Conecte-se Conosco

Brasil

Prazo para contestar auxílio emergencial de R$ 300 negado termina na segunda-feira (09)

Publicado

em

O prazo para o beneficiário contestar o auxílio emergencial de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família) negado termina na segunda-feira (09). Quem recebeu as cinco primeiras parcelas do auxílio de R$ 600 e foi barrado do pagamento da extensão do benefício deve fazer a reclamação no site da Dataprev.

O pedido deve ser feito pelo próprio beneficiário e não vale para quem pertence ao programa Bolsa Família. Para este público, segundo o Ministério da Cidadania, as regras para contestação serão divulgadas em breve.

Os critérios para o recebimento da extensão do auxílio emergencial extensão foram definidos na Medida Provisória nº 1000/2020, que prorrogou até dezembro – com mais quatro parcelas de R$ 300 – o pagamento do socorro para trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) durante a pandemia do novo coronavírus.

Veja como fazer a contestação e até quando

Quem não está de acordo com a decisão que negou o pagamento residual do benefício deve entrar no site da Dataprev e fazer a solicitação. Para fazer a contestação não é necessário ir até uma agência Caixa, lotérica ou posto de atendimento do Cadastro Único.

As solicitações devem ser feitas exclusivamente pelo site e serão aceitas desde que o motivo de inelegibilidade permita sua contestação e que os trabalhadores cumpram todos os requisitos para recebimento da prorrogação.

Após a reanálise dos dados, caso a contestação seja aprovada, a extensão do Auxílio Emergencial será concedida em dezembro. Para quem já recebeu alguma parcela de R$ 300 e teve o pagamento interrompido em função de nova revisão, o prazo de contestação termina em 2 de novembro.

O Ministério da Cidadania divulgou um arquivo em formato PDF (que você pode acessar clicando aqui) com os principais motivos de inelegibilidade.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Beyoncé lidera campanha contra a fome no Brasil

Publicado

em

A cantora Beyoncé, 39, por meio de sua instituição BeyGood, inicia uma campanha em prol do Brasil. A ideia é abrir os olhos da população para o caos em solo brasileiro e pela fome que acomete milhares no país.

Em publicação nas redes sociais, a instituição da artista norte-americana anunciou no Instagram a ação “Tem Gente com Fome” com o mote “brazilian lives matter” (“vidas brasileiras importam”, em português).

Artigo vinculado à postagem afirma que há muita gente faminta mais de um ano após o início da pandemia do coronavírus no Brasil. “Quase 500 mil vidas foram perdidas em decorrência da doença e milhões de desempregados, famintos e miseráveis”, diz trecho do texto na página da campanha.

Brasileiros como Zeca Pagodinho, Camila Pitanga e Emicida apoiam a campanha. Na publicação, muitos fãs brasileiros resolveram agradecer a boa ação da artista.

“Meu Deus, ela é a maior de todas”, escreveu um seguidor. “Lembrou da gente”, publicou outro. “Fazendo mais do que o presidente”, postou um outro fã.

Por:Notícia ao Minuto

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Morre um “marco” da política brasileira

Publicado

em

Marco Marciel o vice nos dois mandatos de FHC estava internado por causa de complicações do Mal de Alzheimer e morreu hoje aos 80 anos.

O velório será hoje de 14h30 às 16h30 no salão Negro do Senado e o sepultamento às 17h30 na Ala dos Pioneiros do Cemitério Campo da Esperança, em Brasília.

Além de ter sido senador por três períodos – de 1983 a 1991, de 1991 a 1994 e de 2003 a 2011 – ele foi vice-presidente da República nos dois mandatos de Fernando Henrique Cardoso, de 1995 a 1999 e de 1999 a 2003.

Também foi eleito imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), em 18 de dezembro de 2003, como oitavo ocupante da Cadeira nº 39, na sucessão de Roberto Marinho.

Marco Marciel sem dúvidas foi um “marco”, um divisor da política Pernambucana e Brasileira.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Janssen pede à Anvisa extensão de validade de vacina de 3 meses para 4,5 meses

Publicado

em

Nesta quinta (10), a agência reguladora dos Estados Unidos aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina para 4,5 meses no país, o que levou ao mesmo pedido no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou nesta sexta-feira (11) que avalia um pedido da Janssen para estender o prazo de validade da vacina produzida pela farmacêutica contra Covid-19 de 3 meses para 4,5 meses.

O pedido foi feito pela empresa na quinta-feira (10) para as doses que devem ser disponibilizadas ao Brasil. O imunizante requer apenas uma dose para ter eficácia.

A proposta ocorre em meio a discussão sobre a distribuição de 3 milhões de doses da vacina que estão previstas para chegar ao país neste mês, com validade até 27 de junho.

Nesta quinta (10), a agência reguladora dos Estados Unidos aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina para 4,5 meses no país, o que levou ao mesmo pedido no Brasil.

O Brasil tem contratos para obter 38 milhões de doses da Janssen neste ano. As entregas, porém, estavam previstas apenas para entre julho e dezembro. Desde então, o Ministério da Saúde tem dito que pretende acelerar a distribuição caso receba a vacina mais cedo.

A possibilidade de estender a validade foi alvo de reunião entre membros da Anvisa e da empresa na tarde desta sexta. Em nota, a agência diz que planeja finalizar a análise das informações apresentadas “o mais breve possível”.

“Por se tratar de uma vacina com autorização para uso emergencial no Brasil, a decisão quanto ao pedido da farmacêutica caberá à diretoria colegiada da Anvisa, que deverá se reunir já na próxima semana”, diz o órgão.

Por Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending