Conecte-se Conosco

Brasil

Bombeiros localizam corpo de mulher em desabamento de igreja

Publicado

em

As equipes dos bombeiros usam cães para tentar encontrar uma mulher que estaria sob os escombros da igreja (Foto: Werther Santana/Estadão Conteúdo)

As equipes dos bombeiros usam cães para tentar encontrar uma mulher que estaria sob os escombros da igreja (Foto: Werther Santana/Estadão Conteúdo)

Às 12h50, ainda não haviam retirado corpo; acidente ocorreu em Diadema.
Mulher foi atingida por pilastra, diz comandante dos bombeiros.

Bombeiros localizaram no início da tarde desta quinta-feira (16) a última vítima do desabamento de uma igreja evangélica, em Diadema, na Grande São Paulo, na quarta-feira (15). O corpo da mulher de 54 anos foi localizado na área indicada pelos cães.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros do ABC, Wagner Bertolini, Vanda Maria Martins foi atingida por uma pilastra. Os três filhos de Vanda acompanharam as buscas e receberam a notícia da morte da mãe pelo comandante.

“Há meia hora [por volta das 12h] a gente encontrou a senhora que procurava. Infelizmente ela já apresenta sintomas, sinais de morte evidente. No momento, a gente trabalha com muito cuidado para retirá-la de lá”, disse Bertolini.

Segundo o comandante, ainda há riscos de novos desmoronamentos. “O trabalho ainda vai se perpetuar, porque a situação é bem delicada, quanto mais a gente mexe, mais a laje mexe.”

“Ela [vítima] está embaixo de uma laje, está presa, realmente houve esmagamento pelas vigas. Cada martelada que a gente dá tudo chacoalha. Então, a gente vai ter que tomar muito cuidado.”

Os bombeiros esperam finalizar o trabalho em duas horas (por volta das 14h30). Não procuram outras vítimas.

O advogado da igreja, Pedro Zequini, disse que a diretoria irá soltar uma nota oficial nesta sexta-feira (17) no cemitério, durante o velório da vítima. Eles disseram que irão dar apoio aos familiares e vão arcar com os custos do enterro.

Como foram as buscas
Vanda é a última de sete vítimas retirada dos escombros. Dois homens ficaram feridos e foram levados a hospitais, uma criança foi encaminhada a um pronto-socorro e os demais tiveram ferimentos leves.

Ao final das buscas, que duraram cerca de 21 horas, os bombeiros mudaram a tática e passaram a trabalhar em silêncio absoluto e colocaram os cães do canil da corporação no local do acidente. Ao todo, três cachorros da raça pastor belga de Malinois trabalharam em esquema de revezamento.

Depois, os cães foram retirados e uma retroescavadeira entrou no terreno. De acordo com os bombeiros, a maior dificuldade encontrada nas buscas foi a retirada dos escombros. Cinquenta homens da corporação trabalham no local.

Segundo os bombeiros, uma das vítimas resgatadas nesta madrugada, um homem de 23 anos, foi levada para o Hospital das Clínicas pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar. A outra, um homem de 44 anos, foi encaminhada para o Hospital Mário Covas. Os nomes deles são Anderson Peres Tiago e Ezequiel Matias, respectivamente. Ambos estão em estado grave, mas, segundo os bombeiros, eles foram levados com consciência para os hospitais.

Mais cedo, outras quatro pessoas foram socorridas: três crianças e um adulto. Algumas receberam ajuda de vizinhos logo após o acidente e duas, dos bombeiros (sendo que uma delas, uma criança, foi levada ao pronto-socorro do Hospital Estadual de Diadema).
Segundo o tenente-coronel dos Bombeiros Nauheimer, os fiéis que se feriram participavam de um culto de libertação quando o teto despencou.

Igreja estava em reforma
A prefeitura de Diadema diz que o prédio da Assembleia de Deus estava em reforma e não tinha alvará para a obra. Segundo comunicado da administração municipal, “a Secretaria de Habitação notificou o espaço em 13 de junho e solicitou apresentação de alvará de aprovação e execução da obra. A orientação foi paralisar a obra até a apresentação dos documentos”.

O advogado da Assembleia de Deus, Kaique Nicolau de Lima, afirmou que a obra estava parada “havia mais de 15 dias”. “É uma igreja antiga, com mais de 60 anos. A documentação estava sendo agilizada junto à Prefeitura”, disse.

A Polícia Civil aguarda a liberação do local do desabamento pelo Corpo de Bombeiros para acionar os peritos para investigar as causas do acidente.

“Nós estamos aguardando a liberação da área para acionar a perícia para sabermos as causas do acidente. Posteriormente, nós vamos buscar quem seriam os responsáveis pela obra”, afirmou o delegado Miguel Ferreira da Silva, titular do 4º DP do município. As primeiras testemunhas devem ser ouvidas entre esta quinta e sexta-feira.

 

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus antes do desabamento em Diadema. A foto foi passada por uma moradora da região que não quis se identificar (Foto: Arquivo pessoal)

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus antes do desabamento em Diadema. A foto foi passada por uma moradora da região que não quis se identificar (Foto: Arquivo pessoal)

 

Trabalho dos bombeiros em Diadema seguia à noite (Foto: Glauco Araújo/G1)

Trabalho dos bombeiros em Diadema seguia à noite (Foto: Glauco Araújo/G1)

 

Veja como era a fachada original da igreja evangélica que desabou em Diadema (Foto: Reprodução/Google Street View)

Veja como era a fachada original da igreja evangélica que desabou em Diadema (Foto: Reprodução/Google Street View)

 

Igreja evangélica desaba em Diadema, ABC (Foto: Reprodução/TV Globo)

Igreja evangélica desaba em Diadema, ABC (Foto: Reprodução/TV Globo)

Desabamento de igreja Renascer
Em 2009, o telhado da sede da igreja Renascer, no bairro do Cambuci, na Zona Sul de São Paulo, desabou, matando nove pessoas e deixando mais de 100 feridas. No dia 2, uma juíza da capital determinou o confisco de 20% do dízimo arrecadado diariamente nos cultos da instituição para o pagamento de indenização a uma das vítimas.

A decisão da juíza Daniela Dejuste de Paula, da 21ª Vara Cível, foi publicada no Diário Oficial de 23 de maio, mas divulgada pela defesa da vítima em 2 de junho.

Procurado pelo G1, o advogado da Renascer, Roberto Ribeiro Junior, diz que estranhou a divulgação da informação pela defesa da vítima, já que havia sido acordado entre ambos um acordo extrajudicial para pagamento de R$ 26 mil, que ainda não foi assinado.

Em 2012, a sentença condenou a instituição a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais. Houve recurso e, após a intimação para pagamento não ser atendida pela Renascer, a juíza mandou a penhora do caixa da igreja até o valor atualizado de R$ 27.546, informou o Tribunal de Justiça (TJ).

(Por Tatiana Santiago/Do G1 SP)

Brasil

CNJ afasta juíza Gabriela Hardt por irregularidades na Lava Jato; magistrada substituiu Moro em Curitiba

Publicado

em

O corregedor nacional de Justiça, o ministro Luís Felipe Salomão, decidiu afastar a juíza federal Gabriela Hardt do exercício das funções devido a uma reclamação disciplinar em que ela e o ex-magistrado e senador Sergio Moro (União Brasil-PR) respondem por supostas improbidades na condução dos recursos financeiros obtidos na 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos processos da Operação Lava-Jato.

Hardt substituiu Moro na 13ª Vara, quando o ex-juiz se tornou ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro (PL). Em 2019, ela condenou Lula a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Faz-se, portanto, inconcebível que a investigada possa prosseguir atuando, quando paira sobre ela a suspeita de que o seu atuar não seja o lídimo e imparcial agir a que se espera”, afirma o ministro. Hardt não poderá exercer a função de juíza até que a decisão seja revertida.

A decisão desta segunda-feira (15) afasta mais três magistrados ligados à Lava Jato, que respondem a outra reclamação disciplinar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). São eles: os dois desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz e Loraci Flores de Lima, e o juiz federal Danilo Pereira Junior. 

Foto Reinaldo Reginato/Estadão Conteúdo

Por Terra

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Brasil

Governo prevê salário mínimo de R$ 1.502 para 2025

Publicado

em

O Governo Federal prevê aumentar de R$ 1.412 para R$ 1.502 o valor do salário mínimo em 2025. O valor, que será apresentado no Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) nesta segunda-feira, é 6,37% maior do que o piso deste ano.

O percentual de aumento segue a nova regra de valorização do salário mínimo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que leva em conta o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), além da inflação do período.

O projeto será detalhado no Congresso Nacional por secretários do Ministério do Planejamento e Orçamento e do Ministério da Fazenda. O PLDO também vai indicar as metas fiscais para o período de 2025 a 2028.

Embora o governo faça essa estimativa de aumento, a projeção do salário mínimo ainda pode ser alterada se, até o fim do ano, a inflação for maior ou menor que o previsto.

O índice de preços usado para corrigir o mínimo é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação percebida por famílias com renda de até cinco salários mínimos. O governo espera que este índice avançar 3,25% no ano.

Fonte: Terra

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Brasil

Pagamento do PIS/Pasep é liberado; veja o calendário PIS/Pasep 2024

Publicado

em

Cerca de 3,8 milhões de trabalhadores com carteira assinada nascidos em março e abril podem sacar, a partir desta segunda-feira (15), o valor do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) em 2024. A quantia está disponível no aplicativo da Carteira de Trabalho Digital e no Portal Gov.br.

Ao todo, a Caixa Econômica Federal liberará R$ 4 bilhões neste mês. Aprovado no fim do ano passado, o calendário de liberações segue o mês de nascimento do trabalhador, no caso do PIS, ou o número final de inscrição do Pasep. Os pagamentos ocorrem de 15 de fevereiro a 15 de agosto.

Neste ano, cerca de R$ 27 bilhões poderão ser sacados. Segundo o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), o abono salarial de 2024 será pago a 24,87 milhões de trabalhadores em todo o país. Desse total, 21,98 milhões trabalham na iniciativa privada e receberão o abono do PIS e 2,89 milhões de servidores públicos, empregados de estatais e militares têm direito ao Pasep.

PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep, pelo Banco do Brasil. Como ocorre tradicionalmente, os pagamentos serão divididos em seis lotes. O saque poderá ser feito desde o dia de liberação do lote até 27 de dezembro de 2024. Após esse prazo, será necessário aguardar convocação especial do Ministério do Trabalho e Previdência.

ABONO SALARIAL:

Calendário de pagamento do abono salarial em 2024 (Crédito: Arte/EBC)
Calendário de pagamento do abono salarial em 2024 (Crédito: Arte/EBC)

CALENDÁRIO PIS/PASEP 2024:

Saque Pasep  (Crédito: Arte/Agência Brasil)
Saque Pasep (Crédito: Arte/Agência Brasil)

Quem tem direito

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos, e que tenha trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2022. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 117,67, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo cheio, de R$ 1.412.

Pagamento

Trabalhadores da iniciativa privada com conta corrente ou poupança na Caixa receberão o crédito automaticamente no banco, de acordo com o mês de seu nascimento.

Os demais beneficiários receberão os valores por meio da poupança social digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Caso não seja possível a abertura da conta digital, o saque poderá ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, Caixa Aqui ou agências, também de acordo com o calendário de pagamento escalonado por mês de nascimento.

O pagamento do abono do Pasep ocorre por meio de crédito em conta para quem é correntista ou tem poupança no Banco do Brasil. O trabalhador que não é correntista do BB pode fazer a transferência por TED para conta de sua titularidade nos terminais de autoatendimento, no portal ou no guichê de caixa das agências, mediante apresentação de documento oficial de identidade.

Até 2020, o abono salarial do ano anterior era pago de julho do ano corrente a junho do ano seguinte. No início de 2021, o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) atendeu recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU) e passou a depositar o dinheiro somente dois anos após o trabalho com carteira assinada.

Fonte: DP

 

 

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!