Conecte-se Conosco

Pernambuco

Secretaria de Planejamento divulga balanço do Chapéu de Palha

Publicado

em

O Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada cadastrou 9.934 trabalhadores rurais nos sete municípios – Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Belém de São Francisco e Petrolândia – que são atendidos pelo programa no Sertão do Estado. As inscrições foram finalizadas na última sexta-feira nos 14 pontos de atendimento instalados na região.

O coordenador do programa, coronel Humberto Viana, faz um balanço positivo sobre o cadastramento. “Nossa avaliação é de que todo o processo aconteceu de forma tranquila, atendendo a todos os trabalhadores que procuraram os locais de cadastramento”, afirma. Ele destaca a parceria realizada entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Petrolina, município que conta com o maior número de inscritos.

“A Prefeitura foi um importante parceiro nessa etapa de cadastramento, ajudando com a infraestrutura e, principalmente, com a ação paralela de combate ao Aedes Aegypti”, comenta. O coordenador também ressalta que foram gerados cerca de 200 empregos temporários para o atendimento dos trabalhadores.

A primeira parcela do benefício será paga em março. Cada trabalhador receberá quatro parcelas de até R$ 246,45 complementares ao Bolsa Família. Além disso, os cadastrados participarão de cursos de qualificação profissional, que devem ter início a partir de março. Os cursos são realizados numa parceria entre a Secretaria de Planejamento e Gestão e as Secretarias da Mulher, de Educação, da Agricultura e Reforma Agrária, de Meio Ambiente e de Trabalho e Qualificação Profissional.

O Chapéu de Palha atua em três frentes: Fruticultura Irrigada, Zona Canavieira e Pesca Artesanal. Ainda neste semestre, será dado o início para o cadastramento dos trabalhadores da palha da cana da Zona da Mata e dos pescadores de todo o Estado no programa.

(Do Blog do Magno)

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta Quarta-feira, 15 de Julho de 2020

Publicado

em

Veja a capa com as principais manchetes dos principais jornais de PE, desta Quarta-feira, 15 de Julho de 2020.

  Capa do jornal Folha de Pernambuco 15/07/2020Capa do jornal Jornal do Commercio 15/07/2020

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Iguaracy: pré-candidato esquece distanciamento social

Publicado

em

Em Iguaracy, chegaram ao blog imagens do aniversário de 37 anos do pré-candidato a prefeito pelo AVANTE, Antonio Carlos, o Bibí.

No evento festivo, distanciamento social mandou lembrança. Familiares e correligionários do pré-candidato compartilharam aos montes as imagens, sem nenhum constrangimento.

O próprio Bibí sapecou as imagens em suas contas nas redes sociais,  sem se atentar para os questionamentos, que tomam a Internet coladas com as imagens.

Pior foi a justificativa na sua rede social.  O pré-candidato afirmou que todos os anos faz comemorações do seu aniversário com inúmeras pessoas.

“Porém esse ano, por motivo do Covid-19 foi apenas com a família e um número bem reduzido de cinco amigos muito próximos que não apresentaram nenhum dos sintomas, não quebrando nenhum protocolo”. Na imagem acima, são praticamente  vinte pessoas, ajuntadas, inclusive crianças. (Do Nill Jr)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Recife: Apoio de Paulo Rubem Santiago à Marília Arraes(PT), abre crise no PSol

Publicado

em

O professor universitário e ex-deputado federal Paulo Rubem Santiago, que é filiado ao PSol, divulgou, nesta segunda-feira (13), uma carta aos militantes, filiados e simpatizantes do partido explicando as razões pelas quais, apesar de a sigla ter desistido de lançar um candidato a prefeito no Recife, pretende manter sua postulação ao cargo. Na última terça-feira (07), em reunião plenária, a agremiação decidiu apoiar a candidatura da deputada federal Marília Arraes (PT) à prefeitura da capital pernambucana.

No texto distribuído aos meios de comunicação locais, Paulo Rubem conta que lançou-se ao páreo ainda em 2019, ao lado de outros dois pré-candidatos da sigla, Severino Alves, presidente estadual do PSOL; e Zé Gomes, que deixou a disputa pouco depois para apoiar o ex-parlamentar. Diante do cenário, conforme as regras do partido, deveriam ser realizadas prévias nos dias 18 e 19 julho para que, entre as opções postas, fosse escolhido o nome que representaria o PSol nas urnas neste ano.

“Até recentemente, com sete membros em sua composição, o DM (diretório municipal) Recife tinha três membros identificados com a minha candidatura, três com a de Severino Alves e um defensor de candidatura própria, João Andrade, da Corrente Interna Primavera Socialista, até então sem manifestar preferência por nenhum dos nomes. Eis que, dias antes da reunião para decidir a organização das prévias, ofício vindo de São Paulo, da direção da Corrente Primavera Socialista, destitui João Andrade de sua posição no DM Recife e indicando outro militante que, de forma diversa dos votos das chapas obtidas na convenção municipal realizada em 2017, passa a integrar o grupo defensor da outra pré-candidatura, que assim passou a ter quatro dos sete votos do Diretório Municipal do Recife”, relatou Paulo Rubem.

Em reunião partidária realizada no último dia 7, Severino Alves retirou sua pré-candidatura e “apresentou proposta de coligação com candidatura externa ao PSol”, o que, caso fosse aceito, derrubaria a possibilidade de uma postulação própria. Na ocasião, quatro dos sete membros do DM concordaram com a ideia do presidente estadual do partido e os demais se abstiveram. “Como entendiam que haveria prévias e que a tese vigente era de apresentarmos candidatura própria, a ser definida pela maioria dos filiados em convenção, os outros três membros do Diretório se recusaram a votar as alterações sugeridas por Severino Alves”, disse o docente, afirmando, contudo, que não aceita a cassação da sua postulação.

“Contra a sucessão de atos antidemocráticos antes relatados, decidi manter minha pré-candidatura, candidatura coletiva que defende paridade em todas as instâncias da campanha, na chapa proporcional e para o governo da cidade, que expressa a voz dos que defendem um partido com autonomia política e independência de classe para decidir seus rumos na direção de uma frente de esquerda, por uma cidade com igualdade, direitos individuais e sociais e participação popular em sua gestão”, cravou Paulo Rubem.

Severino Alves classificou as declarações do correligionário como “choro de perdedor”. O presidente do PSol afirmou, ainda, que a aliança do partido com Marília é “martelo batido e ponta virada” e que a sigla não vai mudar sua decisão apenas por esse ser o desejo de Rubem.

“Eu não sei qual o interesse que Paulo Rubem tem na manutenção desse desgaste público. Para mim, isso é choro de perdedor, coisa de quem perdeu a disputa internamente e não quer aceitar. Ele fala que o partido não tem democracia interna, mas a composição atual do PSOL é fruto de um processo democrático, de uma votação. Ele sabe que as prévias só seriam realizadas se a tática do partido fosse de lançamento de candidatura própria, mas já decidimos pelo apoio, junto com outros partidos de esquerda, da candidatura de Marília Arraes. Isso é prego batido e ponta virada. Até no partido ele está isolado, pois os três membros do diretório que não foram favoráveis à aliança se abstiveram, não concordaram com a candidatura dele”, disparou o dirigente partidário.

Na última semana, através da sua conta no Twitter, o presidente nacional do partido, Juliano Medeiros, disse, após citar o apoio do partido em Pernambuco à candidatura de Marília, que “no PSOL quem dá a última palavra são os municípios” e que respeita “a realidade local”. Com informações do Jornal do Commercio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending