Conecte-se Conosco

Brasil

Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

Publicado

em

A Febraban orienta os clientes a utilizarem os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para fazerem transações

Os bancos vão ficar fechados na próxima segunda e terça-feira de carnaval. Na quarta-feira de cinzas (26/02) o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento em horário normal de fechamento das agências, segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de funcionamento.

A Febraban orienta os clientes a utilizarem os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente bancário nas agências.

As contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 24 ou 25 de fevereiro poderão ser pagos, sem acréscimo, na quarta-feira (26). Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais. Caso isso não tenha ocorrido no documento de arrecadação, a sugestão da Febraban é antecipar o pagamento ou, no caso dos títulos que têm código de barras, agendar o pagamento nos caixas eletrônicos, internet banking e pelo atendimento telefônico dos bancos.

Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos via DDA (Débito Direto Autorizado).  (POR NOTÍCIAS AO MINUTO)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

SP registra mais de 9 mil óbitos e 140,5 mil casos de coronavírus

Publicado

em

Dos 645 municípios paulistas houve pelo menos uma pessoa infectada em 555 cidades, sendo 289 com um ou mais óbitos

Dos 645 municípios paulistas houve pelo menos uma pessoa infectada em 555 cidades, sendo 289 com um ou mais óbitos.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tive queda de 73,4% na Grande São Paulo e 63,5% no estado. O número de pacientes internados é 12.821, sendo 8.002 em enfermaria e 4.819 em unidades de terapia intensiva.

Entre os óbitos, 5.235 são homens e 3.823 mulheres, e estão concentrados em pacientes com 60 anos de idade ou mais, totalizando 73,1% das mortes.

A mortalidade é maior entre 70 anos e 79 anos (2.122), seguida pela faixa de 60 anos a 69 anos (2.090) e de 80 anos e 89 anos (1.796). Entre as demais faixas estão os menores de 10 anos (16), de 10 a 19 anos (25), de 20 a 29 anos (70), de 30 a 39 anos (335), de 40 a 49 anos (673), de 50 a 59 anos (1.314) e maiores de 90 anos (617).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,2%), diabetes mellitus (42,9%), doenças neurológicas (11,3%) doença renal (10,4%), pneumopatia (9,1%). Outros fatores identificados são obesidade, imunodepressão, asma, doenças hematológica e hepática. Esses fatores de risco foram identificados em 7.297 pessoas que morreram por covid-19 (80,6%).

A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada no site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/.

Continue lendo

Brasil

Governo Federal decidiu esconder o total de casos e mortes por Covid-19

Publicado

em

Com total desrespeito a população, o governo de Jair Bolsonaro, decidiu esconder e dificultar o acesso as informações sobre os casos do coronavírus em todo o pais.

O Governo Federal decidiu restringir a divulgação de dados sobre o novo coronavírus no Brasil. Após dias seguidos retardando o boletim com os números diários da Covid-19, houve uma mudança na metodologia, confirmada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, mais cedo.

Além da limitação ao divulgar informações básicas sobre a doença, o Ministério da Saúde retirou do ar o portal com informações consolidadas. A decisão de ocultar dados relacionados a mortes e infectados pelo novo coronavírus foi duramente criticada nos meios político e jurídico.

Tudo isso porque já são mais de 35 mil mortes ocasionadas pela Covid-19, de um total de 651.980 casos. Também chama atenção o fato de não haver coletivas do Ministério da Saúde passar dias sem fazer coletiva.

Soma-se a isso a subnotificação dos casos, consequência da baixa testagem feita no Brasil.

05Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.
Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Reflexão e a vida existencial

Publicado

em

Momentos de intensa tristeza pela perda dos irmãos de todo o mundo. Tudo por causa do interesse do capital, onde é preciso ter e não ser em si mesmo. Se analisarmos profundamente percebemos que tudo foi planejado pelos detentores dos meios de produção e reprodução do capital para o mundo estar nesse caos absoluto e descontrolado.

Um simples vírus criado para interesses antagônicos à vida humana, uma verdadeira guerra mundial lançada para benefício próprios de poucos. Viramos desumanos, decadentes, onde o que importa é o dinheiro materializado e comercializado. Somos apenas mercadorias de lucro para esses assassinos estatais. Tudo está em vácuo, estamos cegos diante da realidade existencial, carregamos um sentimento de desprezo com nós mesmos, isso imposto pela grande mídia, redes sociais e outros órgãos que prezam o ter e não o ser.

Vivemos dias obscuros, que não sabemos quando vai acabar, tudo é incerto, nada de segurança. Perdemos nosso direito de ir e vir de um local para outro, um ser não visível assola nossas vidas no momento atual que é um vírus criado para interesses antagônicos à vida humana. Lamentável tudo isso, não imaginava viver esse tempo tão difícil e hostil no curso contemporâneo. Lamento por tudo, chegamos na decadência anunciada por vários pensadores de outros séculos passados e atuais.

Cabe a seguinte pergunta: para onde vamos ? Não sei. Mas, acredito que seja o fim ou talvez o recomeço. Peço que reflitamos sobre isso, pois “só sei que nada sei”, como já dizia o paradoxo socrático.

Por Romi da Silva Pereira – Geógrafo

05Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.
Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending