Conecte-se Conosco

Brasil

Ministério da Defesa inicia reconstrução da estação brasileira na Antártica

Publicado

em

estacao

Brasil está presente na região desde 1982, com o programa antártico brasileiro (Proantar).

Com 80 por cento da água doce da terra, incontáveis riquezas minerais, além de ser um importante laboratório natural de pesquisa sobre mudanças climáticas, a antártica é patrimônio mundial. O Brasil está presente na região desde 1982, com o programa antártico brasileiro (Proantar), que realiza, anualmente, diversas pesquisas na região. A partir de 2018, ganhará uma nova estação no continente. A base, que teve a pedra fundamental de início das obras lançada em fevereiro no Chile, substituirá a antiga estação brasileira, destruída por um incêndio em 2012.

O ministro da defesa, Rebelo reafirmou compromisso em integrar todos os acordos internacionais envolvendo o continente antártico, o uso dos seus recursos, a preservação para o interesse pacífico, científico e tecnológico. “O compromisso com a nossa ciência, a nossa universidade, os nossos institutos de pesquisa que projetam nessa experiência aqui na Antártica muita expectativa em relação a resultados que são projetados e que dependem de pesquisa de campo realizadas aqui. E a presença da Marinha, do Ministério da Defesa, do Ministério da Ciência e Tecnologia, do CNPQ, que dá retaguarda com as bolsas para as pesquisas, assegura um sentido de continuidade, ou seja, de permanência.”

Em uma área de 4.500 metros quadrados, a estação antártica comandante ferraz comportará 64 pessoas e contará com 17 laboratórios, setor de saúde, biblioteca e sala de estar. O contrato para a reconstrução foi assinado com a empresa China Electronics Imports and Exports Corporation.

O ministro também disse que não vai ter obra de construção civil no local. “Vai ser praticamente uma estrutura montada. Isso por um lado facilita, ajuda, porque é só transportar o que tiver de pré-moldado. Nós projetamos todo o equipamento, a parte de pesquisa, as instalações de acomodação, infraestrutura, logística, tudo isso dentro de 4.500 metros. Ou seja, então uma construção muito mais moderna e que gera não só mais conforto para os pesquisadores, mas melhores condições materiais para a realização da pesquisa e para a recepção dos equipamentos necessários a essa pesquisa. Então, nós teremos para pesquisa melhores condições e também para os pesquisadores com essas novas instalações.”

Brasil

Lula afirma que Brasil voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano

“Quando eu deixei a Presidência, em dezembro de 2010, esse país vendia 3,8 milhões de carros por ano. Quando eu voltei, agora, o País vendia 1,9 milhão por ano”.

Publicado

em

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta sexta-feira, 12, que o País voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano. Ele deu a declaração em Campo Grande (MS), onde participou de solenidade em uma planta da JBS.

“Quando eu deixei a Presidência, em dezembro de 2010, esse país vendia 3,8 milhões de carros por ano. Quando eu voltei, agora, o País vendia 1,9 milhão por ano. A metade do que vendia em 2010. Agora já recuperamos para 2,3 milhões. E vamos chegar outra vezes aos 3,8 milhões”, declarou o presidente brasileiro.

E afirmou: “Hoje à tarde eu saio daqui e vou na Anfavea em São Paulo, que é a associação nacional dos produtores de veículo no Brasil, e eles vão anunciar até 2028 investimento de mais de R$ 111 bilhões nesse País.”

Lula mencionou o investimento chinês para fabricar carros elétricos na Bahia, por meio da BYD.

Também citou que o presidente do país asiático, Xi Jinping, visitará o Brasil em novembro deste ano.

Foto Getty

Por Estadão

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Brasil

Homem é preso na Bahia por tentar matar filho de 2 meses pondo chumbinho em chupeta

Publicado

em

Um homem foi preso preventivamente, na quinta-feira, 11, suspeito de tentar matar seu filho de dois meses. O crime ocorreu em outubro de 2010, e o suspeito estava foragido desde então. Ele foi localizado pela Polícia Civil da Bahia, em Barra de Pojuca, na região metropolitana de Salvador.

De acordo com a diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro, as investigações apontaram que o homem envenenou com chumbinho a chupeta do bebê por não aceitar a paternidade da criança. O bebê foi socorrido e medicado a tempo, sobrevivendo ao atentado.

“Interrogado sobre os fatos, o investigado disse, à época, que a intenção era apenas dar um susto na mãe da criança”, ressaltou a delegada.

O suspeito tinha uma ordem judicial de prisão em aberto, expedida pelo 2º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Salvador.

Depois de detido, ele passou pelos exames de lesões corporais de praxe no Departamento de Polícia Técnica (DPT) e foi encaminhado à Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), onde está à disposição da Justiça.

Fonte: Terra

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Brasil

Notas antigas de R$100 podem valer até R$ 5 mil; saiba como identificar

Muitas pessoas utilizam esse dinheiro pelo seu valor nominal, porém, por serem extremamente raras, essas notas podem valer muito além do número impresso no papel.

Publicado

em

Exceto pela nota de R$ 200, que é cada vez mais rara de se ver em circulação, a nota de R$ 100 possui um atrativo por representar um valor considerável na moeda brasileira. Entretanto, muitos desconhecem que seu poder de compra pode ser significativamente maior devido a alguns detalhes que podem passar despercebidos por olhares menos atentos.

Estamos nos referindo aqui às notas de R$ 100 da primeira família do real, impressas no ano de 1994, quando as cédulas que circulam atualmente no país foram introduzidas.

Muitas pessoas utilizam esse dinheiro pelo seu valor nominal, porém, por serem extremamente raras, essas notas podem valer muito além do número impresso no papel.

De acordo com entrevista concedida ao portal Terra, André Rigue, especialista numismático, existem cinco variantes dessa nota, que diferem conforme as assinaturas do ministro da Fazenda, do presidente da República e do presidente do Banco Central à época.

“Essa nota pode alcançar até R$ 5 mil se estiver no modelo ‘flor de estampa’, que é como são chamadas as cédulas em perfeitas condições, ou seja, sem qualquer dano”, explica Rigue ao Terra.

Para descobrir se você possui uma nota valiosa em sua carteira, é necessário prestar atenção aos detalhes, já que ela pode parecer comum à primeira vista. O especialista indica que é crucial verificar a numeração da nota, especialmente os quatro primeiros dígitos localizados na parte inferior direita da cédula. “As notas da série 1199 até 1201 são muito valiosas, pois tiveram uma tiragem extremamente baixa, por isso, seu valor de mercado entre os colecionadores é tão elevado”, esclarece Rigue.

“Mesmo assim, qualquer cédula dessa primeira família pode ter um valor considerável”, acrescenta.

Foto Shutterstock

Por Notícias ao minuto

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!