Conecte-se Conosco

Esporte

Flamengo leva dois gols no primeiro tempo, perde para o Palestino e é eliminado

Publicado

em

palestino_efe2

Sem seis titulares, time é dominado e só reage no segundo tempo com gol de Alan Patrick de pênalti. Rubro-Negro agora só tem Brasileiro para chegar à Libertadores.

FIM DA INVENCIBILIDADE

A fixação do Flamengo no Brasileiro cobrou seu preço. Foram quatro jogos na Sul-Americana, três deles com equipe bastante alterada – para descansar e rodar o elenco. Mas não foi o bastante para manter a vantagem e passar pelo Palestino. A eliminação nesta quarta-feira, com derrota de 2 a 1 em Cariacica – depois de vencer em Santiago por 1 a 0 – não só tirou a invencibilidade de sete partidas no Kleber Andrade como aumentou o jejum em mata-mata contra adversários sul-americanos. Desde que eliminou o Independiente em 2001, nas quartas de final da Mercosul, que o Rubro-Negro não consegue superar um time da América do Sul. Só passou pelo Real Potosí em 2012 na pré-Libertadores.

PRIMEIRO TEMPO

Um time a 120 km/h e outro devagar, quase parando. Os primeiros 45 minutos do Flamengo contra o Palestino eram o retrato de uma equipe concentrada e dedicada contra outro time que parecia se poupar em campo para o confronto de sábado no Brasileiro. Não foi uma nem duas vezes que os chilenos, de técnica limitada, perdiam a bola e a recuperavam em instantes, pressionando Alan Patrick, Marcelo Cirino e outros jogadores do Flamengo. Houve uma arrancada de Cirino, outra tentativa de Fernandinho pelo time carioca. No mais, só deu Palestino. A ponto de ter quase 70% de posse de bola no fim da primeira etapa. Foram seis finalizações contra nenhuma do Flamengo. Aos 32, Mazurek driblou e foi derrubado por Rafael Vaz. No rebote da cobrança de falta de Valencia na trave, Cereceda marcou. O ritmo do Palestino não diminuiu. E o Flamengo parecia atônito. Após cobrança de falta ruim de Chiquinho, Valencia carregou a bola, chutou fraco e Muralha aceitou: 2 a 0.

SEGUNDO TEMPO

Aos 11, Zé Ricardo substituiu Cuéllar e escalou Mancuello. Quatro minutos depois, Sheik entrou no lugar de Marcelo Cirino. O Flamengo, claro, foi para cima. Guerrero perdeu boa chance aos 10, ao girar em cima da marcação, mas ser travado por Vidal. Na primeira bola que pegou, Sheik quase diminuiu ao finalizar de esquerda. A pressão era grande. Alan Patrick colocou ótima bola para Pará, que foi derrubado. De pênalti, ele diminuiu. Felipe Vizeu substituiu Guerrero e o Flamengo continuou em cima dos chilenos, que se defendiam a todo custo, mas tentavam sair no contra-ataque. Aos 40, a pressão do rubro-negro já era bem menor e Valencia quase aumentou, chutando na trave. Aos 45, o time chileno perdeu chance inacreditável, com Mazurek chutando para fora.

E AGORA?

Na próxima fase, o Palestino vai enfrentar o vencedor de San Lorenzo (ARG) e La Guaira (VEN). Os times se enfrentam em Caracas nesta quinta-feira à noite. No primeiro jogo, os argentinos venceram por 2 a 1. As partidas das quartas de final serão disputadas 19 e 26 de outubro.

(Do GE)

Esporte

Presidente do STJD defere pedido, e Sport jogará de portões fechados e sem torcida visitante

Publicado

em

O Sport jogará de portões fechados e sem sua torcida como visitante em competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O presidente do STJD, José Perdiz, deferiu pedido da Procuradoria, na tarde desta sexta-feira, atendendo medida cautelar solicitada pelo órgão em função de um episódio violento contra o ônibus do Fortaleza.

A medida, portanto, não vale para o Clássico dos Clássicos deste sábado, contra o Náutico, nos Aflitos, pelo Campeonato Pernambucano. A torcida rubro-negra esgotou a carga de 2.800 ingressos de visitantes. Procurado pelo ge, o Sport disse que só irá se pronunciar quando for notificado.

A sinalização positiva de Perdiz – válida até julgamento do caso, ainda sem data prevista – ocorre horas depois da Procuradoria solicitar que medidas cabíveis fossem tomadas para coibir novos atos de selvageria como os vistos na saída da Arena de Pernambuco, na madrugada de quinta-feira.

Para respaldar o pedido, o órgão do STJD citou descumprimento do Rubro-negro ao art.158 da Lei 14.597/2023, que versa sobre o dever dos times em garantir segurança aos torcedores, e motivo pelo qual “fez-se necessário, para preservar a segurança nos futuros jogos”, entrar com a medida cautelar.

Fonte: GE

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Morre Wilsinho Fittipaldi, ícone da Fórmula 1, aos 80 anos

Publicado

em

O ex-piloto brasileiro de Fórmula 1 Wilson Fittipaldi Jr. morreu, nesta sexta-feira (23/2), aos 80 anos. O pioneiro do automobilismo estava internado em São Paulo desde 25 de dezembro, quando engasgou com um pedaço de carne e teve uma parada cardíaca.

Natural de São Paulo, Wilson nasceu em 25 de dezembro de 1943. Ele era irmão mais velho do campeão da Cart e bicampeão mundial de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi. Os dois eram filhos do comentarista de rádio Wilson Fittipaldi. Por isso, é conhecido como Wilsinho, mas também tinha como apelido Tigrão.

O ex-piloto participou de 38 Grandes Prêmios de Fórmula 1 do Campeonato Mundial, após estrear em 1º de maio de 1972. Ele criou a própria equipe, a Fittipaldi de Fórmula 1, que permaneceu ativa entre 1974 e 1982. Ela foi a primeira equipe brasileira no campeonato.

Por Correio Braziliense
Foto Divulgação/redes sociais

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Web critica Neymar por ajudar a diminuir pena de Daniel Alves

Publicado

em

A família de Neymar foi responsável por ajudar no pagamento dos R$ 900 mil reais (150 mil euros) pagos por Daniel Alves à vítima, que ajudaram a atenuar a pena do ex-lateral da seleção na condenação por estupro.

O jogador foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão na manhã desta quinta-feira (22). Nas redes sociais, internautas revoltados criticam o apoio.
Além do valor, a família de Neymar também cedeu o representante jurídico Gustavo Xisto, segundo o UOL. No X, a maioria dos internautas julga absurda a ajuda, já que o jogador estaria defendendo crime.

O fato de Neymar ser “pai de menina” (Mavie, de quatro meses, filha do jogador com a influenciadora Bruna Biancardi) também é citado como agravante.

“Neymar pagou para reduzir 5 anos a pena do Daniel Alves, condenado por estupro. Neymar.. que é pai de menina”, escreveu o usuário @cabreloatips no X. “Patrocinado por Neymar, Daniel Alves comprou 4 anos de liberdade com uma indenização de 150 mil euros –troco de bala para os ‘parças’.”, escreveu o jornalista Fabrizio Neitzke.

Internautas se revoltaram com a dificuldade em ser mulher e com a falta de empatia do jogador. “O Neymar acabou de ter um filha mulher, ele tem eu acredito, um amor incondicional pela mãe dele, irmã. E não tem noção do que o Daniel Alves fez ? Do que essa mulher tá sofrendo”, escreveu a usuária Amanda Ceará.

Fonte:  FOLHAPRESS

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!