Conecte-se Conosco

Destaque

Temer reconduzido à presidência do PMDB: mais 2 anos

Publicado

em

002

Presidente do partido desde 2001, Temer foi candidato único em convenção.
À frente de seis dos 31 ministérios, PMDB vive desgaste com Planalto.

Há 15 anos à frente do PMDB, o vice-presidente da República, Michel Temer, foi reconduzido ao cargo pelos próximos dois anos em convenção realizada em Brasília neste sábado (12).

Candidato único, Temer recebeu 537 votos favoráveis de um total de 559, segundo a secretaria-executiva do PMDB. 11 votos foram contrários à chapa, 6, em branco, e 5, nulos. Ao todo, 390 convencionais votaram, mas parte deles tem direito a votar mais de uma vez.

A recondução de Temer ao cargo ocorre em meio a um momento conturbado na relação entre o Palácio do Planalto e integrantes do partido. Na Câmara, por exemplo, parte da bancada vota de forma contrária aos interesses do governo e defende o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Na convenção do partido neste sábado, os temas que predominaram nos discursos dos peemedebistas foram a defesa do impeachment de Dilma, o rompimento com o governo e um maior protagonismo do PMDB na política nacional. Também foram ouvidos da plateia vários gritos de “Fora, Dilma” e “Temer presidente” (veja vídeo abaixo).

Embora o PMDB detenha seis ministérios atualmente, nenhum dos oradores inscritos para discursar na convenção defendeu o governo. Estavam presentes à convenção os ministros Hélder Barbalho (Portos), Marcelo Castro (Saúde), Eduardo Braga (Minas e Energia), Henrique Alves (Turismo) e Celso Pansera (Ciência e Tecnologia), mas nenhum deles se manifestou em defesa do governo.

O próprio Michel Temer, desde o ano passado, se afastou ao Dilma ao enviar uma carta a ela na qual apontou desconfiança da petista em relação aos trabalhos dele. Na mensagem, ele disse sentir-se como um vice “decorativo” da presidente, o que gerou intensa repercussão política em Brasília. Neste sábado, no entanto, ao discursar, Temer mencionou a crise política “gravíssima” e disse que não é hora de “acirrar ânimos”.

“Não podemos ignorar que o país enfrenta uma gravíssima crise política e econômica. Mas não podemos deixar – e esta é a tarefa do PMDB – que os graves problemas comprometam os ganhos sociais alcançados nos últimos tempos”, disse Temer.

Na convenção, o PMDB também decidiu que não irá assumir novo ministério até que se defina, em até 30 dias, se a sigla deixará o governo e se tornará independente. Atualmente, chefiada pelo interino Guilherme Amado, a Secretaria de Aviação Civil foi oferecida à bandada de Minas Gerais do PMDB na Câmara dos Deputados durante a eleição do líder do partido na Casa, Leonardo Picciani, no início deste ano. Picciani era o nome apoiado pelo Palácio do Planalto.

Convidado para vomandar a pasta, o deputado Mauro Lopes (PMDB-MG) afirmou neste sábado que definirá com Temer se assume o posto.

Giro pelo país
Na tentativa de construir o apoio necessário para ser reconduzido neste sábado à presidência doPMDB, Temer deu início a uma série de viagens pelo país no fim de janeiro. Ao todo, ele visitou 15 estados, onde se reuniu com peemedebistas, representantes de entidades e empresários. Nesses encontros, ele fez discursos nos quais pregou a “unidade” ao país e reafirmou que, em 2018, a legenda terá candidato próprio ao Palácio do Planalto.

Composição
Em meio a resistências internas no PMDB em relação ao nome dele, Temer teve de buscar integrar o PMDB no Senado na composição da direção nacional do partido para evitar que houvesse uma chapa adversária patrocinada pelos caciques da legenda na Casa como Renan Calheiros (AL), Eunício Oliveira (CE) e Romero Jucá (RR) – esses dois últimos aliados do presidente do Congresso.

Nos bastidores, senadores atribuíram a movimentos de Temer e Cunha destituição do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ), no ano passado, e chegaram a cogitar uma candidatura adversária a Temer para que ele não fosse reconduzido à presidência do PMDB.

Por Filipe Matoso, Nathalia Passarinho e Laís Alegretti – Do G1, em Brasília

Destaque

Duque diz que reunirá grupo e ST não terá candidato único

Publicado

em

O deputado Luciano Duque reagiu com muita tranquilidade ao anúncio da ex-deputada Marília Arraes, que chega no próximo sábado (1), em Serra Talhada, para declarar apoio a reeleição da prefeita Márcia Conrado. Alguns ‘duquistas’ consideram que Marília acabou traindo Luciano de uma forma sórdida, agindo nos bastidores, mas Duque, em conversa com o Farol preferiu não comentar, assegurando que está concentrado em organizar e fortalecer o seu grupo político.

“Olhe, nós vamos discutir o futuro, o plano de governo não cumprido e o que Serra Talhada avançou. É isso que interessa ao povo. Vamos reunir o nosso grupo para debatermos a nossa cidade. Aliás, nunca fugimos deste debate. Só quero dizer que esta eleição não será de candidato único, como é o desejo da prefeita”, resumiu o deputado, que já governou a capital do xaxado por oito anos, e foi o principal ‘fiador’ da eleição de Márcia Conrado.

Hoje, o nome mais forte entre os duquistas, para enfrentar Márcia, é do advogado Miguel Duque, filho de Luciano.

Já entre alguns seguidores de Márcia Conrado, o clima é de ‘já ganhou’ após a decisão tomada por Marília Arraes. O que incomodava, de fato, era a presença de Luciano Duque na disputa. “Não era bem um incômodo, mas ele (Duque) não foi correto com Márcia”, disse um vereador governista, pedindo reservas.

Por Farol de Notícias

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Recife entra em “estágio de atenção” devido às chuvas

Publicado

em

O Recife entrou em “estágio de atenção” devido às chuvas registradas na madrugada e manhã desta quinta-feira (30). O alerta foi divulgado às 5h, pelo Centro de Operações da cidade (COP).

“Identificamos algumas ocorrências por causa das chuvas, como alagamentos. Dependendo de onde você esteja, sua rotina pode ser impactada. Nossas equipes estão trabalhando para reverter a situação”, afirma o comunicado.

A Prefeitura do Recife também alerta para a combinação de chuva e maré alta, cujo pico de 2 metros de altura está previsto para ocorrer às 9h10, podendo causar pontos de alagamento em algumas áreas.

Por esse motivo, o COP orienta a população a evitar deslocamentos desnecessários nas próximas horas. Em caso de emergência, a Defesa Civil da capital pernambucana deve ser acionada pelo 0800.081.3400.

Até as 7h desta quinta, o maior acumulado de chuva em Pernambuco nas últimas 24 horas foi registrado no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana (RMR), com 43,09 mm

Por FolhaPE

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Estados e universidades se unem para dar apoio psicológico aos profissionais da segurança

Publicado

em

O aumento dos casos de profissionais da segurança pública com adoecimento mental será enfrentado pelo Poder Público com apoio das universidades. O Ministério da Justiça e Segurança Pública deu início ao programa Escuta Susp, voltado para atendimento psicológico on-line aos policiais e peritos criminais do País.

Em cerimônia em Brasília, nessa terça-feira (28), o ministro Ricardo Lewandowski, o secretário Nacional de Segurança Pública, Mário Sarrubbo, e a reitora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Sandra Regina Goulart Almeida, assinaram o termo de abertura das consultas.

A proposta foi elaborada em parceria com a UFMG, referência em prevenção ao suicídio, que vai coordenar os atendimentos nas universidades federais de Brasília, Rio Grande do Norte e Sergipe. A ideia é que o serviço seja ampliado para todo o País até janeiro de 2025.

O orçamento do governo federal destinado ao serviço é de R$ 6,4 milhões. Estão previstos 65 mil atendimentos, cursos de suporte com foco na prevenção ao suicídio, curso de autocuidado, gestão humanizada e saúde mental para gestores, além de materiais informativos em redes sociais, lives e conversas temáticas em grupo.

De acordo com números do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp), foram informados 821 suicídios de policiais desde 2015. O pior ano da série histórica foi em 2023, quando 133 óbitos foram contabilizados.

PERNAMBUCO DISCUTE SERVIÇO COM UNIVERSIDADES

Em Pernambuco, a Polícia Militar somou 1.920 afastamentos por saúde mental somente no ano de 2022. A média diária foi de cinco dispensas ou licenças médicas. Além disso, no mesmo ano, 4.454 PMs buscaram atendimento psiquiátrico.

Em geral, os militares reclamam do excesso de trabalho e da pressão sofrida por causa da rotina de violência e das metas que precisam ser cumpridas.

Questionada pela coluna Segurança, a Secretaria de Defesa Social informou que está atenta às orientações do Ministério da Justiça e da Segurança Pública em relação à saúde mental.

“Buscando alternativas e parcerias, a SDS também iniciou tratativas com Universidades pernambucanas objetivando acordos de cooperação entre o meio acadêmico e a secretaria”, disse a pasta, sem indicar a previsão de quando o serviço deverá ser oferecido aos profissionais.

A assessoria da SDS reforçou que, desde o início da atual gestão, em 2023, fez investimentos em ações para a saúde mental dos policiais civis, científicos e militares, além dos integrantes do Corpo de Bombeiros Militar.

A pasta disse que a Polícia Civil conta com a Divisão de Assistência Psicológica, que disponibiliza atendimento psicológico e apoio aos integrantes da Corporação, como também aos policiais científicos, de forma presencial ou remota por meio do número 9.9488.4121.

“A instituição conta ainda com o trabalho de prevenção, como o Projeto Despertar, que leva para as delegacias de todo o Estado, ginástica laboral, música, meditação, roda de conversa sobre a importância do autocuidado, além do suporte espiritual, com a participação da Capelania da PCPE”, informou a SDS.

NÚCLEO PARA POLICIAIS MILITARES

Em relação ao atendimento dos policiais militares, a SDS implementou o Núcleo de Saúde Mental TC PM Aline Maria Lopes dos Prazeres de Luna em março do ano passado. O espaço conta com psicólogos e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. No interior, os PMs podem procurar apoio nas unidades de Nazaré da Mata, Caruaru, Palmares, Garanhuns, Serra Talhada e Petrolina. Os atendimentos podem ser feito tanto no formato presencial ou on-line.

O nome do núcleo faz uma homenagem a Aline, morta na seda do 19º Batalhão da PM, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife, em dezembro de 2022. O autor foi o soldado Guilherme Santana Ramos de Barros, de 27 anos, que, momentos antes, matou a tiros a companheira, Cláudia Gleice da Silva, 33, que estava grávida, no município do Cabo de Santo Agostinho. A investigação apontou que ele não aceitava o fim do relacionamento.

Após o feminicídio, ele rendeu um motorista de aplicativo e o obrigou, com uma arma de fogo, a levá-lo até o 19º Batalhão. No caminho, em áudios enviados a amigos e familiares, falou em vingança. Quando chegou ao batalhão, o soldado atirou em quatro colegas de farda e depois se matou. Além de Aline, o 2º tenente Wagner Souza do Nascimento também faleceu.

Fonte: JC

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!