Conecte-se Conosco

Educação

Estudantes que não fizeram Enade precisam justificar ausência

Publicado

em

Pedido de dispensa deve ser feita ao coordenador de curso

Os estudantes inscritos na condição de concluintes regulares que não fizeram a prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 e/ou não responderam ao Questionário do Estudante precisam justificar a ausência. As provas que avaliam os cursos de instituições de ensino superior foram aplicadas no dia 24 de novembro, com a presença de 390 mil estudantes, 89,6% dos inscritos.

A solicitação de dispensa da prova deve ser feita ao coordenador de curso da instituição, de 2 de janeiro de 2020 a 5 de fevereiro. A prova e o preenchimento do questionário são componentes curriculares obrigatórios para que o estudante obtenha o diploma da graduação.

O questionário desse ano foi respondido por 93,7% dos participantes. As instituições de ensino inscrevem os estudantes ingressantes e concluintes dos cursos de graduação avaliados na edição do Enade. Apenas os concluintes precisam fazer a prova.

O Enade 2019 avalia mais de 8 mil cursos pertencentes a 29 áreas de conhecimento, ofertadas por 1.953 instituições de educação superior.

Critérios de dispensa

A regularização dos estudantes ocorrerá de acordo com os critérios descritos no edital.

Um deles é a solicitação de dispensa da prova pelo próprio estudante em caso de acidente, assalto, casamento, extravio, perda, furto ou roubo de documento de identificação, luto, acompanhamento de cônjuge transferido(a) de município por seu empregador, saúde, maternidade, paternidade, atividade acadêmica, concurso público ou processo seletivo de trabalho, intercâmbio, privação de liberdade e trabalho. Ainda assim, o estudante deverá ter preenchido o questionário no período estipulado em edital. Caso o coordenador do curso indefira o pedido, cabe recurso no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que deve ser feito pelo Sistema Enade.

A dispensa da prova também pode acontecer por iniciativa das instituições de ensino superior, por compromissos acadêmicos vinculados ao curso avaliado pelo Enade, como atividade curricular e intercâmbio acadêmico. Nesse caso, pelo Sistema Enade, a instituição deve apresentar declaração ou documento que comprove a participação do estudante na atividade. Também nesses casos o estudante terá garantida a regularidade apenas se tiver preenchido o questionário.

O estudante também será dispensado quando não tiver sido inscrito no período previsto ou sido informado sobre sua inscrição no Enade, além de outras situações que inviabilizem integralmente a participação do aluno, por ato ou omissão da instituição de ensino. Nesse caso, a regularização ocorrerá mediante registro no Sistema Enade, por ação direta e exclusiva do coordenador de curso.

(Por Andreia Verdélio )

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Pernambuco terá plano específico para o retorno das aulas

Publicado

em

O retorno das aulas presenciais em escolas, faculdades e universidades pernambucanas, públicas e privadas, por causa da pandemia do novo coronavírus, também será gradual e terá um plano específico. Na tarde desta segunda-feira (1º), o governo estadual apresentou as etapas para retomada das atividades econômicas. A educação ficou de fora porque haverá protocolos separados, divididos igualmente por fases. Até o fim deste mês de junho as aulas presenciais no Estado permanecem suspensas por decreto do governador Paulo Câmara.

“Estamos trabalhando no plano de educação há algumas semanas e já iniciamos o debate com instituições de representação do setor. A data para a primeira etapa está relacionada com os primeiros resultados das demais atividades econômicas”, explica o secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amancio (foto). Entre as entidades que ele está conversando estão o sindicato dos donos de escolas particulares, reitores e representantes de faculdades privadas.

“As diretrizes gerais estão sendo discutidas, há conversas em andamento para construção desse plano”, enfatiza Fred. Sindicatos de professores devem também ser chamados para conversar. Somente na educação básica de Pernambuco estudam cerca de dois milhões de alunos, sendo 580 na rede estadual, 400 mil nas escolas privadas, 90 mil na rede municipal de Recife e os demais nas redes municipais das outras 183 cidades do Estado.

O secretário diz que o plano de retomada da educação deverá seguir os três eixos gerais do plano de atividades econômicas divulgado nesta segunda: distanciamento social, higiene; monitoramento e comunicação. E que poderá ser implementando paralelamente. Fred Amancio afirma que não há como prever data, neste momento, para a reabertura das escolas e faculdades, fechadas desde 18 de março.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Carnaubeira da Penha: Prefeito doutor Manoel, garante piso nacional e paga retroativo aos professores

Publicado

em

Através do Projeto de Lei 02/2010, foi aprovado na Câmara de Vereadores e garantido aos professores da rede municipal de ensino de Carnaubeira da Penha o direito de receber o piso nacional, sendo determinado o reajuste em 12,84% o salário dos servidores.

Sendo assim, o pagamento foi realizado na quinta-feira(28), e o retroativo também foi depositado nas contas, garantido o direito dos professores.

“A educação sempre foi prioridade na nossa gestão, trabalhamos para que esse Projeto fosse aprovado. Valorizar o professor é um ato de gratidão, são profissionais de extrema importância para a nossa cidade, é através deles que há esperança no futuro”, destaca o Prefeito Dr. Manoel

 

Entre em contato com o Blog do Silva Lima, Click Aqui

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima dos nossos canais na internet Clicando Aqui.

Continue lendo

Educação

Educa-PE retorna com aulas on-line nesta segunda-feira, 1º de Junho

Publicado

em

Na última sexta-feira (29), o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, anunciou a antecipação do recesso escolar do mês de julho da rede estadual. As aulas serão retomadas, remotamente, na segunda-feira, 1º de junho. A transmissão continuará sendo feita através do canal do Youtube do Educa-PE, além das emissoras TV Pernambuco, TV Alepe e TV Nova Nordeste.

As aulas ainda contam com horários alternativos; na TV Nova Nordeste das 23h às 2h; e na TV Universitária das 8h às 11h. As atividades educacionais foram iniciadas no dia 6 de abril. Desta vez, a Secretaria de Educação e Esportes traz algumas novidades, incluindo o Facebook do Educa-PE como mais um canal de transmissão.

No início das aulas, os estudantes já conferem mudanças na grade de horários e na quantidade de aulas. As aulas do nono ano do ensino fundamental dos anos finais, sobem de horário e passam a ser exibidas a partir das 13h e, em seguida, entram no ar as aulas do ensino médio.

Além disso, as aulas de 50 minutos serão divididas em duas de 25, contemplando dois componentes curriculares. O secretário da Educação de Pernambuco, Fred Amancio, comenta que “esta foi uma forma de dinamizar um pouco mais as aulas do Educa-PE. Serão dois componentes curriculares por turma que serão expostos em aulas e interatividade com o professor”. Outra novidade é a oferta de cursos de formação de professores.

“A formação de educadores é uma ação que já faz parte do nosso planejamento anual. São atividades realizadas com todas as nossas dezesseis Gerências Regionais de Educação”, ressalta Amancio. “Para esta nova realidade, que consiste em aulas não presenciais, escolhemos conteúdos que dialogam diretamente com o atual cenário e permitam o professor utilizá-los na preparação das suas aulas ou no manuseio da plataforma Educa-PE”, completa.

Para o mês de junho, estão sendo oferecidos 15 cursos, entre eles, ‘Diante da câmera: videoaulas caseiras descomplicadas’; ferramentas Google; ‘Liveboard: seu quadro branco interativo; e gravação de videoaulas em casa: utilização de ferramentas mais avançadas. A partir de agora, os estudantes terão que acessar, antes das aulas, o portal do Educa-PE. Além de permitir o acesso aos links das aulas não presenciais, de acordo com o ano escolar de cada estudante, a plataforma disponibilizará atividades complementares aliadas aos conteúdos propostos pelos professores.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending