza os dados dos usuários para fins comerciais mediante o uso de seus dispositivos e serviços, o que a permite explorar diretamente seu valor econômico por meio da atividade promocional para aumentar a venda de seus próprios produtos e/ou os de terceiros por meio de suas plataformas comerciais”, diz o comunicado.
A agência italiana impôs, na última terça-feira, uma forte multa de 200 milhões de euros (225 milhões de dólares) à Amazon e Apple, por violarem as regras da concorrência ao restringirem o acesso da plataforma Amazon a alguns revendedores de produtos Apple.
Em maio, multou com 102 milhões de euros (114 milhões de dólares) a Google por abuso de sua posição dominante.
Os países da União Europeia aumentaram as sanções financeiras contra os gigantes digitais americanos e chineses, em um esforço para regulamentar suas atividades.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Israel detecta caso da nova variante de Covid descoberta na África do Sul

Publicado

em

O ministério da Saúde de Israel anunciou nesta sexta-feira (26) a detecção de um caso da nova variante de Covid-19 descoberta na África do Sul e que, segundo os cientistas, se propaga rapidamente.
“A variante descoberta nos Estados do sul da África foi identificada em Israel. Trata-se de uma pessoa que veio de Malauí”, afirmou o ministério, que teme outros dois casos de pessoas que chegaram do exterior e já estão confinadas.
As três pessoas já estavam vacinadas contra o coronavírus, informou o ministério em um comunicado.
O primeiro-ministro Naftali Bennett convocou uma reunião de emergência com autoridades da área da saúde para examinar a situação e os riscos.
O governo israelense incluiu em sua lista vermelha sanitária África do Sul, Lesoto, Botsuana, Zimbábue, Moçambique, Namíbia e Eswatini (ex-Suazilândia) após o anúncio da descoberta da nova variante.
A variante é identificada como B.1.1.529 e parece ser muito contagiosa, de acordo com cientistas sul-africanos. Não se sabe se as vacinas que estão sendo aplicadas são eficazes contra a nova cepa.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending