Conecte-se Conosco

Tecnologia

Google apresenta novo smartphone com detector de spam e câmera melhor

Publicado

em

O Pixel 3 estará disponível em dois tamanhos, um modelo padrão de 5,5 polegadas e um modelo XL, de 6,3 polegadas

Google anunciou nesta terça-feira (9), em evento em Nova York, o Pixel 3, seu novo smartphone, um tablet e o Google Home Hub, alto-falante inteligente com tela, semelhante ao lançado na segunda-feira (8) pelo Facebook.

O Pixel 3 estará disponível em dois tamanhos, um modelo padrão de 5,5 polegadas e um modelo XL, de 6,3 polegadas. Segundo a empresa, o som dos alto-falantes está 40% mais potente do que o do aparelho anterior, o Pixel 2, e a nova tela Oled de plástico é a melhor já aplicada em um telefone da empresa da Alphabet.

O Google também aperfeiçoou a câmera do smartphone, embora a do Pixel 2 já fosse considerada uma das melhores do mercado. A empresa afirma que a câmera tem um chip de imagem personalizado, que melhora a imagem, assim como os aparelhos da Apple.

Uma novidade é a Screen Call, função que detecta quando uma ligação é spam (uma propaganda indesejada, por exemplo). Se o usuário concorda se tratar de spam, pode bloquear ligações do número.

O smartphone estará disponível em três cores, e o lançamento está previsto para o dia 18. O Pixel 3 de 64 GB sairá por US$ 799 (R$ 2.987), e o 128 GB, por US$ 899 (R$ 3.360). Já o Pixel 3 XL de 64 GB custará US$ 899 (R$ 3.360), e o de 128 GB, US$ 999 (R$ 3.735). Os preços são para os Estados Unidos. Não há previsão de lançamento no Brasil.

O Google vendeu 2,53 milhões de aparelhos Pixel 2 e 2 XL ao longo de nove meses até 30 de junho e obteve menos de 1% do mercado global de smartphones, de acordo com a Strategy Analytics.

Os primeiros aparelhos Pixel atingiram vendas de 2,4 milhões de unidades nos nove meses terminados em 30 de junho de 2017.O Android equipa a maioria dos smartphones ao redor do mundo.

Há três anos, o Google entrou na área de hardware para ter produtos em que pudesse exercer controle total sobre o desempenho de aplicativos e da receita gerada por eles. Embora tenha sido bem-sucedido em vender aparelhos de baixo preço, tais como caixas de som e roteadores para uso residencial, os celulares encontraram dificuldade para avançar no mercado.

Já o Pixel Slate é considerado uma evolução do laptop Pixelbook, de 2017, embora ofereça experiência semelhante à de um tablet, com um teclado que pode ser separado da tela. Assim como o iPad Pro, o aparelho tem alto-falantes frontais e câmeras frontais e traseiras de 8 megapixels.

O Slate será lançado neste ano a US$ 599 (R$ 2.240). O teclado custará US$ 199 (R$ 744), e a caneta, US$ 99 (R$ 370). O Google Home Hub, por sua vez, é como o Google Home, o auxiliar doméstico da marca, porém com um alto-falante e um assistente inteligente. Ele permite que usuários peçam para o dispositivo acender as luzes e se conectem com outros dispositivos domésticos.

Semelhante ao lançamento do Facebook, que na segunda-feira anunciou o Portal, e ao Eco Show, da Amazon, o Google Home Hub possui uma tela integrada que permite respostas visuais às perguntas. O dispositivo custará US$ 149 (R$ 557).

Também nesta terça, o Google entrou com recurso contra uma multa recorde de € 4,3 bilhões (R$ 18,5 bilhões) que a União Europeia lhe impôs em julho por abuso de posição dominante com o Android.

Bruxelas acusara o Google de usar a enorme popularidade de seu sistema operacional em smartphones e tablets para promover o uso de seu próprio mecanismo de busca e excluir seus rivais. O apelo pode levar anos para ser julgado.

Por Notícias ao minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Co-fundador da Microsoft Paul Allen morre aos 65 anos

Publicado

em

“Ele era um sujeito incrível em todos os níveis”, afirmou a irmã Jody

co-fundador da Microsoft Paul Allen morreu nesta segunda-feira (15) aos 65 anos. De acordo com o G1, ele lutava contra um linfoma não-Hodgkin.

Em comunicado divulgado hoje, a irmã de Paul Allen, Jody, afirmou que ele era “um sujeito incrível em todos os níveis”. “Enquanto a maioria conhecia Paul Allen como um especialista em tecnologia e filantropo, para nós, ele era um irmão e tio amado, e um amigo excepcional”, disse.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Tecnologia

Estudo póstumo de Stephen Hawking é publicado

Publicado

em

Físico avaliou o destino dos objetos que caem em um buraco negro

Colaboradores do físico britânico Stephen Hawking, morto em março passado, revelaram na última sexta-feira (12) seu último estudo, que é dedicado aos buracos negros e ao misterioso destino de objetos atraídos por eles.

O texto foi divulgado por seus colaboradores nas universidades de Harvard e Cambridge em um site chamado Arxiv, que identifica artigos científicos antes mesmo de sua revisão em vista da publicação oficial.

O estudo, intitulado “Black Hole Entropy and Soft Hair” (Entropia de Buracos Negros e Cabelos Macios), foi o último esforço registrado pelo britânico antes de sua morte, no dia 14 de março deste ano.

O colaborador Malcolm Perry, professor de física teórica em Cambridge, chamou Hawking poucos dias antes de o cosmólogo morrer, para atualizá-lo sobre os últimos desenvolvimentos de sua pesquisa, sem saber do agravamento de suas condições de saúde.

“Era muito difícil para Stephen se comunicar”, contou Perry à imprensa britânica. “Fui colocado no viva-voz para explicar até onde já tínhamos chegado. Quando terminei, ele esboçou um grande sorriso. Eu lhe disse que tínhamos feito progressos. Ele sabia o resultado final”, disse.

O objetivo do estudo era desvendar o chamado “paradoxo da informação”, ou seja, o destino dos elementos físicos que são sugados para dentro de um buraco negro. Segundo o novo estudo, a queda do objeto deveria aumentar a temperatura do buraco negro e o grau de desordem interna – a entropia.

Essa variação seria registrada por feixes de luz (fótons) que viajam perto da borda (o horizonte dos eventos) do buraco negro e que Hawking e seus colegas chamaram de “soft hair” (cabelos macios, em tradução livre), possibilitando assim a recuperação de informações do objeto caído no buraco.

“Não sabemos se a entropia de Hawking vale para qualquer coisa que caia em um buraco negro”, continuou Perry. “Mas se trata de um grande passo”, concluiu.

Por Ansa

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Tecnologia

Quer carregar seu iPhone mais rápido? Confira as dicas

Publicado

em

Uma das recomendações é utilizar carregadores do iPad

Você que é usuário de iPhone acha que seu celular descarrega rápido? Essa é uma das reclamações mais constantes em lojas da Apple. Mas o Olhar Digital preparou umas dicas para que não seja necessário ficar com o smartphone plugado na tomada o dia todo.

Para que isso se torne realidade, alguns truque e substituições de acessórios terão que ser precisos para conseguir dar uma economizada na bateria, tanto para iPhones e iPads. Para carregar mais rápido, fique atendo às recomendações:

Carregador do iPad

A primeira dica, recomendada inclusive pela própria Apple, para aumentar a velocidade de carregamento é usar o carregador do iPad. Os mais recentes oferecem 12 watts de energia, enquanto os mais antigos oferecem 10 watts de energia.

Cabo USB-C da Apple

Outra alternativa é utilizar o cabo USB-C para Lightning de 29 watts, 61 watts ou 87 watts, que promete recarregar 50% da bateria dos modelos 8, 8 Plus e X em 30 minutos. Se colocar no modo avião, melhor ainda, porque interrompe atividades que consome a bateria. Deixar o celular desligado pode ser também uma opção, enquanto carrega.

Não use o celular

A partir do momento que o usuário clica no botão central e “liga” o aparelho, naquele momento, são reunidad energias para iluminação, que pode atrasar o carregamento.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending