Conecte-se Conosco

Esporte

Íbis fecha o maior patrocínio da história do clube e sonha com futuro vencedor

Publicado

em

Conhecido como pior time do mundo, o Íbis terá um bom incentivo para fazer de 2021 o ano da virada de chave em sua história. Tentando conseguir uma vaga na Série A1 do Pernambucano há 21 anos, o Pássaro Preto assinou o maior contrato de patrocínio da história do clube. De acordo com o presidente Ozir Júnior, o acordo com a Betsson, empresa do ramo de jogos e apostas online, vai até o final do ano.

– Eu fiquei surpreso com esse acordo. É uma empresa que vai nos ajudar muito na temporada e dará um ânimo para buscar o acesso. É um investimento que a gente nunca teve, disse o presidente do Íbis.

Por conta da cláusula de confiabilidade, Ozir não liberou os valores que receberá pela assinatura de contrato, mas o certo é que o dinheiro investido pela casa de apostas será suficiente para custear a participação do clube na A2 do Pernambucano.

A ideia de Ozir é trazer mais alguns jogadores para qualificar o elenco e fazer com que o Íbis entre de vez na briga pelo acesso.

– A gente vai qualificar, sim. Temos alguns nomes que vamos buscar e certamente isso fará com que nosso time chegue forte.

Além de investir na formação do elenco, a ideia do clube é fortalecer as divisões de base do Íbis, para que o clube passe a revelar e, consequentemente, lucrar com a saída de atletas para outras equipes.

– Vamos ter condições de fazer uma categoria de base. Vamos investir nisso, até para que a gente possa criar nossos jogadores. O acordo é até o final do ano, mas quem sabe a gente não consegue renovar.

 

C

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

SBT perde da Globo e vê pior audiência da história na estreia da Copa América

Publicado

em

A vitória do Brasil sobre a Venezuela por 3 a 0 na Copa América, neste domingo, registrou a pior audiência para uma estreia do Brasil no torneio. O SBT, detentor dos direitos televisivos da competição, registrou média de 14 pontos entre 18h01 a 19h54 em São Paulo. No Rio de Janeiro, a média foi de 12 pontos. Em termos absolutos, o primeiro jogo foi assistido por cerca de 2,8 milhões. A Rede Globo liderou a audiência no horário com média de 17 pontos. Os dados foram divulgados pelo Ibope nesta segunda-feira.

A menor média histórica da seleção na Copa América havia sido de 21 pontos em 2016, quando o torneio foi transmitido pela Rede Globo. O jogo diante do Equador, no dia 4 de junho, às 23h, foi acompanhado por cerca de 3,9 milhões de pessoas.

Na última edição, a Copa América teve bom desempenho na telinha no jogo de estreia. Em 2019, quando enfrentou a Bolívia às 21h30 do dia 14, a seleção alcançou 33 pontos no Painel Nacional de TV (PNT), índice que projeta a audiência nacional com base nas 15 regiões metropolitanas de maior consumo do Brasil. Em São Paulo, cada ponto corresponde a 205.377 domicílios.

Neste ano, a Copa América está no centro de várias polêmicas. Os próprios jogadores da seleção eram contrários à sua realização. Mesmo depois da desistência de Colômbia e Argentina como sedes originais, de um manifesto dos atletas da seleção brasileira com críticas ao torneio por “razões humanitárias e de cunho profissional”, e de protestos de movimentos sociais no Distrito Federal por conta dos jogos durante o agravamento da pandemia, o torneio começou neste domingo. O Governo Federal e a CBF aceitaram pedido do Conmebol. Os jogos estão sendo realizados sem público para evitar a disseminação do novo coronavírus.

No dia da abertura, o consórcio de veículos de imprensa registrou 1.118 novas mortes causadas pela covid-19, contabilizadas nas últimas 24 horas. O total de vítimas da pandemia chegou a 487.476.

Mesmo com o recorde negativo, a partida representou uma elevação da audiência para o SBT. Com a exibição da estreia, a rede cresceu 59%. No domingo anterior, o SBT atingiu 8,8 pontos com a exibição de dois programas no mesmo horário. A emissora conquistou a liderança em cinco praças: Recife (PE), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Distrito Federal (DF) e Goiânia (GO). Considerando somente os domingos, foi a melhor audiência na faixa horária desde 14/09/2008, quando a emissora marcou 14,3 pontos de média. O presidente Jair Bolsonaro se empenhou na campanha pelo SBT, ao publicar nas redes sociais que estava acompanhando o jogo de abertura.

O desempenho do SBT não foi suficiente para tirar a liderança da Rede Globo. No horário da partida, a emissora carioca foi líder com 17 pontos de audiência em São Paulo e 19 pontos no Rio de Janeiro com a exibição do Domingão do Faustão. (Por Notícias ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Delegação argentina se irrita com procedimento da Anvisa para entrada no Brasil

Publicado

em

A chegada da delegação da Argentina para a estreia na Copa América contra o Chile nessa segunda-feira foi com confusão.

Os argentinos desembarcaram no Rio de Janeiro, neste domingo (13). Ao se depararem com a necessidade de passar pela conferência de documentos por funcionários da Anvisa, integrantes da delegação, formada por 70 pessoas, ficaram irritados.

Houve pressão pela liberação sem passar pelo controle. A agência confere comprovantes de teste de Covid, que precisam ser negativos para a entrada no Brasil.

Um dos argentinos chegou a ligar para representantes do Ministério da Saúde, reclamando da Anvisa. Não adiantou. Toda a delegação teve de passar pelo procedimento. Aqueles que tiveram os documentos conferidos entraram no país.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Messi confessa receio de contrair a covid-19 durante a Copa América no Brasil

Publicado

em

Argentina estreia na Copa América nesta segunda-feira contra o Chile, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pelo Grupo A, mas a preocupação do craque do time, Lionel Messi, é outra. O jogador do Barcelona confessou que teme contrair a covid-19, em meio a uma série de infecções em seleções rivais. Atletas ou dirigentes de Bolívia, Colômbia e Venezuela foram diagnosticados com o novo coronavírus mesmo antes de o torneio começar.

Messi disse que o medo de contrair o vírus é generalizado no elenco argentino. “Isto nos preocupa porque é um risco para todos pegar a covid”, afirmou o craque argentino. “Tentamos ser cuidadosos, mas não é fácil. Estas coisas acontecem. Tentaremos fazer tudo que pudermos para que ninguém a pegue, mas às vezes não depende somente de nós mesmos”, acrescentou Messi.

A Argentina deveria ter sido uma das sedes da Copa América deste ano, mas desistiu na última hora devido a uma disparada de casos de covid-19 no país. O torneio foi transferido ao Brasil, apesar de o número de mortos do País ser o segundo maior do maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Sobre a competição, Messi falou sobre a vontade de conquistar o seu primeiro título com a seleção argentina. “As partidas com a seleção sempre são especiais. Nunca imaginei poder jogar tantas partidas com essa camisa. Sempre vivo o dia a dia e tento dar o máximo. Sempre estou disponível para a seleção. Meu maior sonho é conseguir um título com essa camisa. Estive muito perto várias vezes. Não aconteceu, mas seguirei tentando. Sempre vou lutar por esse sonho”, disse.

O craque argentino ainda comentou sobre o momento em que a seleção chega para disputar a Copa América. “Creio que chegamos em um bom momento. Fazia muito tempo que não nos juntávamos. Fizemos duas boas partidas, ainda que não tenhamos conseguido uma vitória (nas Eliminatórias)”. E completou: “Sempre tentamos fazer um grupo forte, armar um time competitivo. Temos trabalhado faz tempo com a mesma ideia. Acho que seguimos em formação, mas por um bom caminho”.

Por:Esporte ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending