Conecte-se Conosco

Destaque

Casa Branca anuncia acordo bipartidário para lei de imigração

Publicado

em

 

Pacto foi fechado após reunião de congressistas com Donald Trump.

Os partidos Republicano e Democrata chegaram a um acordo nesta terça-feira (9) para trabalhar em uma nova lei de imigração, promessa de campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O pacto foi anunciado pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, após uma reunião a portas fechadas entre representantes das duas legendas e o mandatário republicano.

Segundo ela, as negociações terão quatro temas prioritários: segurança das fronteiras, rede migratória, loteria dos vistos e a proteção dos “dreamers”, como são chamados os cerca de 800 mil jovens imigrantes que entraram nos EUA ilegalmente quando crianças.

Sanders não deu mais detalhes sobre o acordo, mas garantiu que o bilionário muro que Trump quer levantar na fronteira com o México está inserido na “segurança das fronteiras”, embora os democratas se oponham ao projeto.

A construção da barreira na divisa mexicana pode ser uma exigência do presidente para regulamentar a permanência dos “dreamers” no país. Esse grupo é protegido pelo programa “Ação Diferida para Chegadas Infantis” (Daca, na sigla em inglês), criado por Barack Obama em 2012. No entanto, em setembro, Trump anunciou a revogação da iniciativa, que ainda não foi efetivada.

O combate à imigração clandestina foi um dos pilares da campanha do republicano, calcada na proposta de levantar um muro na fronteira com o México. A obra deve custar pelo menos US$ 18 bilhões, valor já pedido por Trump ao Congresso. Com informações da Ansa. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

 

 

Siga-nos em nossas redes sociais no FacebookTwitter,  InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para a redação do Blog do Silva Lima por e-mail: blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9200-1776.

Destaque

Pesquisa: Rejeição ao governo de Bolsonaro bate recorde, e chega a 43%

Publicado

em

Antes rachado em três, Brasil tem polo contrário ao presidente com 43% e favorável, fixo em 33%.

A rejeição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cresceu ao longo do mês passado, cristalizando uma polarização assimétrica na população em meio à crise sanitária, econômica e política pela qual passa o Brasil.

Segundo pesquisa do Datafolha feita na segunda (25) e na terça (26), já sob o impacto da divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, 43% dos brasileiros consideram o governo ruim ou péssimo. Recorde na gestão, esse número era de 38% no levantamento anterior, de 27 de abril.

Foram ouvidos 2.069 adultos, com margem de erro de dois pontos percentuais. A aprovação de Bolsonaro segue estável, os mesmos 33% nas duas aferições. Já aqueles que acham o governo regular, potenciais eleitores-pêndulo numa disputa polarizada, caíram de 26% para 22%. Leia a íntegra da matéria na Folha de São Paulo.

Olhando a breve série histórica de Bolsonaro no poder, o Brasil deixou de estar partido em três partes iguais, como o Datafolha indicou ao longo de 2019, para caminhar a uma divisão em que o polo que rejeita o presidente é mais denso.

Tal radicalismo é bastante visível entre os mais ricos, aqueles que ganham mais de 10 salários mínimos. Se antes eles eram um esteio da aprovação do presidente, agora estão entre os que mais o rejeitam, com 49% de ruim ou péssimo.

No mesmo segmento, contudo, é alta sua aprovação: 42%. A fatia daqueles no meio do caminho, que acham Bolsonaro regular, míngua para 8%.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

PF faz buscas na prefeitura do Recife, investigando compras de respiradores

Publicado

em

Uma operação que investiga a compra de respiradores pela prefeitura do Recife em caráter emergencial, através da Secretaria de Saúde, com dispensa de licitação, cumpriu mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (28). Um dos locais em os policiais estiveram pela manhã foi a sede da prefeitura, onde fica localizada a secretaria.

Esta foi a segunda fase da Operação Apneia, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU). Foram cumpridos mandados de busca nos estados de São Paulo e Pernambuco nesta manhã. No Recife, os mandados foram para os bairros do Recife, onde fica a prefeitura, e do Espinheiro.

Segundo as investigações, empresas com débitos com a União superiores a R$ 9 milhões se utilizaram de uma microempresa “fantasma”, que estava no nome da ex-companheira do proprietário de fato, para contratar com a PCR. A PF apontou que constatou que a firma contratada não existe de fato em seu endereço de cadastro, além de não ter funcionários ou bens em seu nome.

O total contratado com a prefeitura de Recife ultrapassava o patamar de R$ 11 milhões, segundo a Polícia Federal. No entanto, a empresa tinha um capital social de apenas R$ 50 mil e não poderia faturar mais que R$ 360 mil por ano, segundo as investigações. Trinta e cinco respiradores foram entregues.

Em nota, a prefeitura do Recife apontou que os policiais federais estiveram na Secretaria de Saúde da capital. A compra dos respiradores de uma empresa de São Paulo foi cancelada na sexta-feira (22).

“A referida compra foi cancelada pela Secretaria de Saúde e o único valor pago, de R$ 1,075 milhão, já foi devolvido pela empresa à Prefeitura no último dia 22. Portanto, não há possibilidade de haver qualquer prejuízo à Prefeitura do Recife. Todos os procedimentos da Secretaria de Saúde estão sendo realizados dentro da legalidade”, afirmou. (Do G1)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Parecer do TCU em relação aos precat´rorios do Fundef é inconstitucional e justiça determina paragmento a todos os professores

Publicado

em

O prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos, deve destinar 60% dos precatórios do Fundef para os profissionais do magistério que atuavam nos meses correspondentes ao repasse da verba. Em caso de óbito, a indenização será destinada aos sucessores. A decisão foi assinada pela juíza Flávia Hora Oliveira de Mendonça, da 27ª Vara da Justiça Federal de Pernambuco.

O processo foi movido pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o município de Ouricuri. Decisão vale para todo o Brasil. Flávia declarou inconstitucionais os pareceres do TCU que proibiam a subvinculação dos recursos ao magistério.

A magistrada também determinou que “o Município de Ouricuri, no prazo de 60 dias, elabore um plano de aplicação dos recursos, conforme a recomendação contida no Acórdão 2866/2018 – TCU – Plenário, o que deverá ser feito em participação com o sindicato dos professores no tocante aos 60% subvinculados”.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending