Conecte-se Conosco

Educação

Alunos do SESI no Sertão se destacam nos vestibulares do país

Publicado

em

Mais de 200 alunos pernambucanos comemoram nesse momento a aprovação nos vestibulares das principais universidades do Estado e do país. Da capital ao interior, 220 jovens conseguiram se destacar nas provas, graças ao esforço próprio e ao suporte dado pela estrutura da Rede SESI de Educação. No Sertão, os estudantes de Araripina e Petrolina conseguiram vagas em cursos concorridos como Engenharia, Direito, Medicina Veterinária, Fisioterapia e vários outros de universidades renomadas como as Federais de Pernambuco, de Piauí, etc. Também de Araripina, o aluno Mathias Régis Modesto conquistou um lugar nos disputados cursos de Engenharia, da Universidade de Brasília (Unb) e Medicina, da Universidade Católica de Brasília.

“A estrutura física das unidades do SESI e os professores fazem a diferença. Eles estão sempre se reinventando para a aula não ser chata. Essas aulas práticas e oficinas ajudam a fixar o conteúdo teórico”, diz a Andrielly Calheiros Ribeiro, estudante do SESI Ibura, que conquistou o 3 º lugar em Direito na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). As escolas do SESI Pernambuco contam com salas de aula climatizadas, bibliotecas, laboratórios, quadras poliesportivas e piscinas, além de professores graduados e pós-graduados em várias especialidades.

Segundo a analista de Educação do SESI/PE, Grace Barbosa, além de toda a estrutura e equipe de docentes, os alunos são preparados desde o início do ano letivo com aulões que ajudam a sanar dúvidas de cada disciplina e têm a ferramenta “Portal SESI”, com simulados para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

OPORTUNIDADE – As matrículas para Ensino Fundamental e Ensino Médio na Rede SESI de Educação ainda estão abertas e podem ser realizadas até 31 de janeiro. Para garantir a vaga é preciso levar os documentos solicitados no site www.pe.sesi.org.br, e se dirigir à unidade mais próxima. Mas é necessário que os interessados se apressem, pois nas unidades com grande procura, como a de Caruaru, as matrículas são asseguradas por ordem de inscrição. Mais informações pelos telefones (87) 3873.1087 (Araripina) e (87) 3861.1369 (Petrolina).

Por Rochélle Alves – Jornalista
Sesi Pernambuco
Assessoria de Imprensa
(81) 3412 8325
www.pe.sesi.org.br

Educação

Governo de Pernambuco vai fazer “busca ativa” para evitar evasão escolar

Decreto foi publicado no Diário Oficial desta sexta (12), instituindo metas para a iniciativa.

Publicado

em

Estudantes da rede pública com tendência ao abandono da escola estão na mira do Governo de Pernambuco.
O Decreto número 56.372, publicado no Diário Oficial do Estado, nesta sexta (12), institui a “Busca Ativa Escolar.
Segundo a Secretaria Estadual de Educação, é uma estratégia que define os parâmetros a serem adotados para identificar e acompanhar estudantes que podem decidir pela evasão escolar ou que ou podem ser afastados da vida escolar regular.
O decreto aponta alguns parâmetros para essa busca. 
Será levada em conta, por exemplo,  a frequência irregular, que  é a “situação em que o estudante matriculado não comparece  forma regular e contínua, apresentando reiteradas faltas”.
Outro parâmetro é a evasão escolar, “situação em que o estudante se afasta da escola, sem solicitação de transferência, durante o ano letivo e não retorna no ano seguinte”.
O decreto fala também em abandono  escolar. Essa é a  “situação  em  que  o  estudante  matriculado  deixa  de  frequentar  a  unidade  educacional  durante  o  ano  letivo, mas retorna no ano seguinte”.
Metas
Segundo o decreto,  a Busca Ativa Escolar pretende  “prevenir e enfrentar a evasão e o abandono escolar, de modo a contribuir para a permanência do estudante na escola”.
Outro objetivo  é monitorar a frequência dos estudantes, “buscando desvendar as razões das ausências, reinserir o estudante na unidade educacional e evitar a reincidência ao abandono”.
O governo também aponta a necessidade de  acompanhar  os  resultados  das  avaliações  bimestrais,  considerando  o  baixo  desempenho  como  fator  relevante  para  a  evasão e o abandono escolar.
Além disso, o Estado argumenta que é preciso  “fortalecer a integração das unidades educacionais junto aos agentes componentes do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente”.
O governo aborda, ainda, a importância de incentivar e apoiar os municípios para adesão e implementação da Busca Ativa Escolar. 
Além disso, está na mira do Estado a ideia de  ampliar o vínculo escola-família e escola-comunidade e “potencializar o desempenho escolar dos estudantes”; 
A norna institui a proposta de identificação   na  comunidade  escolar de  pessoas  que  não  tenham  concluído  a  escolarização  básica,  estimulando-as  ao  ingresso ou à retomada dos estudos na educação de jovens e adultos.
Outra meta é assegurar aos sujeitos e estudantes do campo, quilombolas, indígenas, ciganos e ribeirinhos, o direito a uma educação específi ca  e  de  qualidade,  por meio  de  práticas  e  pedagogias  que  possibilitem  a  superação  dos  desafios  de  acesso,  permanência  e  sucesso da vida escolar.
Estratégias
Segundo o decreto, caberá à Secretaria de Educação e Esportes a elaboração de diretrizes e ações estratégicas para implementação da Busca Ativa Escolar.
A pasta ficará também responsável pela coordenação, monitoramento e avaliação.
A Educação poderá contar com apoio das Secretarias de Saúde, Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas;, além de municípios e “outros atores que possam contribuir para a superação do abandono e da evasão escolar”
Como será
Nas  unidades  educacionais,  o  Gestor  Escolar,  preferencialmente,  ficará  responsável  pela  coordenação  das  ações  e  mobilização de servidores e agentes no intuito de identificar, prevenir e resgatar os estudantes com tendência à evasão ou abandono escolar, de acordo com as orientações da Secretaria de Educação e Esportes. 
A Busca Ativa Escolar será executada por meio das seguintes ações:
visitas domiciliares;
contatos telefônicos; 
reuniões com as famílias;
sensibilização e campanhas nas comunidades escolares estaduais e municipais;
Oferta de bolsas para monitorias, interlocução com os movimentos sociais do campo e da cidade
parceria com agentes que integram a Rede Protetiva da Criança e do Adolescente;
Busca de informações junto aos órgãos públicos
As unidades educacionais deverão executar as seguintes tarefas: 
elaborar  relatório  diário  e  semanal,  visando  a  identifi  cação  dos  estudantes  com  frequência  irregular  e  intervir  para  a  regularização
requisitar  documentação  formal  em  que  conste  o  pedido  do  estudante  ou  do  seu  representante  legal  para  fins  de comprovação de transferência de unidade escolar
realizar encontros e/ou acionar os agentes que integram a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e outros agentes de redes de proteção específicas para discutir, identificar e propor os encaminhamentos necessários nos casos de vulnerabilidades ou violações
promover a Busca Ativa Escolar e monitorar o seu plano de ação, que será construído com as contribuições da comunidade escolar, dos Conselhos Escolares e Grêmios Estudantis
potencializar  o  desempenho  escolar  dos  estudantes  por  meio  de  ações  de  fortalecimento  do  processo  de  ensino  e  aprendizagem, com o auxílio de monitores de aprendizagem
Identificar, na comunidade, pessoas que não tenham concluído a escolarização básica, estimulando-as ao ingresso ou à retomada dos estudos na educação de jovens e adultos, com o auxílio de monitores de busca ativa
ampliar os canais de comunicação escola-família-comunidade, fortalecendo a sua aproximação das atividades escolares
promover atividades de monitoria pela aprendizagem, visando potencializar o desempenho escolar dos estudantes;
buscar sensibilizar a comunidade acerca da importância da atuação dos órgãos que integram o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente
desenvolver  ações  em  articulação  com  órgãos  municipais  ou  estaduais,  com  sociedades  civis  sem  fins  lucrativos  e/ou  político-partidários, e com as populações indígenas e quilombolas, que visem contribuir para o acesso e a permanência dos estudantes nas unidades educacionais; 
acionar o Conselho Tutelar, nos casos de reiteração de faltas injustificadas de crianças e adolescentes acima do limite de 30% (trinta por cento), e de evasão escolar
Controle
O controle de frequência do estudante deve ter como base a exigência da frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) do total de horas letivas para a aprovação nos níveis do ensino fundamental e médio, e de frequência mínima de 60% (sessenta por cento) do total de horas para a educação infantil.
Conselho
O decreto também criou o Comitê Intersetorial de Busca Ativa Escolar.
A ideia dese colegiado é monitorar e propor ações ou ajustes às atividades realizadas por meio dessa estratégia.
A  composição  e  as  atribuições  do  Comitê  Intersetorial  de  Busca  Ativa  Escolar  serão  estabelecidas  em  Portaria  da  Secretaria de Educação e Esportes. 
Foto arquivo
Por Diário de Pernambuco

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Educação

Lula se encontra com reitores em meio a possível greve em universidades federais

Publicado

em

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai se encontrar, na tarde desta quinta-feira (11), com a direção da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

A ministra da Gestão e Inovação, Ester Dweck, e o ministro da Educação, Camilo Santana, também participam do encontro. A cobrança de servidores por reajuste salarial e os movimentos de greve já deflagrados nas instituições de ensino devem estar na pauta.

Segundo levantamento da Andifes, já estão em greve servidores da Universidade Federal do Rio Grande (RS) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas (MG).

Paralisações também já estão definidas, a partir do dia 15, nas seguintes instituições:

  • UFOP (MG);
  • UFPel (RS);
  • UFPE (PE);
  • UFPA (PA);
  • UnB (DF);
  • UFV (MG);
  • UFMA (MA);
  • UFC (CE);
  • UFCA (GO);
  • Unilab;
  • Ufes (ES);
  • UFPR (PR);
  • UTFPR (PR);
  • UFJF (MG);
  • UFSB (BA);
  • Cefet-MG;
  • IFPT (PR);
  • e Unifespa (PA).

Outras 8 universidades estão em estado de greve, ou seja, estão em alerta para deflagrar greve a qualquer momento. São elas:

  • UFSJ (MG);
  • Unirio (RJ);
  • UFRRJ (RJ);
  • UFSM (RS);
  • Unipampa (RS);
  • Unila (PR);
  • UFVJM (MG);
  • e UFMT (MT).

Professores e funcionários técnico-administrativos de institutos federais – não ligados à Andifes – também já deflagraram greve.

Segundo o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), ao menos 445 unidades aderiram ao movimento até a última terça-feira (9). As aulas, na maioria das instituições, estão suspensas.

Os servidores reivindicam reestruturação das carreiras, recomposição salarial, revogação de medidas do governo anterior e recomposição do orçamento das instituições educacionais. O movimento também pede reajuste imediato dos auxílios e bolsas de estudantes.

Fonte: CNN

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Educação

Codevasf firma contrato com Cebraspe para concurso público com 61 vagas

Publicado

em

Essa semana a Codevasf firmou contrato com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Produção de Eventos (Cebraspe) para a realização de um concurso público de nível superior, com 61 vagas mais formação de cadastro reserva. As provas serão realizadas nas cidades de Petrolina-PE, Brasília-DF, Montes Claros-MG, Bom Jesus da Lapa-BA, Maceió-AL, Teresina-PI, São Luis-MA, Goiânia-GO, Palmas-TO, Belém-PA e Macapá-AP.

O concurso atenderá a necessidade de novas contratações para as áreas de formação cujas filas foram finalizadas da última seleção, realizada entre 2020 e 2021, bem como a demanda por áreas de formação não contempladas naquele certame, que ainda está vigente.

Após a assinatura do contrato, o Cebraspe deve elaborar o edital do concurso público (previsto para ser publicado em maio), definir o cronograma e os demais atos preparatórios da seleção. Os aprovados vão atuar na sede da Codevasf em Brasília e nas 16 superintendências regionais, incluindo a de Petrolina.

Por Alvinho Patriota

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!