Conecte-se Conosco

Destaque

Milhares de pessoas protestam contra Trump; uma pessoa é baleada

Publicado

em

© Mark Makela / Reuters

Milhares de pessoas protestaram nesta sexta-feira (11) contra a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos em várias cidades americanas, no terceiro dia de manifestações após a vitória do republicano sobre a democrata Hillary Clinton.

As manifestações ocuparam as ruas de Miami, Atlanta, Filadélfia (foto), Nova York e Porttand, em Oregon.

Na madrugada de sábado, uma pessoa foi baleada enquanto cruzava uma ponte em Portland depois de um protesto que durou horas, de acordo com a polícia. As condições da ocorrência ainda não foram esclarecidas.

Mais cedo, manifestantes bloquearam ruas e atiraram objetos contra policiais, que responderam com sprays de pimenta e bombas de efeito moral.Em Los Angeles, centenas de pessoas andaram pelas ruas e bloquearam o trânsito. Elas carregavam cartazes como “Nós rejeitamos o presidente eleito”.

Com grandes balões vermelhos, cartazes com corações e um discurso de “paz e amor”, cerca de 1.200 manifestantes se reuniram na Washington Square, em Nova York.

“Seu muro não poderá bloquear o nosso caminho”, “O amor é um direito humano”, “Merecemos um mundo melhor” – diziam os cartazes, muitos pintados por crianças que acompanhavam os pais.

Algumas pessoas agitavam bandeiras mexicanas ou cartazes com o rosto da democrata Hillary Clinton, derrotada por Trump.

Esta foi a terceira manifestação contra Donald Trump em Nova York, que se orgulha da sua diversidade e vota tradicionalmente nos democratas, apesar de ser a cidade do presidente eleito.

“Estamos aqui para apoiar todas as pessoas que Trump ofendeu, para mostrar aos nossos filhos que temos voz, para defender os direitos das pessoas”, disse à AFP Kim Bayer, 41 anos, que foi ao protesto com a filha, a irmã e uma sobrinha.

“Temos medo que um governo de Trump seja um desastre para os direitos humanos. Nunca tive tanto medo na minha vida. Temos que sair para protestar, e de maneira ruidosa”.

Trump realizou uma campanha agressiva, repleta de insultos e ataques a mulheres, muçulmanos, mexicanos e imigrantes ilegais.

“Estou aqui para enviar uma mensagem de amor a todo mundo que se sente ameaçado, que tenha medo de ser um alvo, aos imigrantes, às minorias, a todos os que foram sacudidos pelo resultado eleitoral”, disse Jamie, uma jovem de 25 anos que trabalha em um campus universitário.

“Não estou aqui para protestar pela eleição, porque não há evidências de fraude, mas pela incerteza e porque precisamos de um pouco de amor”.

Um novo grande protesto está previsto para a manhã de sábado, no mesmo local.Na Flórida, mais de mil manifestantes bloquearam uma importante ponte que liga Miami à ilha turística de Miami Beach, gritando frases como “As vidas dos negros importam”, “Proíbam o racismo e deportem o ódio” ou “Donald Trump tem que partir”.

“Todos vieram porque as pessoas estão zangadas”, disse à AFP David Gibson, do grupo ambientalista Peace, Justice and Sustainability Florida. “Esta não foi a vontade do povo, houve pouca participação e como resultado deste sistema, terminamos com um presidente que não é qualificado”.

Moradores de prédios vizinhos lançaram garrafas contra os manifestantes, em um momento de tensão que não deixou feridos.

Durante a tarde, uma centena de estudantes protestou na Universidade de Miami, onde alguns leram poemas contra o racismo e uma jovem cantou “Lean On Me”.Em Orlando, no centro da Flórida, o protesto ocorreu no parque do lago Eola, para “reafirmar que não apoiamos, nem nunca apoiaremos os valores que Trump representa”.

Outra manifestação reuniu cerca de cem pessoas diante da Trump Tower de West Palm Beach, 115 km ao norte de Miami.

(Com informações da Folhapress)

Destaque

Prefeito Dr. Marcones Sá assina Ordem de Serviço para requalificação da UPA 24h Eduardo Campos em Salgueiro

Publicado

em

O prefeito de Salgueiro, Dr. Marcones Sá, deu um passo significativo em direção à melhoria da saúde na cidade ao assinar a ordem de serviço para a requalificação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h – Eduardo Campos.

A cerimônia, realizada nesta sexta-feira (23), contou com a presença de importantes colaboradores que estão desempenhando um papel fundamental neste projeto. O Deputado Federal Pedro Campos, o Deputado Estadual Jarbas Filho e o Senador Fernando Dueire foram destacados pelo prefeito como peças-chave na garantia dos recursos necessários para concretizar esse investimento crucial em saúde pública.

A requalificação da UPA 24h Eduardo Campos é um passo significativo para aprimorar os serviços de saúde em Salgueiro. O prefeito expressou seu entusiasmo, afirmando que essa iniciativa será transformadora e proporcionará um suporte ainda maior à população.

Com previsão de conclusão em 45 dias, a obra promete trazer melhorias substanciais na infraestrutura e nos serviços da UPA. O prefeito Dr. Marcones Sá enfatizou o compromisso da administração municipal em priorizar a saúde e bem-estar dos cidadãos salgueirenses.

A requalificação da UPA 24h Eduardo Campos é mais do que uma obra física; é um investimento no cuidado e na qualidade de vida da comunidade. A administração municipal está empenhada em proporcionar serviços de saúde de excelência, e esta iniciativa reflete esse comprometimento.

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Juíza confirma liminar que impediu Prefeitura de Salgueiro de fazer paralisação e condena município a pagar despesas processuais

Publicado

em

A juíza Ticiana Rafael Xenofonte Peixoto de Oliveira emitiu nesta sexta-feira, 23, a sentença sobre a Ação Popular impetrada pelo advogado Rafael Ramos em agosto de 2023, que impediu a Prefeitura de Salgueiro de fazer uma paralisação de 24 horas, sob a alegação de queda nos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Ticiana confirmou a liminar, destacando que a paralisação era ilegal e arbitrária, porque não existe ferramenta jurídica que autorize a paralisação da máquina pública.

“Não existe ferramenta jurídica que autorize a paralisação da máquina pública, ainda mais com base em motivação absolutamente desprovida de fundamento constitucional. A autonomia é valor voltado à defesa do ente federativo frente à atuação de outras entidades políticas, não ao ataque ao cidadão que necessita dos serviços públicos em pleno funcionamento. Não se exercita a autonomia longe das estritas linhas do princípio da legalidade, ainda mais considerada a acepção voltada à atividade administrativa”, destacou a juíza.

“Ante o exposto, julgo procedente o pedido com fito de anular o Decreto n° 151, de 29 de agosto de 2023, por meio do qual determinava o fechamento de todas as repartições públicas da administração direta e indireta do Poder Executivo municipal, no dia 30 de agosto de 2023, em adesão à denominada ‘Greve dos Prefeitos’, razão pela qual confirmo a liminar outrora proferida, assim como promovo a extinção do processo em resolução do mérito. Condeno o Município de Salgueiro nas custas e demais despesas processuais, bem como aos honorários advocatícios de R$ 1.500”, sentenciou a magistrada.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

35,21% dos domicílios ocupados de Salgueiro ainda não estão conectados à rede de esgoto, revela novo recorte do Censo 2022

Publicado

em

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira, 23, um novo recorte do Censo 2022, com dados sobre esgotamento sanitário e coleta de lixo. As informações revelam que Salgueiro ainda tem 35,21% dos domicílios não conectados à rede de esgoto, ou seja, que os resíduos líquidos dessas casas estão sendo descartados de forma incorreta no meio ambiente, acarretando riscos para a saúde pública.

De acordo com o Censo 2022, Salgueiro tinha 26.889 domicílios na época da pesquisa, dos quais, 20.397 estavam ocupados. Destes, 13.215 tinham conexão à rede de esgoto e 7.182 não usufruíam do serviço. Os dados mostram que 35,74% da população salgueirense vivia excluída de um correto tratamento do esgoto.

A coleta de lixo é bem mais abrangente, chegando a 87,9% dos domicílios ocupados, o que corresponde a 17.929 casas, que totalizam 54.457 pessoas.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!