Conecte-se Conosco

Pernambuco

Ouvidoria da Alepe recebe prêmio nacional por boas práticas

Publicado

em

A Ouvidoria da Assembleia Legislativa de Pernambuco receberá em dezembro o troféu pela conquista do segundo lugar no 3º Concurso Nacional de Boas Práticas das Ouvidorias Públicas Brasileiras, promovido pela Controladoria Geral da União (CGU). Devido à pandemia do novo coronavírus, o troféu e certificado dos vencedores serão enviados pelos correios.

A Ouvidoria da Alepe concorreu com 69 projetos, de todo o país, e venceu na categoria “Fomento à Participação e ao Controle Social” com a plataforma “Master Legis”, um game de perguntas e respostas sobre o poder Legislativo e atribuições dos parlamentares.

Pela ferramenta, os participantes aprendem de maneira lúdica o funcionamento do Legislativo, como por exemplo, como surgem os projetos de lei e como reclamações dos cidadãos podem chegar à Ouvidoria da Casa.

“Como Ouvidor Geral da ALEPE, sei que premiações como estas são sempre importantes porque nos motivam a estar sempre em busca de novas ideias, entregando ao cidadão melhores ferramentas e maneiras para que ele exerça o controle social. Parabenizo todos os envolvidos na realização desse projeto em benefício da população”, destacou o ouvidor da Assembleia, deputado Adalto Santos.

Pioneiro no Brasil, o “Master Legis” já foi experimentado durante os encontros do “Alepe nos Municípios”, projeto que levou, em 2019, as sessões da Assembleia para as escolas públicas municipais do Estado, como forma de despertar o interesse dos alunos pelo Legislativo.

A ferramenta foi idealizada pelo ouvidor-executivo da Alepe, Douglas Moreno. “O Master Legis consolidou o pioneirismo e o sucesso desta iniciativa dentro do programa Alepe nos Municípios. Com este reconhecimento, a ALEPE se torna referência nacional no critério de participação popular, uma vez que demonstrou êxito no engajamento da população, sobretudo a juventude. Estamos no caminho certo.”, comemorou Douglas.

O concurso Boas Práticas das Ouvidorias Públicas Brasileiras reconhece e premia iniciativas que aprimorem o controle social e ampliem os espaços de participação popular. A CGU adota como critério para seleção dos vencedores a criatividade, inovação, custo-benefício, efetividade e facilidade de ser replicado. (Foto: Ouvidor-geral da Alepe, deputado Adalto Santos)

 

Ouvidor-executivo da Alepe e idealizador do Master Legis, Douglas Moreno

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

Nota de pesar – Gonzaga Patriota lamenta falecimento de Osvaldinho, ex-prefeito de Goiana

Publicado

em

O deputado federal Gonzaga Patriota lamentou o falecimento do ex-prefeito de Goiana, Osvaldo Rabelo Filho (Osvaldinho).

“Com muita tristeza, recebi a notícia do falecimento do ex-prefeito de Goiana, Osvaldo Rabelo Filho, ocorrido na manhã desta sexta-feira (15). Quero manifestar o meu profundo pesar aos seus familiares e amigos. Que Deus possa trazer consolo ao coração de todos neste momento de profunda dor”,

Deputado federal Gonzaga Patriota

Em sua trajetória política, o ex-prefeito de Goiana, Osvaldinho, ocupou o cargo em quatro mandatos, de 1976 a 1982, quando Patriota foi colega do seu pai, Osvaldo Rabelo, na Assembléia Legislativa de Pernambuco. 1989 a 1990, de 1997 a 2000 e de 2017 a 2020. Também foi deputado estadual entre os anos de 1991 a 1994. 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Pernambuco registra 1.702 casos de Covid-19 nas últimas 24h

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (15/01), 1.702 casos da Covid-19, sendo 76 (4%) casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.626 (96%) casos leves.

Agora, Pernambuco totaliza 239.155 casos confirmados da doença, sendo 30.177 graves e 208.978 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 204.017 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.727 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 185.290 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 18 novos óbitos, registrados entre os dias 11/11/2020 e 13/01/2021. Com isso, o Estado totaliza 9.964 mortes pela doença.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 24.844 casos foram confirmados e 44.549 descartados.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Proibição de som ao vivo ou mecânico em praias, bares e restaurantes de Pernambuco entra em vigor nesta sexta

Publicado

em

A partir desta sexta-feira (15), o governo de Pernambuco proibiu som, ao vivo ou mecânico, em bares, restaurantes, praias, boates ou outros locais que possam provocar a aglomeração de pessoas. A medida é válida por 30 dias e, segundo o governo estadual, a decisão foi tomada devido ao aumento no número de casos graves da Covid-19.

Na quinta-feira (14), os 963 leitos de UTI para casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave estavam com taxa de ocupação de 82%. Em 14 de dezembro de 2020, o estado tinha 894 leitos de UTI, cuja ocupação era de 83%. Apesar de o percentual ser maior em dezembro de 2020, havia 69 leitos de UTI a menos no estado. O estado não divulga o número de pessoas internadas.

Na quarta (13), o secretário André Longo havia dito novamente que o governo poderia voltar a fechar as praias em caso de novas aglomerações durante o fim de semana. Nesta sexta (15), o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, afirmou que a fiscalização seria intensificada.

Quatro bares foram interditados durante as ações do Procon e do Corpo de Bombeiros para verificar cumprimento do protocolo contra a Covid-19 nos dias 8 e 9 de janeiro. No fim de semana anterior, foram ao menos três locais.

“As pessoas estão vendo o que está acontecendo no Rio de Janeiro. Mais grave ainda o que está acontecendo no Amazonas. Nós não vamos chegar a esse nível. Vamos fortalecer, ampliar e, infelizmente, endurecer a fiscalização”, disse.

Com a possibilidade de um novo fechamento de praias em Pernambuco, a representante da associação de barraqueiros, Josy Miranda, fez um apelo para que a população cumpra os protocolos de segurança para evitar a suspensão das atividades comerciais de quem trabalha na orla.

“É preocupante, porque se fechar a areia, fecham automaticamente os quiosques. Não é isso que a gente quer. A gente faz um trabalho de conscientização, mas é impressionante como as pessoas são aplaudidas pelo mal que fazem a elas mesmas. As pessoas que trabalham na areia são pais de família. Enquanto a vacina não chega, se conscientizem, pelo amor de Deus. A gente não pode ser penalizado por atos de pessoas inconsequentes”, afirmou.

Além de falar da proibição de aglomerações em praias, o secretário também falou que, no que diz respeito às aglomerações em ônibus que circulam na Região Metropolitana, cabe ao Grande Recife Consórcio de Transporte adotar medidas para impedir a situação.

“É preciso deixar bem clara uma questão: o ônibus, por estranho que pareça, não é o maior causador, não é um vetor importante da contaminação, porque você tem o contágio, a contaminação, pelo tempo que você permanece. As pessoas ficam pouco tempo no ônibus”, disse Pedro Eurico.

Segundo quem depende do transporte público, os percursos para o trabalho ou para outros compromissos são longos. No caso do vigilante Levy Melo, que mora no Curado, em Jaboatão dos Guararapes, e vai ao Centro do Recife, são cerca de duas horas de viagem usando o ônibus ou o Metrô do Recife.

“Pegando a BR-101 e a Abdias [de Carvalho], gasto quase duas horas para o Centro. Quando pego o Metrô, é só a misericórdia. É um absurdo. É aglomeração, é a população revoltada, muitos não estão usando máscara”, disse.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco, o estado tem tentado manter a oferta de coletivos maior do que a demanda de passageiros. “Hoje, por exemplo, a demanda é de 60% e a oferta é de mais ou menos 74% do que rodava antes da pandemia. Estamos tentando passar um pouco mais de tranquilidade para as pessoas”, disse.

“É um problema estrutural que o sistema tinha antes da pandemia e se acentuou. A gente tem tentado usar todos os recursos de que a gente dispõe para ter um serviço melhor, dentro do volume de recursos que a gente tem”, afirmou Bruto.

(Por G1 PE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending