Conecte-se Conosco

Pernambuco

Número de roubos cai 30% em setembro em Pernambuco

Publicado

em

O número de roubos em Pernambuco no mês de setembro apresentou uma queda de 30,38% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o Estado registrou 9.617 ocorrências. É o que revela o balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS), divulgado na noite desta quinta-feira (11). De acordo com as estatísticas, setembro de 2018 teve 6.695 roubos, o menor número dos últimos 41 meses. Nos registros da pasta, o menor número desse tipo de crime foi em abril de 2015, com 6.125 delitos.

No acumulado de janeiro a setembro de 2018, foram 72.500 roubos, o que representa uma redução de 23,73% se comparado ao mesmo período de 2017, quando foram registrados 95.062 ocorrências. 

Segundo a SDS, todas as regiões de Pernambuco contribuíram para esse cenário, com destaque para o Agreste, com retração de 26,54% nos nove meses (de 17.402 para 12.783 casos). Levando em consideração apenas o mês de setembro, a queda foi de 45,48%, caindo de 1.904 para 1.038 casos. 

A Região Metropolitana do Recife, exceto a capital, apresentou 2.289 queixas de roubos, uma queda de 28,82% em relação ao mesmo mês do ano anterior (3.218). No acumulado, o decréscimo foi de 24,56%, saindo de 32.812 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) para 24.752. 

No Sertão, os roubos diminuíram 16,57% nos nove primeiros meses do ano, caindo de 5.008 para 4.178. Em setembro, os casos diminuíram em 25,3% (de 502 para 375). Na Zona da Mata, os crimes desse tipo caíram 18,63% (11.309 para 9.202) no acumulado do ano e 14,56% se comparar setembro de 2018 ao mesmo mês do ano passado.

No Recife, entre janeiro e setembro deste ano, o número de roubos caiu 24,56% se comparado ao mesmo período de 2017. Em 2018, foram 24.752 queixas na capital pernambucana, quando, no ano passado, foram registradas 32.812. Em relação apenas ao mês de setembro, a queda foi de 28,87%, saindo de 3.218 para 2.289 roubos.

Segundo as estatísticas da SDS, os casos CVPs apresentaram menos registros nas Áreas Integradas de Segurança (AIS) 2, 3, 4 e 5. A AIS 2, com sede no bairro do Espinheiro, apresentou, em setembro de 2018, o menor número de roubos dos últimos quatro anos e meio, com 409 ocorrências. A AIS 4, na região da Várzea, registrou 562 CVPs, índice mais baixo em 43 meses. Na área de Boa Viagem (AIS 3), os 566 roubos notificados são o patamar mais baixo desde setembro de 2015. A AIS 5, de Apipucos, teve 300 CVPs em setembro, menor índice em 2 anos e 2 meses.

Celulares e assaltos a ônibus
A Secretaria registrou 2.651 roubos de celulares em setembro deste ano, uma redução de 33% em comparação ao mesmo mês do ano passado, que contabilizou 3.945 casos. No acumulado de nove meses, o número desse crime caiu 28%, com 27.498 registros entre janeiro e setembro, contra 38.184 notificados no mesmo período do ano passado.

A SDS atribui a queda de delitos ao programa Alerta Celular, que, desde março do ano passado, já ajudou a recuperar 4.608 telefones. Em setembro deste ano, 590 celulares foram recuperados, 484% a mais que o número de recuperados no mesmo mês de 2017. 

Em relação aos assaltos aos coletivos, as estatísticas informam que, em setembro, foi registrado o menor número de ocorrências em uma série histórica de 46 meses. Foram 44 casos, acima apenas de outubro de 2014, quando foram registrados 37 roubos a ônibus. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a redução foi de 41%. Entre janeiro e setembro, a queda foi de 43,8%, com 679 roubos, em relação ao mesmo período de 2017, que registrou 1.209 crimes.

Roubo a bancos e veículos
De janeiro a setembro de 2018, os roubos a agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos caíram em 30%, com 54 investidas. Em 2017, foram 78 casos notificados. 

Já os crimes contra veículos e carga reduziram 31,26% em setembro, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 1.038 roubos neste ano contra 1.510 crimes em 2017. De janeiro a setembro, foram 11.995 registros, enquanto em 2017 foram 15.370, o que representa uma redução de 21,96%.

Em relação às cargas roubadas, houve uma queda de 34% em setembro, com 33 registros. No mesmo mês de 2017, foram 50 roubos. No acumualdo do ano, a redução foi de 14% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

(Do FolhaPE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

TCE-PE alerta DER para irregularidades na execução de contrato da BR-101

Publicado

em

A conselheira Teresa Duere emitiu um Alerta de Responsabilização determinando ao Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco a adoção de medidas para solucionar algumas irregularidades apontadas por uma Auditoria do Tribunal de Contas na execução do contrato nº 006/17, firmado com o Consórcio Andrade Guedes/Astep. A contratação foi resultante do Regime Diferenciado de Contratações Públicas nº 001/2016 (SETRA), destinado à elaboração dos projetos básico e executivo para as obras de melhoramentos, adequação de capacidade e segurança e reabilitação do pavimento da rodovia BR-101, no trecho que vai do Km 51,6 ao Km 82,3, no contorno do Recife.

A iniciativa da conselheira Teresa Duere se baseou em um processo de sua relatoria, referente a uma auditoria de acompanhamento realizada pela Gerência de Auditoria de Obras na Administração Indireta Estadual do TCE. O documento, que também chamou a atenção para graves falhas no acompanhamento da execução do contrato, foi encaminhado ao diretor-presidente do DER-PE, Bruno Cabral, e ao gestor do 1º Distrito Rodoviário da autarquia (1º DOD), Nilson Francisco da Silva.

As irregularidades descritas pela equipe técnica do TCE apontam para falhas em vários pontos da gestão do contrato, destacando problemas nos controles da qualidade (controle tecnológico e geométrico) dos serviços executados e que poderão acarretar dano ao erário e diminuição da durabilidade da obra. De acordo com a auditoria, o Programa de Gestão da Qualidade também não apresenta memória de cálculo explicando as quantidades empregadas, nem justifica os procedimentos adotados para os ensaios de controle tecnológico, qualificados pela própria empresa supervisora da obra como insuficientes.

O acompanhamento das medidas que venham a ser implementadas pelo DER será realizado por meio do processo de Auditoria Especial TC nº 1729516-6, em tramitação no Tribunal.

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

MPF instaura procedimento para acompanhar preenchimento de vagas do Programa Mais Médicos em 30 municípios de Pernambuco

Publicado

em

O Ministério Público Federal (MPF), em Pernambuco, por intermédio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), instaurou procedimento administrativo para acompanhar o preenchimento das vagas ofertadas no Programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde, nos 30 municípios pertencentes à área de abrangência da Procuradoria da República em Pernambuco (ver lista abaixo).

A procuradora regional dos Direitos do Cidadão em Pernambuco, Carolina de Gusmão Furtado, instaurou procedimento para acompanhar a questão a partir da publicação de edital de adesão ao Mais Médicos em novembro de 2018, após a saída de 8,5 mil médicos cubanos e a consequente abertura das vagas decorrentes no programa. 

Conforme destaca o MPF, a saída dos profissionais de Cuba provocou grande migração de médicos que atuavam em outros serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) para o Mais Médicos, o que pode acarretar graves prejuízos aos serviços públicos de saúde.

A PRDC reforça que 40% dos inscritos já atuavam na Estratégia Saúde da Família, havendo a possibilidade de ocorrência da prática de acumulação ilícita de cargos pelos médicos, o que é vedado pela Constituição.

Foi expedido ofício para que o Ministério da Saúde informe, em até dez dias úteis, o número de vagas ofertadas e de profissionais inscritos no Programa Mais Médicos em Pernambuco, bem como número e locais de vagas não preenchidas, seja por falta de interessados ou por não apresentação de inscritos no local. Também deverá informar a lista nominal dos inscritos, com identificação dos que já atuavam no SUS, além do número de profissionais que já se estabeleceram e as respectivas localidades.

Municípios abrangidos: Abreu e Lima, Araçoiaba, Bom Jardim, Bueno Aires, Camaragibe, Carpina, Chã de Alegria, Feira Nova, Fernando de Noronha, Gameleira, Glória de Goitá, Igarassu, Itamaracá, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, João Alfredo, Lagoa do Carro, Lagoa de Itaenga, Limoeiro, Machados, Moreno, Nazaré da Mata, Olinda, Paudalho, Paulista, Pombos, Recife, São Lourenço da Mata, Tracunhaém, Vitória de Santo Antão. 

Procedimento administrativo nº 1.26.000.000005/2019-99 – Com informações da Assessoria de Comunicação do MPF/PE

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco cobra antecipação das diárias do Carnaval

Publicado

em

Por meio de ofícios enviados esta semana às secretarias de Defesa Social (SDS) e Administração (SAD), bem como aos comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, a Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE) lembrou a necessidade de serem pagas antecipadamente as diárias do Carnaval.

No ofício encaminhado ao secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, o presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, destaca que a antecipação é prevista por lei e que os profissionais da segurança estão preocupados.

“Venho através deste manifestar o sentimento de preocupação dos policiais bombeiros militares, no tocante ao ‘pagamento’ das diárias do ‘período momesco’ que se aproxima, bem como lembrar que alguns eventos prévios acontecerão ao citado período”, escreveu.

Ainda no documento, Albérisson frisa que o atraso do pagamento das diárias dos policiais e bombeiros tem se repetido com muita frequência em Pernambuco.

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending