Conecte-se Conosco

Mundo

Veto chinês trava 100 mil toneladas de carne no Brasil e já afeta preço

Publicado

em

Cerca de 100 mil toneladas represadas de carne aguardam uma posição da China sobre veto que já dura seis semanas, a partir da divulgação dos casos de “vaca-louca” no Brasil. A estimativa é da consultoria especializada Safras & Mercado.

“Isso está represado desde o embargo. Normalmente a carne é inspecionada e despachada na sequência para os portos e de lá segue para o país de destino. Mas, com a China descredenciando o Brasil, o fluxo foi interrompido“, diz o consultor Fernando Iglesias.

O volume da carne estocada é uma estimativa informal, já que os frigoríficos não divulgam essa informação. No entanto, a Associação Brasileira de Frigoríficos informou que o Brasil exportou mais de 100 mil toneladas de carne bovina em setembro para a China, referentes a contatos firmados antes do veto.

A expectativa agora é sobre a posição da China em relação às toneladas enviadas. Mesmo que sejam de contratos anteriores à descoberta da doença, ainda não há uma confirmação de que essas cargas foram entregues ao país asiático, ou barradas para serem devolvidas.

A China é o principal parceiro comercial brasileiro, e foi destino de 58% dos embarques de carne bovina de janeiro a setembro de 2021, o que corresponde a US$ 3,8 bilhões.

A Minerva Foods disse que segue com suas plantas no Uruguai e na Argentina para substituir a demanda da China. “Seguimos atendendo a demanda chinesa por meio de nossas operações nos outros países, sem comprometer o relacionamento com nossos clientes e nosso market share, o que reforça a diversificação geográfica como uma de nossas principais vantagens competitivas”, disse em nota.

Já Marfrig afirmou que “está em período de silêncio por conta de sua divulgação trimestral de resultados financeiros e não vai comentar”. A JBS também foi procurada pela CNN e disse que não vai falar sobre assunto.

Preços no mercado interno

Esse cenário já faz com que empresas procurem no mercado interno um destino mais rápido para o produto. “Frigoríficos já começaram a relatar que parte da carne que está nas câmaras frias já foi disponibilizada no mercado interno”, diz Iglesias. O movimento impacta diretamente nos valores, e a precisão é de que os preços caiam.

“Os preços da carne no atacado estão cedendo, ainda não chegaram ao varejo, mas é questão de tempo”, diz.

A partir de uma coleta diária dos preços do mercado físico e também do atacado dos preços do boi gordo e da carne bovina no atacado, a consultoria estima que os preços podem cair de 10% a 15%, caso todo esse estoque chegue ao mercado interno.

No varejo, os preços podem cair em até 10%. “Tradicionalmente o varejo traduz movimentos de queda de maneira mais lenta e em menor intensidade”, diz.

Por:PE notícias

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Elefante enfurecido destrói carrinho de safari e causa pânico

Publicado

em

Um elefante-touro enfurecido destruiu um carrinho de safari na Selati Game Reserve,  perto do Kruger Great Park, na África do Sul, levando turistas e estudantes assustados a fugir.

Um vídeo que captou o momento mostra o animal descontrolado e as pessoas desesperadas correndo.

De acordo com o jornal Mirror, o elefante se enfureceu quando dois carrinhos de 11 lugares chegaram muito perto.

Dois elefantes são vistos caminhando em direção ao veículo quando outro ataca pela esquerda. Em seguida, o animal usa as suas presas para desviar o carrinho do caminho.

Fonte: MUndo ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Japão detecta primeiro caso da variante ômicron

Publicado

em

O Japão confirmou nesta terça-feira o primeiro caso da variante ômicron do coronavírus, em um homem que retornou da Namíbia, um dia depois do anúncio de novas restrições nas fronteiras.
“A respeito do viajante que retornou da Namíbia, se confirmou que era um caso de ômicron após a análise do Instituto Nacional de Doenças Infecciosas”, declarou o porta-voz do governo, Hirokazu Matsuno.
“Este é o primeiro caso de ômicron confirmado no Japão”, acrescentou. O homem infectado – com idade entre 30 e 40 anos – está isolado em um centro médico.
Na segunda-feira, o Japão anunciou novas restrições nas fronteiras e vetou o acesso a todos os estrangeiros, poucas semanas depois de flexibilizar as medidas para permitir a entrada de alguns estudantes e viajantes de negócios.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Países do G7 convocam reunião para discutir variante Ômicron e Japão fecha fronteiras

Publicado

em

O Japão anunciou, nesta segunda-feira (29), o fechamento de suas fronteiras a todos os visitantes estrangeiros para frear a variante Ômicron da Covid-19 e, durante o dia, os ministros da Saúde do G7 se reunirão em caráter de urgência para tentar estabelecer uma estratégia comum diante do avanço da pandemia.

Três semanas após flexibilizar algumas restrições, o Japão decidiu implantar controles rígidos de fronteira, algo que muitos consideram coisa do passado.

A variante Ômicron, detectada inicialmente no sul da África, já está presente em vários países. Nesta segunda-feira, os ministros da Saúde do G7 (França, Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Itália, Japão e Reino Unido) se reunirão “para discutir a evolução da situação sobre a Ômicron”, em um encontro organizado em caráter de urgência em Londres, que tem a presidência temporária do grupo.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending