Conecte-se Conosco

Educação

MEC registra o menor gasto para educação básica da década

Publicado

em

O MEC gastou R$ 48,2 bilhões na educação básica no ano passado.

O ano de 2020 se encerrou com o menor gasto do MEC (Ministério da Educação) em educação básica na década.

O governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) elencou a etapa como prioridade, mas o que se viu na pasta foi a redução de recursos, trocas de ministros e um maior protagonismo de pautas ideológicas.

O MEC gastou R$ 48,2 bilhões na educação básica no ano passado. O valor é 10,2% menor do que em 2019 e o menor desde 2010.

O cenário aparece em relatório de acompanhamento da execução orçamentária do ministério realizado pelo Movimento Todos Pela Educação.

Os dados são do Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal) com atualização pela inflação. A pasta encerrou o exercício de 2020 com a menor dotação desde 2011, de R$ 143,3 bilhões.

“Em plena pandemia, com milhões de alunos sem poder frequentar as escolas e diante da queda expressiva das receitas vinculadas à educação, o MEC se mostrou ausente e incapaz de exercer sua função de apoio técnico e financeiro às redes de ensino”, afirma o documento.

Questionado, o MEC não respondeu.

A Folha já havia mostrado na semana passada que os investimentos da pasta, nos dois primeiros anos da atual gestão, foram os menores da década.

Enquanto o governo Bolsonaro investiu, no acumulado de 2019 e 2020, R$ 7,2 bilhões, o investimento foi de R$ 13,5 bilhões no mesmo período do governo anterior, de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB).

Foram R$ 6,3 bilhões a menos nos investimentos, que são gastos direcionados à expansão da oferta de políticas públicas, como compra de equipamentos, insumos para laboratórios e obras. Não entraram na conta salários e custeio, esta última também em queda.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Gabarito do Enem 2021: Inep libera respostas corretas da prova

Publicado

em

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) divulgou nesta quarta-feira, 1º, o gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. As respostas das versões impressa, digital e acessível estão disponíveis no portal do órgão.

O exame foi aplicado nos dois últimos domingos, 28 e 21 de novembro. As notas finais de todos os candidatos do Enem 2021 serão anunciadas em 11 de fevereiro de 2022. Para os “treineiros”, inscritos da 1ª ou da 2ª série do ensino médio que realizam a prova para testar conhecimentos, o boletim individual será publicado 60 dias após a divulgação dos resultados.

Segundo o Inep, uma questão da prova de matemática e suas tecnologias foi cancelada, mas isso não deve influenciar na nota final do aluno. Isso porque ela é calculada de acordo com a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), que considera a combinação da coerência do padrão de resposta com o pressuposto da cumulatividade e, ainda, as características (parâmetros de complexidade) de cada item.

Na hora de conferir o gabarito, é importante atentar-se à cor, ao número e ao formato da prova (impressa ou digital) realizada pelo aluno.

Fonte: Brasil ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Estudantes com dislexia e TDAH terão acompanhamento integral

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro sancionou lei que dispõe sobre o acompanhamento integral para educandos com dislexia ou Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) ou outro transtorno de aprendizagem.
A nova lei, publicada hoje (1º) no Diário Oficial da União, estabelece que o Poder Público deve desenvolver e manter programa de acompanhamento integral para alunos com transtornos de aprendizagem.
Assim, de acordo com a Secretaria-Geral da Presidência da República, as escolas da educação básica das redes pública e privada, com o apoio da família e dos serviços de saúde existentes, ficam incumbidas de prestar cuidado e proteção aos educandos que, apresentando alterações no desenvolvimento da leitura e da escrita ou instabilidade de atenção, poderão contar com apoio e orientação da área de saúde, de assistência social e de outras políticas públicas existentes no território.
A lei estabelece ainda que as necessidades específicas no desenvolvimento do aluno serão atendidas pelos profissionais da rede de ensino em parceria com profissionais da rede de saúde, devendo ser realizada intervenção terapêutica, quando preciso, com metas de acompanhamento por equipe multidisciplinar composta pelos profissionais que forem necessários ao desempenho dessa abordagem.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Bolsa de Iniciação Científica começará a ser paga em dezembro

Publicado

em

A partir de dezembro, cerca de três mil estudantes vão começar a receber a Bolsa de Iniciação Científica, um dos benefícios complementares do Programa Auxílio Brasil.
A família do estudante contemplado com a bolsa receberá uma parcela inicial de R$ 1.000 e mais 12 parcelas mensais de R.
A bolsa é destinada a estudantes a que integrem famílias beneficiárias do Auxílio Brasil e que se destacam em competições acadêmicas e científicas, de abrangência nacional, vinculadas a temas da educação básica.
Os pagamentos serão para 15 competições credenciadas. São elas:
– IX Olimpíada Brasileira de Neurociências
– IV Olimpíada Brasileira de Cartografia: Ciência e Arte
– Olimpíada Brasileira de Robótica 2021
– 5ª Olimpíada Nacional de Aplicativos
– Olimpíada Brasileira de Soluções Sustentáveis para Água e Energia
– 3ª Olimpíada Científica Nacional sobre Oceanos e Ambientes Polares and 3rd Hackathon for new technologies for Marine and Polar research
– Olimpíada Brasileira de Matemática
– IPhCO – Olimpíada Internacional de Física e Cultura (fase nacional)
– 24ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
– 10ª Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas
– 11ª Olimpíada Brasileira de Agropecuária
– Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais
– Olimpíada Brasileira de Informática 2021
– Programa Nacional Olimpíadas de Química
– XVII Olimpíada Brasileira de Biologia
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending