Conecte-se Conosco

Notícias do Sertão

Luciano Duque lança pré-candidatura a prefeito de Serra Talhada e implode relação com Marília Arraes

Publicado

em

Com a cara e a coragem, o deputado estadual Luciano Duque (Solidariedade) oficializa hoje sua pré-candidatura a prefeito de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú. Sem o aval da vice-presidente nacional do partido e líder principal da legenda no Estado, Marília Arraes, a iniciativa não tem valor jurídico e deve implodir a relação com a ex-deputada federal e ex-candidata ao Governo de Pernambuco.

O vínculo entre os dois anda estremecido desde o resultado da eleição de 2022, quando Marília Arraes saiu derrotada e Duque acabou se aproximando da governadora eleita, Raquel Lyra (PSDB). A aliada de antes teria ficado irritadíssima e se distanciado.

Ex-prefeito da Capital do Xaxado por duas vezes (em 2012 e reeleito em 2016), o deputado quer mostrar a força que tem. Na eleição de 2022, para o primeiro mandato legislativo, obteve 61.411 votos, a maioria em Serra. É líder da bancada na Assembleia Legislativa e benquisto pelos pares. Lembra que a legenda  não tem candidato em Serra e, como filiado ao partido, tem o direito de disputar.

Quem acompanha sua trajetória avalia que a jogada é de mestre. Não espera autorização de Marília Arraes, e antecipa-se ao anúncio, previsto para 1º de junho, de apoio da ex-deputada à reeleição da prefeita Márcia Conrado (PT), ex-secretária de Saúde, sua cria política e com quem está rompido.

Coloca-se como “traído duplamente” na história e fica livre até para apresentar um outro nome, já que provavelmente não terá a legenda. Nos bastidores, comenta-se que uma opção é lançar Miguel Duque, seu filho e presidente do Podemos Jovem.

Hoje Luciano Duque pretende reunir os dois vereadores que lhe são fiéis – Ronaldo de Deja e Vandinho da Saúde – e a maioria dos 60 pré-candidatos a vereador. Será no auditório do Posto do Vale do Ipsep, na Academia das Cidades, em Serra Talhada, às 10h.

Sonho da casa própria
O Governo de Pernambuco doou cinco terrenos para construção de 594 moradias no Recife, em Olinda e Paulista. Ontem, a governadora Raquel Lyra (PSDB) visitou a ocupação Presente de Deus, em Água Fria, Zona Norte da capital. A comunidade será uma das contempladas com 64 residências e o público não recebe o Bolsa Família.

Desoneração
O senador Fernando Dueire (MDB) se reuniu com o relator do projeto de desoneração da folha dos municípios, senador Jaques Wagner (PT). Tem trabalhado pela manutenção do benefício para cidades com até 156 mil habitantes e conquistou o reconhecimento dos prefeitos.

Undime
Secretários de Educação de 150 dos 184 municípios pernambucanos se reúnem segunda e terça para discutir desafios da gestão. O evento, promovido pelo Fórum Extraordinário da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-PE), começa às 8h, no  Beach Class, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Fonte: Fala PE

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Notícias do Sertão

Salgueiro: Técnicos-administrativos da Univasf rejeitam proposta do Governo Federal e continuam em greve

Publicado

em

Segue o impasse entre o Governo Federal e servidores técnicos-administrativos (TAEs) da Univasf referente a reajuste salarial. Na última quarta-feira, 19, durante assembleia, 90% dos profissionais da categoria rejeitaram uma nova proposta do governo e decidiram continuar com a greve.

A paralisação na Univasf, que começou no dia 25 de abril, está afetando as atividades dos campi Petrolina-PE, Salgueiro-PE, Juazeiro-BA, Senhor do Bonfim-BA, Paulo Afonso-BA, e São Raimundo Nonato-PI, porém, as aulas seguem normais, porque os professores da universidade não aderiram à greve.

Segundo informações do G1 Petrolina, os técnicos-administrativos disseram que o governo apresentou uma proposta com melhorias em relação ao que vinha oferecendo aos TAEs da Univasf, mas com algumas incongruências. Por isso, seguem reivindicando pautas como progressão do mestrado, que aumenta o salário em 52% conforme o barema de pontuação, alcançada através do desenvolvimento de algumas atividades.

Por Blog Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Notícias do Sertão

Raquel Lyra lança Programa Sertão Vivo e promete beneficiar 75 mil famílias

Publicado

em

O Programa Sertão Vivo foi lançado, nesta quinta-feira (20), pela governadora Raquel Lyra (PSDB) e pelo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante. A iniciativa beneficiará 75 mil famílias de pequenos agricultores (cerca de 300 mil pessoas) que vivem em 55 municípios do Estado com o investimento de R$ 299,1 milhões.

O projeto é executado pelo governo federal, por meio do BNDES, em parceria com Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), da Organização das Nações Unidas (ONU), e vai destinar R$ 1,8 bilhão a todos os nove estados do Nordeste.

“Hoje celebramos o investimento de quase trezentos milhões para cuidar das famílias que vivem no semiárido nordestino. Com esse movimento iremos incentivar a agroecologia, preservando nossos biomas e garantindo o acesso à água. Estamos iniciando esse programa junto ao BNDES e ao FIDA e, com isso, nós vamos garantir uma mudança de padrão na vida de quem faz agricultura familiar em Pernambuco. Essas famílias que produzem mesmo diante da escassez de água e que, agora, terão acesso à renda, incentivos e tecnologias para ampliar sua produção”, destacou Raquel Lyra.

Dos quase R$ 300 milhões que serão destinados aos agricultores de Pernambuco, R$ 47,1 milhões são provenientes do FIDA (recursos doados) e o restante, R$ 252 milhões, virá de um financiamento firmado pelo Governo do Estado com o banco público. Ou seja, os homens e mulheres do campo não precisarão pagar nada pelo apoio. O BNDES já autorizou a operação de crédito e a minuta da lei autorizativa que contempla a operação foi enviada à Assembleia Legislativa (Alepe) em 17 de junho de 2024.

Para o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, o Sertão Vivo representa a oportunidade de enfrentar as mudanças climáticas.

“Conviver com a escassez hídrica, com a seca, nos inspira a olhar para o semiárido como um grande laboratório para entender como lidar com os extremos climáticos. Precisamos impedir a desertificação, recuperar a mata originária, a caatinga. Então esse é um programa que oferece um conjunto de políticas públicas articuladas para aumentar a renda e ofertar tecnologia para aprendermos a lidar com a crise climática e favorecer o Nordeste”, explicou.

Conheça como irá funcionar o programa

A expectativa do Sertão Vivo é alcançar 75 mil famílias que moram em 55 municípios com maior incidência de pobreza rural, vulnerabilidade climática e exposição histórica à seca, incluindo comunidades tradicionais e povos indígenas. Nestas localidades estão previstas ações como quintais produtivos, cisterna de produção, sistema de reuso de águas, roçados, além de práticas de gestão hídrica eficiente e sistemas agroflorestais com espécies nativas da caatinga adaptadas ao semiárido.

“Agradeço o empenho do BNDES e ao estado de Pernambuco, que articulou, através da liderança da governadora Raquel Lyra, o projeto que foi contemplado pelo Sertão Vivo. Nosso objetivo é gerar oportunidades e maior capacidade para todos os agricultores atendidos. Mais de 80% das comunidades quilombolas estão presentes no semiárido, então essa é uma ação voltada, sobretudo, às comunidades tradicionais”, afirmou o coordenador do FIDA no Brasil, Hardi Vieira.

Em Pernambuco, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca (SDA) será responsável por executar o projeto, por meio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

“O maior volume desse orçamento, mais de 50%, será destinado ao acesso de água para a produção, porque os nossos agricultores sabem muito bem a dificuldade que enfrentam no campo para ter água de qualidade. Então serão feitas cisternas, barragens subterrâneas para que consigam armazenar água no momento de maior dificuldade de acesso a esse bem tão precioso”, detalhou a presidente do IPA, Ellen Viégas.

Presente no evento, o senador Fernando Dueire (MDB), destacou a parceria entre os governos estadual e federal.

“Essa é uma ação importante para o nosso semiárido, que enfrenta tantas dificuldades. Parabenizo a governadora Raquel Lyra por ter articulado esta iniciativa junto ao governo federal, que está atento para atender às populações mais carentes”, disse. Por sua vez, o deputado estadual João Paulo apontou que o Sertão Vivo irá transformar a vida no campo. “Esse programa vai resgatar a importância do semiárido, que se não for olhado, irá atingir as famílias mais pobres do nosso país. Então, o Sertão Vivo vem para transformar a vida das pessoas que mais precisam com ações concretas”, pontuou.

Confira, abaixo, os municípios que serão contemplados com recursos do Sertão Vivo e a estimativa de famílias atendidas em cada um deles:

1.Afrânio (2.200)
2.Águas Belas (2.600)
3.Alagoinha (1.200)
4.Altinho (800)
5.Betânia (1.200)
6.Bodocó (2.000)
7.Bom Jardim (3.000)
8.Brejão (1.000)
9.Buíque (1.800)
10.Cabrobó (3.000)
11.Caetés (3.000)
12.Calçado (800)
13.Calumbi 600
14.Canhotinho (400)
15.Capoeiras (2.000)
16.Carnaubeira da Penha (1.400)
17.Caruaru (400)
18.Casinhas (1.200)
19.Cumaru (1.800)
20.Dormentes (2.000)
21.Exu (2.000)
22.Flores (800)
23.Frei Miguelinho (2.200)
24.Iati (2.000)
25.Inajá (800)
26.Ingazeira (600)
27.Itaíba (800)
28.Jataúba (1.800)
29.Jucati (500)
30.Jupi (800)
31.Jurema (500)
32.Lagoa do Ouro (500)
33.Lagoa dos Gatos (700)
34.Lagoa Grande (1.200)
35.Manari (2.000)
36.Mirandiba (900)
37.Moreilândia (1.200)
38.Orobó (700)
39.Orocó (1.400)
40.Ouricuri (1.800)
41.Paranatama (1.300)
42.Pedra (2.700)
43.Poção (900)
44.Riacho das Almas (1.100)
45.Sairé (1.200)
46.Saloá (700)
47.Santa Filomena (1.200)
48.Santa Maria da Boa Vista (3.000)
49.Santa Maria do Cambucá (1.800)
50.São João (2.000)
51.São Joaquim do Monte (700)
52.Serrita (800)
53.Tupanatinga (800)
54.Vertente do Lério (800)
55.Vertentes (400)

Fonte:JC

 

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Notícias do Sertão

TCE suspende seleção simplificada da Prefeitura de Floresta-PE

Publicado

em

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) emitiu nesta quarta-feira (19) uma decisão que suspende o processo seletivo simplificado da Prefeitura Municipal de Floresta para a contratação temporária de 24 Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

A decisão, publicada no Diário Oficial do TCE-PE desta quinta-feira (20), resulta de uma Medida Cautelar solicitada pela Gerência de Admissão de Pessoal (GAPE) do Tribunal, sob o número do processo 24100708-2.

O relator do processo, conselheiro substituto Adriano Cisneiros, destacou várias irregularidades no edital nº 05/2024, datado de 15 de maio de 2024, que visava a contratação temporária dos ACS. Entre as principais questões levantadas estão: forma de convocação dos candidatos insuficiente; quantitativo da reserva de vagas para candidatos portadores de deficiências em desacordo com o ordenamento jurídico; prazo exíguo para interposição de recurso; imprecisões no texto do edital; ausência de especificação do prazo de duração dos contratos.

A prefeita Rosângela de Moura Manicoba Novaes Ferraz (Rorró Maniçoba), justificou a necessidade do processo seletivo, alegando a urgência no suprimento temporário de ACS devido à impossibilidade de realizar um concurso público a tempo. A prefeitura argumentou que o remapeamento das Unidades de Saúde do Município, realizado através de um processo licitatório em 2023, revelou áreas sem cobertura de ACS, justificando assim a contratação temporária

O TCE-PE, no entanto, concluiu que a justificativa da prefeitura não atende aos requisitos legais para contratações temporárias. De acordo com o artigo 16 da Lei nº 11.350/2006, a contratação temporária ou terceirizada de Agentes Comunitários de Saúde é vedada, exceto em situações de surtos epidêmicos, o que não se aplica ao caso de Floresta.

Com base nisso, a decisão determinou: suspensão imediata do processo seletivo regido pelo Edital nº 05/2024; e realização de concurso público para a admissão dos Agentes Comunitários de Saúde.

Por Carnaubeira em destaque

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!