Conecte-se Conosco

Destaque

Renan é aconselhado a esquecer projeto sobre abuso de autoridade

Publicado

em

renan_uhyj

Presidente do Senado não deve voltar a desafiar o Judiciário.

O projeto que endurece punições para abuso de autoridade perdeu força no Senado após as polêmicas dos últimos dias e não seguirá adiante esse ano. Essa foi mais uma das consequências da manutenção do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), no cargo pelo pleno do STF (Supremo Tribunal Federal).

Publicamente, Renan tem afirmado que a decisão final sobre a votação cabe ao plenário. Foi o que fez nesta quinta (8).

“Qualquer decisão em relação à urgência de alguma matéria tem que ser decisão do plenário, não é do presidente. O presidente pauta. Mas quem decide se é urgente ou não é o plenário e é exatamente isso o que tenho feito”, disse o presidente do Senado.

Após sofrer um baque político com a liminar do ministro do STF Marco Aurélio Mello, que o afastou liminarmente na última segunda (5) da presidência do Senado, e retomar o comando com a apreciação do assunto por todos os ministros na quarta (7), o peemedebista foi aconselhado por aliados a recuar.

Desde segunda, Renan tem recebido peemedebistas próximos para discutir sua situação. Estiveram na residência oficial do Senado, entre muitos outros, o ex-presidente da Casa José Sarney (AC), com quem o senador conversou reservadamente por algumas horas nos últimos três conturbados dias.

Sarney o aconselhou primeiramente a não seguir adiante com a proposta de abuso de autoridade. Deixar o tema morrer e não tocar mais no assunto é o lema.Concordaram com os conselhos outros dois fieis aliados peemedebistas, os senadores Eunício Oliveira (CE), líder do partido no Senado, e Romero Jucá (RR), líder do governo no Congresso. No plenário, nesta quinta, os dois são os primeiros a se posicionar contrários quando qualquer senador questiona sobre a votação do projeto de abuso de autoridade.

Logo após a decisão do STF, Renan recebeu alguns líderes do Senado em seu gabinete. Em meio às felicitações pelo resultado do julgamento, as conversas tratavam de dizer que a proposta não seguiria adiante por “falta de clima”.

PRESSÕES

A avaliação em geral é que Renan “esticou a corda”, ficou “em um cabo de guerra” com o Judiciário ao bancar a proposta de abuso de autoridade. É dele o projeto que seria votado no calendário previsto até a próxima semana.

Para o grupo do senador contudo, o estopim teria ocorrido na última quarta (30), quando Renan fez uma tentativa de acelerar o pacote anticorrupção desfigurado pela Câmara que havia acabado de chegar à Casa. O projeto que trata das medidas contra corrupção teve um trecho incorporado pelos deputados que também pune trata de abuso de autoridade.

Nesta quinta, Renan disse que estava, apenas avaliando o plenário. “Quando vieram para apreciar aquelas medidas que da Câmara, e estava claro que não seria aprovado, para ter apreciação em caráter de urgência, fiz questão de concluir a votação, porque o plenário me daria exatamente uma noção de espaço temporal em relação [à tramitação]”, disse o senador.

A manobra, encarada como um “agir com o fígado”, “pegou mal” para o senador, avaliam aliados. O peemedebista é um antigo conhecedor da “temperatura” do plenário e já sabia, afirmam senadores, que seria derrotado.

A proposta tem gerado polêmica mesmo enquanto ainda era parte apenas dos discursos de Renan. O senador defendia a aprovação do projeto antes do recesso do meio do ano, mas as controvérsias geradas não permitiram a votação. Renan parecia ter esquecido o assunto, mas o fez ressurgir após a operação Métis da Polícia Federal, que prendeu policiais legislativos do Senado.

O tema sempre foi alvo de críticas por parte de integrantes do poder judiciário e considerada por alguns uma afronta. O juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, já havia se posicionado contra. Afirmou, em visita ao Senado, que a aprovação do projeto poderia passar uma mensagem errada à população e ser interpretada como uma intenção de “tolher” investigações.

Com informações da Folhapress.

Destaque

Prefeito Dr.Marcones fortalece educação em Salgueiro com a posse de novos professores

Publicado

em

Em um movimento estratégico para fortalecer o sistema educacional da cidade, Dr. Marcones, prefeito da cidade do Salgueiro, deu posse nesta terça-feira (20) a dez novos professores para a rede municipal de educação. Este passo é visto como uma ação fundamental no compromisso da gestão de enriquecer a qualidade do ensino e garantir um futuro promissor para as novas gerações da cidade.

Essa iniciativa é parte de um esforço mais amplo do prefeito e sua gestão para melhorar a qualidade da educação oferecida aos estudantes de Salgueiro. Com a chegada dos novos professores, espera-se não apenas suprir a demanda por profissionais qualificados nas escolas, mas também introduzir novas perspectivas e metodologias que enriqueçam o processo de aprendizagem dos alunos.

Com essas ações, Salgueiro dá um passo à frente na busca por uma educação de qualidade, capaz de formar cidadãos preparados para os desafios do futuro e contribuir para o crescimento da região.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Destaque

Secretário de saúde, George Arraes, afirma que não houve roubo e nem arrombamento do antigo hospital de campanha

Publicado

em

Após uma denúncia sem fundamento por parte de um determinado blog, o secretário de saúde, George Arraes, realizou uma vistoria junto ao servidor, Thiago Henrique dos Anjos Santos, responsável pelo setor de patrimônio da secretaria de saúde, ao prédio que que foi entregue em 2016 pelo prefeito Dr Marcones e está destinado a funcionar como UPA 24h. Na ocasião, o secretário afirma que não detectaram que não houve roubo e nem arrobamento e que os equipamentos permanecem como foram deixados pela administração.

Por Mikael Sampaio

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.
 

Continue lendo

Destaque

Clima tenso em Verdejante: Escolha do sucessor de Haroldo Tavares para prefeitura gera incertezas e expectativas

Publicado

em

O clima político em Verdejante está cada vez mais tenso à medida que as eleições municipais deste ano se aproximam. O atual prefeito, Haroldo Tavares, encontra-se em uma encruzilhada crucial ao decidir quem será seu sucessor. Com opções limitadas e desafios iminentes, a escolha do próximo líder municipal se torna uma questão de extrema importância para o futuro da cidade.

Antes que a tensão política se intensificasse, era amplamente esperado que Haroldo indicasse um de seus sobrinhos como seu sucessor. Os nomes de Heider, Heder e Chicão estavam em consideração.

Por fora o empresário Wilson Pizza emerge como uma alternativa viável. Com uma história política já estabelecida, tendo sido vice-prefeito ao lado de Haroldo nas eleições de 2016, Wilson tem trabalhado nos bastidores  para consolidar sua candidatura, mesmo sem o apoio explícito do atual prefeito.

Levantamentos encomendados por diversas lideranças políticas revelam que Wilson Pizza é o favorito nas sondagens, vencendo em todas as simulações. Esse respaldo fortalece ainda mais sua posição como potencial candidato.

Wilson Pizza confirma sua pré-candidatura: Procurado pelo blog, Wilson Pizza confirmou sua intenção de concorrer e demonstrou confiança em seu apoio, destacando que está tranquilo e recebendo suporte de forma consistente. Ele expressa o desejo de contar com o respaldo de Haroldo Tavares, porém, indica estar preparado para seguir adiante independentemente disso.

À medida que as eleições se aproximam, a incerteza em Verdejante permanece latente. O dilema de Haroldo Tavares na escolha de seu sucessor reflete os desafios políticos e as dinâmicas em jogo. Enquanto Wilson Pizza emerge como uma opção promissora, a decisão final do prefeito será crucial para o futuro político da cidade. (Do Sertão Central)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!