Conecte-se Conosco

Destaque

Presidente sul-coreana aceita ser investigada em escândalo político

Publicado

em

South Korean President Park Geun-Hye speaks during an address to the nation, at the presidential Blue House in Seoul on November 4, 2016. (Foto: Ed Jones/Pool via Reuters)

South Korean President Park Geun-Hye speaks during an address to the nation, at the presidential Blue House in Seoul on November 4, 2016. (Foto: Ed Jones/Pool via Reuters)

A presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, envolvida em um escândalo político pela influência de uma amiga nas decisões do governo, aceitou nesta sexta-feira (4) ser investigada por um promotor.

“Farei tudo o que puder para cooperar no que for necessário. Aceitarei uma investigação”, afirmou a chefe do Executivo sul-coreano, em um pronunciamento transmitido pelas principais emissoras do país, após dez dias de silêncio em meio ao maior escândalo político dos últimos anos.

Nunca um chefe de Estado da Coreia do Sul país foi investigado pela Promotoria desde a fundação do país, em 1948.

Park Geun-hye se recusou a oferecer explicações detalhadas sobre seu envolvimento, mas pediu “suas mais sinceras desculpas” aos cidadãos da Coreia do Sul.

Nos últimos dias, a presidente substituiu o primeiro-ministro, seu chefe de gabinete e três secretários, em uma tentativa de responder a enorme polêmica gerada no país pelo caso “Choi Soon-sil”. Diversos protestos têm pedido a sua saída do governo.

Uma pesquisa de opinião divulgada nesta sexta mostra que a taxa de aprovação da presidente caiu para apenas 5%. Já 89% desaprovam a performance de Geun-hye. É a pior avaliação da história para um(a) presidente da Coreia do Sul.

Na quinta, promotores prenderam uma ajudante da presidente, Jeong Ho-seong, considerada uma figura central no escândalo. Ela é suspeita de vazar documentos confidenciais a Choi Soon-sil.

O escândalo
Choi Soon-sil, de 60 anos, é uma amiga íntima de Park e está sendo investigada por supostamente ter se apropriado de dinheiro público e influenciar na política do país, apesar de não possuir nenhum cargo público.

Ela é suspeita de ter se aproveitado de seus contatos na presidência para extorquir os principais conglomerados econômicos do país, como a Samsung –que teria destinado importantes somas de dinheiro a fundações criadas pela amiga da presidente.

Ela também é suspeita de interferir em questões de estado, incluindo a nomeação de altos funcionários. Na quinta, um tribunal de Seul emitiu um mandado de prisão contra ela por fraude e abuso de poder.

O escândalo abalou a confiança no governo de Park, que ainda tem mais de um ano de mandato, e levou milhares de manifestantes às ruas. A oposição critica Park e parte exige sua demissão –o que exigiria eleições antecipadas, de resultado incerto.

Casa Azul
No discurso, a presidente conservadora negou ter caído nas mãos de uma seita e de ter realizado rituais na a residência presidencial, a Casa Azul, como afirmam vários jornais.

“Tem havido boatos de que entrei para uma seita e que celebraram rituais na Casa Azul, mas quero deixar claro que nada disto é verdade”, afirmou Park em um emotivo discurso. “Se for preciso, quero responder sinceramente às investigações da Promotoria”.

“Os últimos acontecimentos são culpa minha e foram provocados pela minha falta de atenção”, declarou Geun-Hye, admitindo que “baixou a guarda” com Choi. “Não posso me perdoar (…) e é difícil dormir à noite”.

Choi Soon-sil é filha do falecido líder de uma seita religiosa que foi mentor de Park há décadas, por isso começou a ser espalhado no país que rumores que a presidente estava sendo influenciada pelo xamanismo, uma religião ancestral e ainda existente na Coreia do Sul. “Os rumores sobre seitas e xamanismo não são verdadeiros. Quero deixar isso claro”, afirmou Park.

 

(Das agências de notícias)

Destaque

Prefeito Dr. Marcones Sá assina Ordem de Serviço para requalificação da UPA 24h Eduardo Campos em Salgueiro

Publicado

em

O prefeito de Salgueiro, Dr. Marcones Sá, deu um passo significativo em direção à melhoria da saúde na cidade ao assinar a ordem de serviço para a requalificação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h – Eduardo Campos.

A cerimônia, realizada nesta sexta-feira (23), contou com a presença de importantes colaboradores que estão desempenhando um papel fundamental neste projeto. O Deputado Federal Pedro Campos, o Deputado Estadual Jarbas Filho e o Senador Fernando Dueire foram destacados pelo prefeito como peças-chave na garantia dos recursos necessários para concretizar esse investimento crucial em saúde pública.

A requalificação da UPA 24h Eduardo Campos é um passo significativo para aprimorar os serviços de saúde em Salgueiro. O prefeito expressou seu entusiasmo, afirmando que essa iniciativa será transformadora e proporcionará um suporte ainda maior à população.

Com previsão de conclusão em 45 dias, a obra promete trazer melhorias substanciais na infraestrutura e nos serviços da UPA. O prefeito Dr. Marcones Sá enfatizou o compromisso da administração municipal em priorizar a saúde e bem-estar dos cidadãos salgueirenses.

A requalificação da UPA 24h Eduardo Campos é mais do que uma obra física; é um investimento no cuidado e na qualidade de vida da comunidade. A administração municipal está empenhada em proporcionar serviços de saúde de excelência, e esta iniciativa reflete esse comprometimento.

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Juíza confirma liminar que impediu Prefeitura de Salgueiro de fazer paralisação e condena município a pagar despesas processuais

Publicado

em

A juíza Ticiana Rafael Xenofonte Peixoto de Oliveira emitiu nesta sexta-feira, 23, a sentença sobre a Ação Popular impetrada pelo advogado Rafael Ramos em agosto de 2023, que impediu a Prefeitura de Salgueiro de fazer uma paralisação de 24 horas, sob a alegação de queda nos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Ticiana confirmou a liminar, destacando que a paralisação era ilegal e arbitrária, porque não existe ferramenta jurídica que autorize a paralisação da máquina pública.

“Não existe ferramenta jurídica que autorize a paralisação da máquina pública, ainda mais com base em motivação absolutamente desprovida de fundamento constitucional. A autonomia é valor voltado à defesa do ente federativo frente à atuação de outras entidades políticas, não ao ataque ao cidadão que necessita dos serviços públicos em pleno funcionamento. Não se exercita a autonomia longe das estritas linhas do princípio da legalidade, ainda mais considerada a acepção voltada à atividade administrativa”, destacou a juíza.

“Ante o exposto, julgo procedente o pedido com fito de anular o Decreto n° 151, de 29 de agosto de 2023, por meio do qual determinava o fechamento de todas as repartições públicas da administração direta e indireta do Poder Executivo municipal, no dia 30 de agosto de 2023, em adesão à denominada ‘Greve dos Prefeitos’, razão pela qual confirmo a liminar outrora proferida, assim como promovo a extinção do processo em resolução do mérito. Condeno o Município de Salgueiro nas custas e demais despesas processuais, bem como aos honorários advocatícios de R$ 1.500”, sentenciou a magistrada.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

35,21% dos domicílios ocupados de Salgueiro ainda não estão conectados à rede de esgoto, revela novo recorte do Censo 2022

Publicado

em

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira, 23, um novo recorte do Censo 2022, com dados sobre esgotamento sanitário e coleta de lixo. As informações revelam que Salgueiro ainda tem 35,21% dos domicílios não conectados à rede de esgoto, ou seja, que os resíduos líquidos dessas casas estão sendo descartados de forma incorreta no meio ambiente, acarretando riscos para a saúde pública.

De acordo com o Censo 2022, Salgueiro tinha 26.889 domicílios na época da pesquisa, dos quais, 20.397 estavam ocupados. Destes, 13.215 tinham conexão à rede de esgoto e 7.182 não usufruíam do serviço. Os dados mostram que 35,74% da população salgueirense vivia excluída de um correto tratamento do esgoto.

A coleta de lixo é bem mais abrangente, chegando a 87,9% dos domicílios ocupados, o que corresponde a 17.929 casas, que totalizam 54.457 pessoas.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!