Conecte-se Conosco

Saúde

O que diz a ciência sobre a vaporização vaginal, prática que está na moda

Publicado

em

Prática ficou conhecida após a atriz norte-americana Gwyneth Paltrow divulgá-la em seu site de estilo de vida, onde dá dicas sobre “tendências de saúde”.

Prática que está atualmente na moda, a vaporização vaginal consiste em sentar-se sobre um recipiente com água quente misturada à ervas aromáticas, permitindo que a região genital feminina receba o vapor. A terapia alternativa serviria para para desintoxicar, tonificar, limpar o útero e trazer reequilíbrio hormonal. Ela ficou conhecida após a atriz norte-americana Gwyneth Paltrow divulgá-la em seu site de estilo de vida, onde dá dicas sobre “tendências de saúde”. As informações são da BBC Brasil.

Em alguns lugares, como Nigéria e Coreia do Sul, o tal banho de vapor já era bastante comum. Mesmo não tendo sido aprovada por agências de saúde britânicas, a vaporização custa por volta de 35 libras (R$ 185) no Reino Unido. Nos Estados Unidos, onde também não foi aprovada, custa cerca de US$ 50 (R$ 200). No Brasil, os kits de ervas para realizar a prática em casa custam a partir de R$ 10.

Embora seja muito famosa, médicos e pesquisadores afirmam que não há nenhuma evidência científica de que a vaporização tenha algum benefício para a saúde. Em alguns casos, ela pode até fazer mal.

“A vagina e o útero se mantém limpos sozinhos”, explicou à BBC a médica Suzy Elneil, especialista de urinoginecologia do hospital University College, em Londres. Além disso, a vagina tem uma série de bactérias que são naturais ao corpo e essenciais para o bom funcionamento do sistema genital feminino. Especialistas afirmam que a água simplesmente leva tudo embora, mesmo as bactérias “boas”.

Os médicos deixam claro que é importante não confundir a vagina (parte interna que liga o útero com o exterior) com a vulva e os lábios, que ficam do lado de fora. Estes sim, precisam de limpeza, feita preferencialmente com água e sabonete neutro.

Sobre o suposto reequilíbrio hormonal oferecido pelos vapores, os especialistas explicam que hormônios são substâncias produzidas pr glândulas no cérebro e órgãos como o pâncreas e os ovários. Os hormônios “viajam” pela corrente sanguínea e têm efeitos específicos nos órgãos para os quais são destinados. As substâncias que poderiam vir a afetar a produção dos hormônios não podem ser absorvidas pelas paredes vaginais no contato com o vapor.

A tonificação também não seria possível somente por meio dos vapores, já que vem dos músculos. Além disso, a alta temperatura também traz riscos. Esquentar a vagina acima da temperatura do corpo (37°C) aumenta o risco de proliferação de bactérias ruins e fungos, como os que causam candidíase.

Os relatos de mulheres que dizem ter percebido melhorar após a prática, segundo os especialistas, seria o efeito placebo: quando um paciente recebe um tratamento não eficaz, mas que apresenta resultados graças ao efeito psicológico da crença do paciente de que está sendo tratado. (Do O Povo Online)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Saúde

Conferência municipal debate fortalecimento da saúde pública em Serra Talhada

Publicado

em

Aconteceu nesta segunda-feira (15), no auditório da Faculdade de Integração do Sertão – FIS, a 6ª Conferência Municipal de Saúde de Serra Talhada. Promovida pela Prefeitura Municipal e pelo Conselho Municipal de Saúde, a conferência teve como objetivo debater o tema central e eleger os (as) delegados (as) municipais para a Etapa Macrorregional da 9ª Conferência Estadual de Saúde, que aconteceu hoje (16), em Serra Talhada.

Com o tema: “Democracia e Saúde”, a Conferência Municipal de Serra Talhada girou em torno de quatro eixos temáticos: Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios do SUS, Financiamento Adequado e Suficiente do SUS e Participação do Controle Social do SUS. Os eixos fazem parte da construção da 9ª Conferência Estadual de Saúde de Pernambuco (9ª CES), convocada pelo Decreto nº 46.181, de 28 de junho de 2018, cujo o tema é a “Saúde não é favor. É direito! Pernambuco em defesa do SUS. Democracia para garantir as conquistas com participação popular”, prevista para acontecer em maio, no Centro de Convenções.

Além do governo municipal, representado pelo vice-prefeito Márcio Oliveira, pela Secretária Municipal de Saúde, Márcia Conrado, e pelo secretário executivo de Saúde, Aron Araújo, e dos membros do Conselho Municipal de Saúde, estiveram na conferência representantes da XI Geres, Câmara de Vereadores, usuários, trabalhadores e prestadores da área de saúde. Na oportunidade, governo e sociedade construíram uma série de propostas para o fortalecimento da saúde pública de Serra Talhada e elegeram os delegados municipais para a etapa macrorregional.

Entre as propostas apresentadas, destaque para a ampliação do atendimento na Atenção Básica, das vagas do TFD, dos atendimentos e exames especializados e do funcionamento da rede materno-infantil para atendimento de alta complexidade (neonatal); revisão da política de financiamento da saúde; criação de órgão regulatório para garantir o repasse federal e estadual para a assistência farmacêutica e revogação do Decreto Federal 9.759 que extingue órgãos de participação e controle social no país, entre outras proposituras.

(Da AsCom – Prefeitura de Serra Talhada)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

TCE quer explicações sobre desabastecimento na Farmácia de Pernambuco

Publicado

em

Relator das contas da saúde em Pernambuco no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), o conselheiro Carlos Porto determinou, nesta segunda-feira (12), a notificação do secretário estadual de Saúde, André Longo, para que o gestor esclareça a situação de desabastecimento na Farmácia do Estado. O secretário terá dez dias para apresentar as informações, a contar desta segunda-feira (15).

Segundo dados do Ministério Público do Estado (MPPE), dos 231 medicamentos que devem fazer parte da lista do órgão, 139 estão em falta, o que representa uma taxa de desabastecimento de 60%. O caso é alvo de um inquérito civil público aberto pelo MPPE há cerca de três, conforme matéria na edição da última sexta-feira (11) do Jornal do Commercio.

O Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) também havia solicitado que o secretário estadual de Saúde prestasse esclarecimentos ao TCE sobre o caso. O procurador Cristiano Pimentel alega que o desabastecimento recorrente coloca as pessoas em “risco de vida”.

“A questão é grave, pois vários desses medicamentos são medicações de doenças crônicas, que, caso sejam descontinuadas, podem acarretar risco de vida para os cidadãos desassistidos”, diz o procurador.

No requerimento solicitando os esclarecimento de André Longo, o procurador informa que, em abril deste ano, a secretaria autorizou o gasto de R$ 182 mil com “revistinhas da Turma da Mônica”.

“O Secretário de Estado, este mês, assinou o Contrato 007/2019, para gastar 182 mil reais em revistinhas da Turma da Mônica. As mesmas podem até ser uma campanha importante, mas, salvo melhor juízo e com todo respeito, certamente não são prioridade ante o desabastecimento narrado na Farmácia do Estado”, disse Cristiano Pimentel, no requerimento.

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Médicos dizem que Pelé apresenta evolução satisfatória

Publicado

em

O ex-jogador passa bem e com evolução satisfatória no pós-operatório

ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, está se recuperando bem da cirurgia que realizou ontem (13).

De acordo com Boletim Médico divulgado hoje (14) pelo Hospital Israelita Albert Einstein, o paciente está clinicamente bem e com evolução satisfatória no pós-operatório.

“Edson Arantes do Nascimento encontra-se clinicamente bem. Apresenta evolução satisfatória no pós-operatório, sem intercorrências”, diz o texto do boletim.

Ontem, o ex-jogador, de 78 anos, passou por procedimento para retirada de cálculo renal. O ex-jogador foi hospitalizado semana passada, em Paris, com febre alta.

Pelé foi transferido para o Brasil e deu entrada no Albert Einstein no último dia 9, terça-feira. No mesmo dia, o hospital divulgou boletim informando que ele teve uma infecção urinária causada por cálculos no ureter.

Por Agencia Brasil

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending