Conecte-se Conosco

Destaque

Homicídios volta a subir em Pernambuco

Publicado

em

Em janeiro de 2020, 335 pessoas foram assassinadas em Pernambuco, uma média de 10,8 homicídios por dia

Em janeiro de 2020, 335 pessoas foram assassinadas em Pernambuco, uma média de 10,8 homicídios por dia. O número é 14,3% maior que o registrado no mês de dezembro de 2019, quando foram contabilizados 293 homicídios. Quando comparado com o mesmo período do ano anterior, janeiro de 2019, o crescimento é de 9,8%. Com isso, a tendência de queda nesse tipo de crime experimentada por 25 meses consecutivos foi interrompida.

Quando os números de Janeiro de 2020 são comparados com os de janeiro de 2019, a Zona da Mata registrou 72 mortes, um aumento de 16,13%, o maior índice entre todas as macrorregiões de Pernambuco. Em Janeiro de 2019 houve 62 homicídios na região.

Já no Agreste, os assassinatos tiveram um acréscimo de 12%. Saíram de 75 para 84 crimes, enquanto o Sertão e a Região Metropolitana do Recife (RMR), exceto a capital, registraram alta de 8,82% (de 34 para 37 homicídios) e 8,14% (de 86 para 93 assassinatos) a mais de crimes contra a vida, respectivamente.

A capital pernambucana registou 49 mortes em Janeiro de 2020, contra 48 crimes em janeiro de 2019. O crescimento é de 2%, o menor entre as macrorregiões de Pernambuco.

Os percentuais de aumento são maiores em todas as macrorregiões, quando comparado a Dezembro de 2019. A Mata Pernambucana teve uma alta de 18% ao sair de 61 para 72 homicídios. O crescimento desse tipo de crime no Agreste foi de 16,6%, após o número de assassinatos subir de 72 para 84.

O Sertão e a Região Metropolitana do Recife (RMR), exceto a capital, tiveram crescimento de 5,7% (de 35 para 37 homicídios) e 6,9% (de 87 para 93 assassinatos) a mais de crimes contra a vida, respectivamente.

O Recife registrou 49 mortes em Janeiro de 2020, contra 38 crimes em Dezembro de 2019. O crescimento é de 28,9%, o menor entre as macrorregiões de Pernambuco.

Feminicídios

Seguindo o crescimento no número de assassinatos, os casos de feminicídio, quando a vítima é morta apenas por ser mulher, também tiveram aumento quando comparado com dezembro de 2019. Ao todo, seis mulheres foram vítimas desse tipo de crime, o que representa uma alta de 20% em relação ao número de casos notificados no mês anterior, quando cinco mulheres foram assassinadas com essa mesma motivação.

Quando considerado o mês de Janeiro de 2019 para efeitos de comparação, o número de feminicídios em Pernambuco teve uma retração de 33,3%. No primeiro mês de 2019, nove mulheres foram mortas por sua condição de gênero, enquanto em Janeiro de 2020, o número de vítimas foram seis.  (Por Marcelo Aprígio/JC Online)

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.001

Destaque

Chuvas tiram parte da cidade de Serra Talhada do rodízio de abastecimento d´água

Publicado

em

A Compesa decidiu tirar 40% da cidade de Serra Talhada do rodízio de abastecimento d´água, após o Açude Cachoeira 2 recuperar sua capacidade total de 21 milhões de metros cúbicos com as chuvas das últimas semanas. Os bairros onde o rodízio foi extinto passaram a receber abastecimento 24 horas por dia. As demais localidades ficaram em rodízio de seis dias com água para sete sem – um dia a menos que o habitual.

Antes das demasiadas chuvas na região, o reservatório Cachoeira 2 vinha operando com apenas 30% de seu volume total. O abastecimento era complementado pela Adutora do Pajeú, cuja água vem do Rio São Francisco. Segundo a presidente da Compesa, Manuela Marinho, o estoque do açude assegura o novo regime de distribuição na cidade por pelo menos um ano.

A expectativa da concessionária é diminuir ainda mais os dias sem água em Serra Talhada. Ajustes operacionais no sistema de distribuição vêm sendo feitos por equipes técnicas. A Compesa espera anunciar pelo menos mais um dia de redução do rodízio. (Da redação do Blog Alvinho Patriota)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Parnamirim-PE: Projeto arrecada alimentos e produtos de higiene para famílias carentes

Publicado

em

Diante da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, tem trabalhado bastante para atender as famílias mais vulneráveis do município. Entre as medidas adotadas, está o trabalho realizado pelo “Projeto Mãos que Transformam”, que está arrecadando alimentos e materiais de higiene e limpeza.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Jôrdania Moura Dias, a demanda de famílias carentes aumentou muito devido ao novo coronavírus. “A secretaria já distribuía cestas mensais, mas o número de famílias que precisam agora é muito maior, uma vez que muitas pessoas perderam a fonte de renda”, explica.

O projeto está recebendo doações de pessoas e empresas. Os mantimentos podem ser entregues no CRAS, localizado na Avenida Aristando Ferreira Lima, centro – de segunda a sexta-feira, das 8h às 11 h. Após este horário, os interessados em contribuir podem entrar em contato pelos telefones: (87) 99611-8751, (87) 99911-9099, (87)99912-5192, 99808-7787 e (87) 99953-0025. A equipe buscará os itens no local, sempre que for possível, de acordo com a escala de saídas.

A secretaria conta ainda com um grupo de voluntários nas arrecadações dos produtos. Interessados pode entrar em contato pelo telefone (87) 99611-8751 ou procurar a secretaria. A equipe do projeto montará kits que serão entregues à secretaria que, por sua vez, se responsabilizará pela entrega, por meio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), que continua aberto, porém sem atividade de grupos.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Brasil tem 159 mortes por coronavírus, segundo Ministério da Saúde

Publicado

em

O número de infectados é de 4.579.

Brasil registrou nesta segunda-feira, 30, em atualização da plataforma do Ministério da Saúde, 4.579 casos confirmados da covid-19, transmitida pelo novo coronavírus. O número corresponde a 323 novas confirmações em relação à última atualização, feita domingo, 29, dos dados da pandemia no País. As mortes pela doença chegam a 159 , com aumento de 23 óbitos em relação à ultima contagem. O índice de letalidade está em 3,5%.

Para conter o avanço da pandemia no país, o Ministério da Saúde orienta que a população siga em isolamento social. Contrariando a pasta, o presidente Jair Bolsonaro foi às ruas na manhã de domingo, 29. Bolsonaro visitou vários comércios locais ainda abertos em Brasília e cumprimentou populares. Houve aglomerações para tirar selfies com o presidente. “O que eu tenho conversado com o povo, eles querem trabalhar. É o que eu tenho falado desde o começo. Vamos tomar cuidado, a partir dos 65 fica em casa…”, disse Bolsonaro, que completou 65 anos no último dia 21.

Em reunião no sábado, 28, como revelou a colunista do jornal O Estado de S.Paulo Eliane Cantanhêde, Mandetta já havia alertado o presidente e os demais ministros: “Estamos preparados para o pior cenário, com caminhões do Exército transportando corpos pelas ruas? Com transmissão ao vivo pela internet?”

Em outro momento, Mandetta deixou claro que, se o presidente insistisse em ir às ruas, seria obrigado a criticá-lo. E Bolsonaro rebateu que, nesse caso, iria demiti-lo. Mais tarde, em entrevista coletiva, o ministro da Saúde foi incisivo e condenou atos pela abertura do comércio e disse que “os mesmos que fazem carreata vão ficar em casa daqui a duas semanas”.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending