Conecte-se Conosco

Esporte

Jorge Jesus: ‘Brasileirão tem que ser vendido de outra forma para fora’

Publicado

em

Jorge Jesus está em sua primeira experiência no Brasil como treinador

À frente do Flamengo desde o meio deste ano, o técnico português Jorge Jesus fez uma cobrança. Para ele, o Campeonato Brasileiro “tem que ser vendido de outra maneira para fora” do País. O treinador elogiou o nível da competição nacional, que neste ano foi conquistada pelo clube rubro-negro.

Jorge Jesus está em sua primeira experiência no Brasil. Aos 65 anos, ele já comandou diversos clubes de Portugal, com destaque para Benfica e Sporting Lisboa, além do Al Hilal, da Arábia Saudita.

“Se analisar os campeonatos europeus em geral, é um conceito. Se analisarmos os melhores times, é outro conceito. Coloco o Brasileiro entre os melhores campeonatos de europeus. O Brasileiro é muito competitivo. Quando chegamos ao Flamengo, estávamos atrás do Palmeiras. Só em um campeonato competitivo daria para recuperar essa vantagem. É competitivo, tem qualidade, os torcedores são apaixonados. O Brasileiro tem que ser vendido de outra maneira para fora do Brasil. Foi um dos grandes objetivos, vim ao Brasil para vencer e felizmente conseguimos vencer”, analisou o treinador, após ser premiado no Bola de Prata.

Depois de comandar o Flamengo nas conquistas do Brasileirão e da Copa Libertadores, Jorge Jesus terá pela frente o Mundial de Clubes da Fifa a partir do próximo dia 17. A equipe disputará a semifinal do torneio contra o vencedor da partida entre Al Hilal e Espérance, da Tunísia. Na decisão, a tendência é de que o Liverpool, da Inglaterra, seja o adversário.

Questionado sobre o menor interesse dos clubes europeus no Mundial de Clubes, Jorge Jesus preferiu exaltar a disputa do torneio que será realizado no Catar. O elenco rubro-negro viaja nesta sexta-feira.

“Libertadores para os torcedores brasileiros, neste caso dos flamenguistas, é o mais importante de tudo. Mas o Mundial de Clubes será mais uma grande jornada para o Flamengo e para o futebol brasileiro. Será o troféu mais difícil porque as equipes que vamos enfrentar, principalmente se chegarmos à final, vamos pegar o campeão europeu. Acreditamos que temos possibilidades de conquistar o troféu”, disse o técnico.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

MPF quer investigar se Corinthians pagou a juiz para suspender débitos

Publicado

em

O pedido foi feito nos autos da denúncia apresentada pela Procuradoria contra Leonardo Safi de Melo

Ministério Público Federal (MPF) pediu autorização da Justiça para abrir inquérito para apurar se o Sport Club Corinthians Paulista pagou propinas ao juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal em São Paulo, para obter levantamento de alvará em 2018.

O pedido foi feito nos autos da denúncia apresentada pela Procuradoria contra o magistrado nesta segunda, 3, por corrupção passiva, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O ‘Caso Corinthians’, como descrito pelos procuradores no documento, está entre os pelo menos 18 processos em que foram encontrados indícios da atuação de uma organização criminosa, comandada pelo juiz, para venda de decisões e sentenças na Vara Federal.

De acordo com o Ministério Público Federal, o advogado contratado pelo clube, Juliano Di Pietro, o diretor jurídico do Corinthians, Fabio Souza Trubilhano e seu presidente e vice-presidente, Andres Navarro Sanches e Alexandre Husni, foram ouvidos nas investigações preliminares. Todos confirmaram ter recebido pedidos de propinas, mas apenas Husni admitiu o pagamento em troca do levantamento de débitos tributários da agremiação.

‘Juiz dos ingleses’

Leonardo Safi de Melo, que chegou a ser preso na Operação Westminster, está em liberdade monitorada. Segundo a Procuradoria, ele escolhia processos milionários, usava intermediários para se aproximar de uma das partes da ação e pedia uma ‘comissão’ para expedir precatórios.

Além do magistrado, o Ministério Público Federal denunciou o diretor da 21ª Vara Cível Federal em São Paulo, Divannir Ribeiro Barile, apontado com seu braço direito no esquema, o perito Tadeu Rodrigues Jordan que, segundo os investigadores, era escalado para analisar processos e tinha parte da remuneração desviada, e as advogadas Deise Mendroni de Menezes e Clarice Mendroni Cavalieri, que ajudariam a lavar o dinheiro através da simulação de contratos de prestação de serviços.

COM A PALAVRA, O CORINTHIANS

Até a publicação desta matéria, a reportagem ainda buscava contato com o clube. O espaço está aberto para manifestações.

COM A PALAVRA, A DEFESA DO JUIZ LEONARDO SAFI DE MELLO

O advogado Leonardo Massud, que defende o juiz Leonardo Safi de Melo, informou que vai se manifestar sobre a denúncia quando seu cliente for notificado oficialmente.

COM A PALAVRA, OS CRIMINALISTAS RUBENS DE OLIVEIRA E RODRIGO CARNEIRO MAIA, DEFENSORES DE DEISE MENDRONI DE OLIVEIRA

“Trata se de denúncia recente, o qual esta defesa técnica ainda não teve conhecimento, bem como ainda não foi alvo de recepção pelo E. TRF-3”

COM A PALAVRA, OS DEMAIS DENUNCIADOS

Até a publicação desta matéria, a reportagem ainda buscava contato com os demais denunciados. O espaço está aberto a manifestações.

Por Estadão Conteúdo

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Neymar diz viver ‘momento mais especial’ no Paris Saint-Germain

Publicado

em

A satisfação do atacante se justifica pelos resultados recentes da equipe.

Completando três anos de Paris Saint-Germain nesta terça-feira, Neymar fez uma breve avaliação deste período no clube francês. E disse viver seu “momento mais especial” no clube, após superar lesões e frustrações na Liga dos Campeões. A competição, por sinal, é o grande objetivo do time e do brasileiro na temporada.

“Esses três anos foram de muito aprendizado. Vivi tempos de alegria e outros complicados, especialmente quando fui impedido de jogar por causa das lesões. Com ajuda dos companheiros consegui superar e focar no que realmente importa para todos, que é o nosso desempenho em campo traduzido em títulos. O torcedor, o clube, os fãs todos podem ver a entrega do nosso time em qualquer jogo”, disse o brasileiro.

A satisfação do atacante se justifica pelos resultados recentes da equipe. Na sexta-feira passada, o PSG faturou o título da Copa da Liga Francesa. Antes, já havia levantado os troféus da Copa da França e do Campeonato Francês, que foi finalizado de forma precoce em razão da pandemia do novo coronavírus.

“Acredito que vivo hoje meu momento mais especial no Paris. Formamos uma família em prol do grande objetivo que temos pela frente. Queremos marcar a temporada com a Champions. Vamos lutar por isso, porque nunca estivemos tão perto”, projetou o brasileiro, que soma nove títulos e 74 gols em 85 jogos pelo PSG.

Neymar chegou ao clube de Paris em 2017 com a missão de liderar a equipe em busca do inédito título da Liga dos Campeões. Se sofreu com lesões nas últimas temporadas na reta final da competição, agora ele se encontra em boas condições físicas. A situação do campeonato também favorece o PSG.

No sorteio da chave, o time escapou de rivais mais poderosos, como Barcelona e Real Madrid. Terá pela frente a Atalanta, no dia 12, em Portugal, em jogo único. Se vencer, chegará às semifinais e terá pela frente outro adversário de pouca tradição na Liga dos Campeões: RB Leipzig ou Atlético de Madrid.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Hexacampeão, Hamilton diz querer disputa mais acirrada na Fórmula 1

Publicado

em

Nesta temporada, ele já venceu três das quatro provas realizadas e lidera a competição.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Seis vezes campeão do mundial de pilotos da Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton lamentou a falta de competitividade na busca pelo título. Nesta temporada, ele já venceu três das quatro provas realizadas e lidera a competição.

“Honestamente, eu cresci – especialmente quando você está no kart – com as corridas roda a roda, é isso que sempre me excitou, e é isso que me faz acordar de manhã”, afirmou no domingo (2), após sua vitória no Grande Prêmio da Inglaterra.

Hamilton ainda fez menção a Max Verstappen, da Red Bull, e Charles Leclerc, da Ferrari, que encerraram a prova em Silverstone na segunda e terceira colocação, respectivamente. “Esta não é a luta pelo campeonato que eu esperava. Preferiria muito, muito mais ter uma batalha muito próxima com esses dois, porque é isso que me anima”, acrescentou.

O hexacampeão lidera a temporada com 88 pontos, 30 a mais do que o segundo colocado e seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. A Mercedes, escuderia de ambos, é a primeira no ranking dos construtores, com 146 pontos, 68 à frente da Red Bull, vice-líder.

Por Folhapress

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending