Conecte-se Conosco

Política

Lula vira réu pela quarta vez na Lava Jato acusado de lavagem de dinheiro na Petrobras

Publicado

em

O ex-ministro Antonio Palocci e Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, também são réus no processo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) virou réu pela quarta vez na Operação Lava Jato no Paraná. O juiz Luiz Antonio Bonat recebeu nesta sexta-feira (23) a denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra o petista e mais três pessoas por lavagem de dinheiro na Petrobras.

Segundo o documento, Lula era “comandante e principal beneficiário do esquema de corrupção que também favorecia as empreiteiras cartelizadas”, como a Odebrecht. O ex-ministro Antonio Palocci e Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, também são réus no processo.

A ação afirma que Lula “teria dado aval para que importantes diretores da Petrobras fossem nomeados para atender aos interesses de arrecadação de propinas em favor dele próprio e de outros integrantes do PT, PP e PMDB, com o envolvimento de outros funcionários públicos de elevado status na administração pública”.

Entre os mencionados estão os ex-ministros José Dirceu, da Casa Civil, e Palocci, da Fazenda. Segundo o MPF, ele teria atuado na arrecadação e no gerenciamento de propina para o PT.

Ao UOL, a defesa do ex-presidente disse que a ação é “mais um ato de perseguição contra o ex-presidente Lula porque aceitou processar mais uma ação penal descabida”.

“A mesma decisão desconsidera que Lula já foi definitivamente absolvido pela Justiça Federal de Brasília da absurda acusação de integrar uma organização criminosa, assim como desconsidera decisão do Supremo Tribunal Federal que retirou da Justiça Federal de Curitiba a competência para analisar o assunto”, afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins.

A reportagem procurou a defesa dos outros réus citados na ação, mas não teve resposta até a publicação deste texto.

Por Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Política

Sabendo das pouquíssimas chances de ser reeleito, Bolsonaro critica o voto eletrônico no país

Publicado

em

Eleito com essa mesma forma de contabilização de votos e vendo sua popularidade cair a cada dia , o presidente Jair Bolsonaro questiona urna eletrônica e ironiza ‘voto por smartphone’. Nos seus 7 mandatos de deputados e um de presidente, esse em 2018, o mesmo não fez nenhum questionamento.

As declarações foram dadas em meio a quase 30 minutos de entrevista dada a jornalistas após Bolsonaro votar na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona oeste do Rio.

presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar duramente as urnas eletrônicas, defendeu o voto impresso e, sem citar nomes, ironizou a ideia do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, de liberar o voto por smartphones no futuro. “Tem gente que nunca entrou na casa dos mais humildes”, disparou.

As declarações foram dadas em meio a quase 30 minutos de entrevista dada a jornalistas após Bolsonaro votar na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona oeste do Rio. O tom das falas variou: às vezes, parecia falar como presidente de fato, mas outras vezes adotava tom de candidatura.

Precisa ir se acostumando, em saber que irá fazer parte, da estatística, a partir de 1º de Janeiro de 2024, onde  hoje estão mais de 14 milhões de brasileiros desempregados.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

Recife: João Campos deve ser eleito com pouquíssimos votos de diferença

Publicado

em

A menos de 24h de sabermos quem será o prefeito do Recife nos próximos quatro anos. Na briga por esse cargo estão os primos Marília Arraes e João Campos, ambos netos do saudoso Miguel Arraes, deputados federais e esquerdistas.

A disputa é sem dúvida a mais acirrada do país e quem vencer deve ser eleito com uma quantidade mínima de diferença entre o opositor. Cada um dos postulantes tem suas vantagens, a de Marília é o fato de ser mulher, mais experiente na vida pública e ter ao seu favor, não ser do PSB, partido que está no comando da Cidade e que por uma naturalidade, os eleitores querem mudanças. João também tem suas vantagens, é jovem, carismático, trás consigo o nome e legado pai o também saudoso Eduardo Campos, tem a máquina administrativa ao ser favor, e não é do PT, partido que ninguém aguenta mais. Contudo, por tudo isso, ainda, deve ser eleito prefeito do Recife.

É possível que seja empate, e caso isso aconteça, Marília será a vencedora pois é mais velha que seu primo, ela com 36 e ele com 27 anos. De acordo com a legislação vigente, em caso de empate o candidato mais velho, é declarado vencedor, mas ela não deve contar muito com essa possibilidade que é muito remota.

Amanhã, domingo(29), a essa hora (20:37h), já deveremos saber quem irá comandar a prefeitura do Recife, nos próximos, quatro anos. Deus abençoe os recifenses!!!

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

Com Boulos positivo pra Covid, Globo cancela debate em SP

Publicado

em

O candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, testou positivo para a Covid-19 nesta sexta-feira (27), a dois dias da eleição do segundo turno para a prefeitura da capital paulista.

De acordo com a assessoria de imprensa do psolista, Boulos está sem sintomas e seguirá os protocolos de isolamento.

“Conforme já noticiado, testei positivo para covid-19, mesmo não tendo sintomas, e estou em isolamento. Já pedimos à Globo para o debate ser mantido de forma virtual. Peço duas coisas: cuidem-se e virem votos até domingo. A virada depende de cada um de nós”, disse em uma rede social.

Na noite desta sexta-feira seria realizado um debate, promovido pela Globo, entre Boulos e Bruno Covas (PSDB), e a campanha do psolista, por conta do diagnóstico positivo para o coronavírus, havia proposto um debate virtual. A emissora, no entanto, decidiu cancelar o encontro.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending