Conecte-se Conosco

Pernambuco

Tarifa de pedágio sobe 10,96% em rodovia de acesso ao Complexo de Suape e ao Litoral Sul de Pernambuco

Publicado

em

As tarifas de pedágio cobradas pela Concessionária Rota do Atlântico, no Grande Recife, ficam 10,96% mais caras a partir da 0h de sexta-feira (04). O aumento, autorizado pela Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Pernambuco (Arpe), foi publicado nesta quinta-feira (03), no Diário Oficial. Em 2018, o reajuste ficou em 4,29%.

A Rota do Atlântico dá acesso ao complexo Industrial de Suape e ao Litoral Sul de Pernambuco. Ela engloba as Rodovias PE-09 e VPE-052.

O trecho sob concessão começa na BR-101 Sul, nas proximidades do Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, passa pelo contorno do Cabo e segue até a PE-038, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca.

O reajuste da tarifa de pedágio da rodovia, este ano, é mais do que o dobro da inflação prevista para o Brasil, em 2018. De acordo com o mercado financeiro, a meta era fechar o ano na casa dos 3,69%, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

De acordo com a nova tabela de tarifas, automóveis, caminhonetes e furgões passam a pagar R$ 8,10. O valor anterior para essas categorias era de R$ 7,30.

Para caminhão leve, ônibus, caminhão e furgão com dois eixos e rodagem dupla, a tarifa sai de R$ de 14,60 para 16,20.

O pedágio mais caro é cobrado para caminhão com reboque e caminhão com semirreboque de nove eixos e com rodagem dupla. Esses motoristas deixam de pagar R$ 65,70 e passam a desembolsar R$ 72,90.

A tarifa mais barata é para motocicleta, motoneta e bicicleta a motor com rodagem simples. Ela custava R$3,70 e sobe para R$ 4,10.

Justificativa

Por meio de nota, a Rota do Atlântico informou que a tarifa de pedágio é uma das formas de remuneração dos mais de R$ 350 milhões investidos pela Concessionária até o momento, para garantir a agilidade e a segurança na prestação de serviço.

Ainda segundo a concessionária, o valor engloba o Serviço de Auxílio ao Usuário (SAU), 24 horas, que conta com o suporte de inspetores de tráfego, guinchos leve e pesado, ambulância com resgatistas e viaturas de inspeção de tráfego, que pode ser acionado pelo telefone de emergência 0800.031.0009.

A Rota do Atlântico justificou que o reajuste do valor da tarifa ocorre a cada 12 meses, contados do início da cobrança de pedágio, em 2014, com base no IPCA.

A concessionária disse também que, para o atual reajuste, foram considerados os efeitos da Lei 13.711/2018, que determinou a isenção da cobrança de eixos suspensos em todas as rodovias do país. (Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta terça-feira, 15 de Janeiro de 2019

Publicado

em

Veja a capa com as principais manchetes dos principais jornais de PE, desta  terça-feira, 15 de Janeiro de 2019.

Veja a capa de vários outros jornais do país e do mundo  clicando aqui

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Otimismo na geração de empregos em diversos setores é meta no segundo mandato de Paulo Câmara

Publicado

em

Em entrevista à Rádio Folha, na quarta-feira (09), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, reafirmou o compromisso de gerar empregos no Estado. ”Nós estamos determinados a devolver aos pernambucanos os empregos que essa crise tirou”, pontuou. Segundo o gestor, o Governo Estadual pretende desenvolver o “Pacto pelo emprego”, já anunciado durante a campanha eleitoral, em todos os setores. “Todos têm como contribuir para alavancar a geração de empregos”, explicou. Paulo Câmara afirmou que a missão desta gestão é fazer com que Pernambuco continue sendo visto como um local confiável para investidores.

“Vamos continuar a atrair empresas privadas e indústrias, e vamos ver condições para os empreendimentos aqui instalados se ampliarem e ampliarem seus produtos e serviços, criando um ambiente de negócios que seja satisfatório”, apontou.

Durante a sabatina, o gestor também destacou as obras de infraestrutura, que são um fator determinante para gerar mais empregos em Pernambuco, seja nas estradas ou nos recursos hídricos.

“A geração de empregos através de obras públicas também vai ter um olhar muito especial do governo e vamos buscar junto ao governo federal que os investimentos continuem a vir para Pernambuco e que venham com mais abundância e com mais regularidade. Nós temos que concluir obras de água, como as adutoras, o Ramal do Agreste, que possam fazer a diferença na melhoria da qualidade de vida do povo de Pernambuco.”

Paulo Câmara lembrou ações desenvolvidas ao longo do seu primeiro mandato, que criaram um bom ambiente de negócios em outros setores. “Tivemos condições de avançar no polo de confecções, com a regularização tributária, que permitiu que as empresas que trabalham neste polo se formalizassem, o que gerou mais empregos, fazendo aquela região crescer. No polo do gesso também fizemos isso, o que rendeu ótimos resultados”, contou.

A pactuação com o setor da indústria do açúcar e do álcool, que gerou empregos nos últimos quatro anos com a reabertura de duas usinas, também foi assunto lembrado. “São formas de o governo ter presença e parceria e, ao mesmo tempo, resultar em empregos. O crescimento econômico de Pernambuco já mostra uma retomada”, explica. O Produto Interno Bruto (PIB) pernambucano cresceu acima do brasileiro por dois anos seguidos.

DESENVOLVIMENTO RURAL  

No setor da Agricultura, segundo o governador, o trabalho foi feito mesmo durante os sete anos de seca. “Nosso polo de avicultura é o quarto maior do Brasil. Cresceu nesse período graças ao trabalho feito pelos empreendedores, com as formas que o governo deu de melhoria da questão fiscal e tributária”, afirmou.

A chegada da água da Adutora do Agreste trará diversas oportunidades para esta região. “Estamos chegando à Pesqueira e Belo Jardim, e devemos chegar até São Caetano. As obras que nós estamos fazendo de água no Agreste Central, Meridional e Setentrional, que estão trazendo água da Zona da Mata e da Transposição, tudo isso vão ajudar o desenvolvimento rural e também a agricultura familiar”.

INTERIORIZAÇÃO DO TURISMO

Apesar do agravamento da crise econômica em todo o país, o governador apontou o turismo como um dos setores mais positivos em Pernambuco. “O turista já vem pela questão empresarial, pelas praias, que é um turismo consolidado. Agora, vamos expandir o turismo para além da capital, levando pessoas a investirem com empreendimentos no Interior e também conhecerem nossas belezas naturais”, disse.

Paulo Câmara destacou as grandes festas populares que acontecem em todo o Estado e que têm uma geração de emprego e renda importante. E comentou sobre o acesso ao Vale do Catimbau, que foi totalmente recuperado em uma estrada asfaltada, incentivando a prática do Turismo Rural e Ecológico.

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

PRF recolhe 39 veículos irregulares no Agreste e na Mata Sul de Pernambuco

Publicado

em

Em ação integrada à Operação Rodovida, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou o recolhimento de 39 veículos irregulares, na BR 104, nos municípios de Panelas e Cupira, Agreste, e em Quipapá, na Mata Sul do estado, na terça-feira (08). A ação, que visa reduzir o número de acidentes graves nas rodovias, segue até o carnaval – Um das épocas festivas com maior índice de acidentes.

Do total de veículos recolhidos, 20 eram carros e 19 eram motocicletas, que apresentavam infrações em vários âmbitos. Ao todo, foram emitidos 275 autos por diversas infrações, no qual se destacam 13 pela falta do uso de capacete, 10 pelo não uso de cinto de segurança, duas infrações por ultrapassagem indevida, duas por excesso de peso e uma por alcoolemia. (Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending