Conecte-se Conosco

Destaque

Serra Talhada: Vale tudo para ser eleito!

Publicado

em

 

[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female”]

Empresário se lança pré-candidato a prefeito de Serra Talhada afirmando que vai doar todo o salário.

O empresário João Daniel, um dos principais geradores de emprego e renda em Serra Talhada, acabou de se filiar ao Partido Social Liberal (PSL) e revelou, com exclusividade ao Farol de Notíciasque pode se lançar candidato a prefeito em 2020.

Empolgado com a vitória do presidente eleito, Jair Bolsonaro, Daniel pondera que ‘não deseja atropelar’ os trâmites e vai ouvir as instâncias partidárias, mas já tem, inclusive; propostas para atrair o eleitorado daqui a dois anos.

“O meu nome está à disposição do PSL aqui de Serra Talhada. Já está à disposição para candidato a prefeito. Mas a gente depende da executiva municipal, a gente não vai passar por cima dos meninos, é uma coisa que tem que ser discutida interna com os membros da Direita Pernambuco, com o nosso partido PSL”, disse João Daniel, arrematando:

“Eu se um dia fosse candidato a prefeito eu mesmo abdicaria do salário, não queria salário. Eu mesmo doaria 30% para Apae, 30% para o Abrigo Ana Ribeiro e os outros 40% para as instituições das igrejas católicas e evangélicas de Serra Talhada. Esse é um sonho que eu tenho. Pode ser em 2020, pode ser em 2024. Eu quero ver como é que seria uma administração pública, porque na iniciativa privada eu dou show. Se você aplicar uma prova do Enem com os candidatos tudinho aí, em Administração, pode colocar que eu me garanto. Os nomes tudinho que tem aí”. (Do Farol de notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

 

Destaque

Presidente do Solidariedade é alvo de mandado de prisão da PF

Publicado

em

A Polícia Federal (PF) está cumprindo sete mandados de prisão durante a Operação Fundo do Poço, nesta quarta-feira (12/6. Um dos alvos é o presidente do partido Solidariedade, ex-Pros, Eurípedes Júnior. A operação tem como objetivo investigar uma organização criminosa responsável por desviar e se apropriar de recursos do fundo partidário nas eleições de 2022, destinados a um partido político.

Dos sete mandados de prisão preventiva expedidos, um deles é referente ao presidente do partido. Eurípedes ainda não foi preso, e a PF continua com as buscas.

A PF informou que teve indícios da existência de uma organização criminosa “estruturalmente ordenada”, com a análise de Relatórios de Inteligência Financeira e da prestações de contas de supostos candidatos.

Segundo nota da assessoria do partido, enviada ao Metrópoles, “Esses são fatos ocorridos antes da união do Pros com o Solidariedade, estamos tomando pé da situação e ainda não temos uma posição sobre os fatos”.

O grupo desviava e se apropriava de recursos do fundo partidário e eleitoral, “utilizando-se de candidaturas laranjas ao redor do país, de superfaturamento de serviços de consultoria jurídica e desvio de recursos partidários destinados à Fundação de Ordem Social (FOS) – fundação do partido”.

Por metropoles

Foto Divulgação/PROS

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Gestor de Serrita faz live e diz que prefeitura foi impedida de organizar Missa do Vaqueiro por conta de lei aprovada por vereadores

Publicado

em

Em live realizada no Instagram nessa terça-feira, 11, o prefeito de Serrita, Aleudo Benedito, esclareceu à população serritense e da região que o governo municipal não poderá organizar a Missa do Vaqueiro deste ano por conta de uma lei aprovada na Câmara de Vereadores. A proposta define a Fundação Padre João Câncio como organizadora do evento.

O projeto, apresentado e aprovado pela oposição, que tem maioria na casa, chegou a ser vetado pelo prefeito em abril, mas o veto acabou derrubado. Desse modo, a prefeitura só pode entrar como apoiadora, através de recursos financeiros, ficando a cargo da fundação toda a organização. Pela lei, cabe à entidade compor todo o evento, desde a grade de atrações até a celebração da Missa em homenagem a Raimundo Jacó.

Durante a live, Aleudo ressaltou o sucesso da festa em 2023, que teve participação de grandes artistas, como Wesley Safadão, Simone Mendes, Nattan, Tarcísio do Acordeon e Gusttavo Lima, movimentando a economia não só de Serrita, mas de toda a região. “Foram mais de 100 mil pessoas que estavam presentes na abertura na Missa do Vaqueiro [em 2023]”, destacou o prefeito, que tenta reverter na Justiça os efeitos da lei.

Ainda segundo o gestor municipal, a prefeitura já estava articulando parcerias para a edição 2024 da festividade e tinha até reservado datas de artistas renomados, entre eles, a dupla Henrique & Juliano, Mari Fernandez, Dorgival Dantas, Flávio José, Wesley Safadão e Xand Avião.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Raquel Lyra retira R$ 17 milhões da assistência médica aos policiais e bombeiros militares

Publicado

em

Dois decretos assinados pela governadora Raquel Lyra, com a transferência de mais de R$ 17 milhões da assistência à saúde dos policiais e bombeiros militares para áreas administrativas da Secretaria de Defesa Social (SDS), estão sendo duramente criticados pela Associação Pernambucana de Cabos e Soldados (ACS/PE). Por outro lado, a gestão estadual alega que, mesmo com o redirecionamento de valores, o orçamento destinado à saúde dos profissionais da segurança permanece maior do que o aprovado para 2023.

Os decretos 56.749 e 56.748, publicados na edição do Diário Oficial do Estado de 6 de junho, indicam que os valores R$ 4.996.500,54 e R$ 12.096.927,96 serão destinados, entre outras finalidades, para o reaparelhamento operacional das unidades de segurança, melhoria de infraestrutura, conservação do patrimônio público da SDS e desenvolvimento de ações da Polícia Científica.

“É um golpe duro contra aqueles que dedicam suas vidas à segurança e proteção do povo pernambucano. Se de um lado, é incontestável a necessidade do cuidado com a saúde mental dos militares e pensionistas, de outro aporte, a retirada só demonstra que a saúde dos profissionais de segurança pública e pensionistas não é prioridade para o governo do Estado”, declarou o presidente da ACS/PE, Luiz Torres, em nota de repúdio divulgada à imprensa.

De fato, o adoecimento mental dos profissionais da segurança pública tem se intensificado nos últimos anos. Ou, na prática, o assunto se tornou menos tabu e mais policiais estão procurando ajuda. Somente em 2022, a Polícia Militar de Pernambuco somou 1.920 afastamentos por doenças mentais. A média diária foi de cinco dispensas ou licenças médicas.

Além disso, no mesmo ano, 4.454 PMs buscaram atendimento psiquiátrico. O efetivo no Estado é de aproximadamente 16 mil militares na ativa.

Em geral, os militares reclamam do excesso de trabalho e da pressão sofrida por causa da rotina de violência e das metas que precisam ser cumpridas.

HOSPITAL DA PM SUCATEADO

DIVULGAÇÃO
Hospital da Polícia Militar de Pernambuco – DIVULGAÇÃO

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!