Conecte-se Conosco

Brasil

Perdas irreparáveis

Publicado

em

Ora, toda perda é um luto, com uma junção de sentimentos e tristezas, hoje vivemos em constantes lutos pelas perdas de entes queridos ou de uma paixão. Momentos amorosos que se acabam no ar, ou se desmancha no vento.
Está de luto é esta sofrendo segundo, o filósofo Francês André Comte-Sponville, mas debruçando sobre este tema da dor da perda é um processo doloroso de aceitação que chega até ser melancólico, sendo Sigmund Freud em suas palavras ele menciona que o o trabalho do luto, é esse processo psíquico pelo qual a realidade prevalece, e cumpre que ela prevaleça.
Ensinando-nos a viver apesar de tudo, a usufruir apesar de tudo, a amar apesar de tudo. E, é isso que distingue o luto da melancolia, sentimento que pode prolongar o estado de sofrimento (ou seja, estar em suspenso) por uma vida toda. Sobre a dor dos amores vivido é uma constante manifestação de angústia onde muitas vezes ,ser deixado ou trocado por outro (outra ) é um desalento profundo, que mexe com a alma e a condição, como ser pensante diante de um todo existencial. Não é tarefa facil falar sobre o luto ou dor da perda seguindo o contexto que mais precisamente nos dias atuais a maioria das relações sociais são superficiais, trocamos ou mudamos o pensar, como se tudo fosse descartável, mas ora, se pensarmos bem e historicamente em nenhum momento, vivemos tal de forma efêmera e passageira. Quantos casais hoje não faz juras de amor em suas redes sociais. Surge então, a indagação que amor é esse que estamos vivendo?
Neste sentido não é preciso se debruçar muito para uma resposta, está muito claro que não temos amor é apenas a força do momento ou pederiamos dizer, do que outro pode me oferecer. De um dia pro outro já, tenho o desejo de outra aventura, vivemos em meio a um mundo sem sentido tudo muito passageiro, o que é intenso, não tem vez e sua tendência é a solidão, a dor mais profuda da alma o luto constante.

Por Romi Pereira
Geógrafo
Especialista em ensino de geografia e historia, e filosofia.

Professor da rede municipal de Poção Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Projeto de Lei apresentado por Eduardo da Fonte isenta IPI para taxistas, motoristas de aplicativo e pessoas com deficiência na compra de automóveis até 2026

Publicado

em

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) protocolou um projeto de lei (PL 4210/21) que prorroga a isenção de IPI até 2026 na compra de automóveis por taxistas, pessoas com deficiência física e inclui motoristas e entregadores de aplicativo na isenção do imposto. O projeto também conta com o apoio do vice-presidente estadual do PP, Lula da Fonte.

“Precisamos atualizar a legislação para que ela contemple a realidade dos brasileiros. A pandemia empurrou muita gente para o mercado informal e nós temos que olhar por essas pessoas. Temos que garantir o benefício para quem já tem direito e ampliar para contemplar também os pais e mães de família que encontraram nos aplicativos uma maneira honesta de trabalho”, explicou Eduardo da Fonte.

Atualmente, a isenção do IPI está prevista na Lei 8989/95 e pode reduzir o custo de um veículo de 7% a 25%, dependendo da motorização do automóvel.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Terceiro caso da variante ômicron no Brasil é confirmado em São Paulo

Publicado

em

A Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou hoje o terceiro caso da variante ômicron do novo coronavírus no estado e também no Brasil.

O caso é de um homem de 29 anos que, vindo da Etiópia, desembarcou no Aeroporto de Guarulhos (SP) no último sábado (27). Ao chegar em solo brasileiro, o passageiro foi testado e, em seguida, diagnosticado com a covid-19.

A identificação de que o homem estava infectado com a variante ômicron foi feita pelo Instituto Adolfo Lutz, ligado ao governo de São Paulo.

Ainda de acordo com a Secretaria da Saúde, o homem tomou as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 e está em “isolamento domiciliar”, em Guarulhos, desde que chegou ao Brasil, estando, até hoje, assintomático.

O anúncio do terceiro caso vem após, ontem, São Paulo ter confirmado os dois primeiros casos de infectados pela ômicron em solo brasileiro: um casal que, vindo da África do Sul, desembarcou em Guarulhos na semana passada.

O casal, composto por um homem de 41 anos e uma mulher de 37, apresentou apenas sintomas leves da covid-19 e foi orientado a ficar em isolamento domiciliar, segundo a pasta estadual da Saúde.

Tanto o homem como a mulher se vacinaram contra a covid-19 — ambos receberam, na África do Sul, a dose única da Janssen contra a covid-19, segundo a Secretaria da Saúde do município de São Paulo.

Por:Blog Alvinho Patriota

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Ômicron leva São Paulo a reavaliar liberação de máscaras

Publicado

em

O governo do estado de São Paulo fará uma nova avaliação sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos, após o diagnóstico de um casal vindo da África com a variante Ômicron do coronavírus. A previsão é que Comitê Científico emita um parecer na próxima semana.
A flexibilização havia sido anunciada no último dia 24, baseada em dados do avanço da vacinação e do cenário epidemiológico, e passaria a valer a partir de 11 de dezembro. O governo reforça que, independentemente da decisão do comitê, o uso das máscaras continuará obrigatório em ambientes fechados e no transporte público.
O estado de São Paulo tem, atualmente, 75,8% da população com esquema vacinal completo. Quando considerada apenas a população adulta, o percentual é de 93,7%.
Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending