Conecte-se Conosco

Política

Justiça decreta sigilo de investigação do acidente que matou ministro

Publicado

em

teori_velorio

granja-pe-cicero-300x250Ordem foi do juiz Raffaele Felice Pirro, da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis (RJ).

Foi decretado o sigilo das investigações realizadas pela Polícia Federal (PF) sobre a queda do avião que levava o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki.

De acordo com informações do portal G1, a ordem é do juiz Raffaele Felice Pirro, da 1ª Vara Federal de Angra dos Reis (RJ), e foi dada nesta segunda-feira (23). 

Dois inquérito estão investigando o acidente. Um aberto pela PF e sob responsabilidade do delegado chefe da Polícia Federal de Angra, Adriano Antonio Soares, e outro aberto pelo Ministério Público Federal (MPF). 

Além de um gravador de voz, documentos relativos à manutenção da aeronave e peças içadas após o acidente serão averiguados. Provas testemunhais no local da queda também estão sendo recolhidas.

O avião com o ministro e mais quatro pessoas caiu na última quinta-feira (19), em Paraty (RJ). Todos as pessoas a bordo morreram.

Política

Senadores podem decidir sobre fim das saídas temporárias nesta terça

Publicado

em

O projeto que limita as saídas temporárias de presos condenados, conhecidas como “saidinhas”, tem previsão para ser votado no Senado na sessão desta terça-feira (20). O texto é um dos itens da pauta da sessão plenária, marcada para começar às 14h. Como houve alteração da proposta em relação à que foi aprovada na Câmara, caso passe pelo crivo dos senadores, será preciso passar por uma reanálise dos deputados federais antes de ir para a sanção presidencial.

A saída temporária é um benefício previsto no artigo 122 da Lei de Execuções Penais e se aplica aos condenados que estejam no regime semiaberto e já tenham cumprido um quarto da pena. A ideia é estimular a volta ao convívio social, liberando o preso temporariamente durante feriados e pontos facultativos.

A proposta entrou na ordem do dia após aprovação de requerimento de urgência, o que eliminou a discussão na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). A matéria prevê a realização de exame criminológico para a progressão de regime e o uso de tornozeleira eletrônica em presos dos regimes aberto e semiaberto ou em progressão para esses regimes.

O relator da proposta é o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), que acolheu uma emenda do senador Sergio Moro (União-PR). A sugestão defende a manutenção da saída temporária de presos apenas nos casos para curso supletivo profissionalizante ou de instrução do ensino médio ou superior.

A proposta entrou na ordem do dia após aprovação de requerimento de urgência, o que eliminou a discussão na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). A matéria prevê a realização de exame criminológico para a progressão de regime e o uso de tornozeleira eletrônica em presos dos regimes aberto e semiaberto ou em progressão para esses regimes.

O relator da proposta é o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), que acolheu uma emenda do senador Sergio Moro (União-PR). A sugestão defende a manutenção da saída temporária de presos apenas nos casos para curso supletivo profissionalizante ou de instrução do ensino médio ou superior.

A expectativa é de que todo esse processo de deliberação no Congresso seja acelerado. O projeto tramita no Legislativo há mais de uma década, mas o tema ganhou apelo após o assassinato do sargento da Polícia Militar de Minas Gerais Roger Dias por um presidiário que descumpria o prazo do benefício.

Fonte: R7

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Política

Impeachment: até o momento 92 deputados assinaram o pedido

Publicado

em

Noventa e dois deputados federais da oposição e da base do presidente, assinaram um pedido um pedido de impeachment contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva(PT) em decorrência de suas críticas às ações de Israel no conflito com o Hamas.

Durante uma coletiva de imprensa que marcou o encerramento de sua viagem à Etiópia, o presidente Lula declarou que o que ocorre na Faixa de Gaza não é uma guerra, mas sim um genocídio, fazendo alusão às atrocidades cometidas pelo ditador nazista Adolf Hitler contra os judeus.

Até a publicação desta matéria, pelo menos 92 parlamentares da oposição de partidos como o União Brasil, Partido Liberal, Podemos e Republicanos manifestaram apoio ao pedido de impeachment após tais declarações, conforme informado pela assessoria da deputada Carla Zambelli (PL-SP).

O objetivo é protocolar o pedido na Câmara até terça-feira (20 de fevereiro de 2024). “Lula está incitando a injúria racial e incorrendo em crime de responsabilidade conforme previsto no artigo 5º da Constituição Federal, o que também é corroborado pela forte repulsa expressa pelo Primeiro Ministro de Israel”, afirmou Zambelli.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Política

TSE atualiza sistema “Filia” após falsa filiação de Lula ao PL de Bolsonaro

A mudança ocorreu após a falsa filiação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), feita por outra pessoa, ao PL, partido de Jair Bolsonaro.

Publicado

em

O Sistema de Filiação Partidária (Filia), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou ao ar na sexta-feira, 16, com nova camada de segurança aos usuários para reduzir o risco de fraudes. A mudança ocorreu após a falsa filiação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), feita por outra pessoa, ao PL, partido de Jair Bolsonaro. Em janeiro, a Corte acionou a Polícia Federal (PF) para investigar o caso.

“O Filia saiu do ar para ter um novo fator de segurança. Foram necessários alguns dias para esses ajustes. Depois de devidamente instalado, o sistema voltou a funcionar”, informou o TSE nesta segunda-feira, 19.

A filiação do presidente na sigla adversária foi realizada no dia 15 de julho de 2023, no PL em São Bernardo do Campo (SP). Na ocasião, o Tribunal informou que não houve ataque ao sistema ou falha em sua programação, mas, sim, o uso de credenciais válidas de Daniela Leite e Aguiar, advogada que presta serviços ao PL.

Em janeiro, o TSE informou que havia “claros indícios de falsidade ideológica, tendo sido anulada a alteração e requisitada à Polícia Federal a instauração de inquérito policial”. A Corte informou nesta segunda-feira que não há atualizações sobre o caso. A PF disse que não comenta sobre investigações em andamento.

A partir da atualização do sistema, os usuários do Filia precisam confirmar o acesso pelo aplicativo e-Título. Ou seja, para inserir dados de um novo filiado, o representante do partido tem que utilizar a senha de acesso e ainda preencher uma informação que será solicitada na tela e deverá ser confirmada mediante o aplicativo da Justiça Eleitoral.

“A inserção de Lula só foi possível porque foi usada a senha de um dos dirigentes do partido. Agora, com o segundo fator de autenticação, além da senha cadastrada, é preciso utilizar o e-Título para filiar determinado candidato”, informou o TSE.

A autenticação em dois fatores é um método de segurança de gerenciamento de identidade e acesso que requer duas formas de identificação para acessar recursos e dados.

Foto Getty

Por Estadão

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!