Conecte-se Conosco

Educação

MPPE elabora sugestão de plano de atuação para reduzir a evasão escolar na rede pública

Publicado

em

Desafio antigo enfrentado pelo Brasil, a evasão escolar tem uma grande chance de aumentar em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus, sendo necessária a adoção de políticas públicas ainda durante o período de suspensão das aulas presenciais, bem como a partir da retomada das aulas nos sistemas gradual e híbrido, como atenção à busca dos estudantes.

Em entrevista recente ao programa A Tarde é Sua da Rádio Pajeú, a secretária de Educação de Afogados da Ingazeira, Veratânia Morais, disse estar preocupada com essa evasão. Segundo ela, há indícios de que uma parcela dos alunos, principalmente do ensino médio, tendem a não dar continuidade aos estudos em 2021.

Preocupado com a descontinuidade da formação escolar das crianças e dos jovens, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio do Centro de Apoio às Promotorias de Justiça de Defesa do Direito Humano à Educação (Caop Educação), encaminhou para os promotores de Justiça material como sugestão de atuação.

Com o objetivo principal de reduzir a números mínimos os índices de abandono, evasão e infrequência escolar, o Plano de Atuação, com modelos de documentos e sugestões de algumas diligências a serem executadas pelos promotores de Justiça, foi disponibilizado pelo Caop Educação, por email, no dia 8 de outubro.

“O Caop Educação está à disposição para esclarecimentos e apoio”, ressaltou o coordenador, promotor de Justiça Sérgio Souto. Explicou ainda que essa atuação do Caop Educação é dentro do projeto institucional “Voltei”, mas com um olhar atento ao impacto das situações de vulnerabilidades econômico-sociais causadas pela pandemia na descontinuidade escolar de uma geração de crianças e jovens.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Cufa lança projeto Alô Social e distribui chips para estudantes universitário bolsistas

Publicado

em

Com o objetivo de minimizar os impactos da pandemia da Covid-19 nas favelas do estado, a Central Única das Favelas de Pernambuco (Cufa-PE) mobiliza, desde abril, voluntários e parcerias para atender mais de 120 mil famílias em 500 comunidades da Região Metropolitana do Recife.

O novo desafio da Central durante o período de pandemia é superar o isolamento digital nas periferias. Para isso, a Cufa lançou o projeto Alô Social, que deverá atender cerca de 8 mil pessoas das comunidades. Em uma parceria com a Tim, Alô Social e a Comunidade Door, serão instalados pontos de Wi-fi livre, distribuição de chips com 1GB de internet livre, 24h por dia de WhatsApp gratuito e 24h por dia de ligações ilimitadas para qualquer operadora do Brasil.

Nessa lista de apoiadores, a CUFA conta ainda com apoio da Unesco na seleção de conteúdos educativos e culturais para reforçar o acesso remoto à educação para aulas online. Nesta quarta-feira (28), a partir das 10h, a Cufa Pernambuco realizará a distribuição de 1000 chips para os alunos bolsistas da instituição. (Do DP – Foto: Elimar Caranguejo/Divulgação)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Em Pernambuco, estudantes do segundo ano do Ensino Médio retornam às aulas presenciais

Publicado

em

Estudantes do segundo ano do Ensino Médio da Rede Estadual voltaram, nesta terça-feira (26), às aulas presenciais. Esse processo faz parte do plano de retomada gradual das aulas presenciais no estado após suspensão, em 18 de março, devido à pandemia da Covid-19. Todas as escolas estão prontas para receber estudantes, professores e demais profissionais e seguem um rigoroso protocolo de segurança estabelecido pela Secretaria Estadual de Saúde para evitar contaminação do novo coronavírus. Este processo segue até o dia 03 de novembro, com o retorno dos estudantes do primeiro ano, Ensino Técnico Concomitante, Subsequente e da Educação de Jovens e Adultos também retomam.

Na Escola de Referência em Ensino Fundamental e Médio (EREMFM) Polivalente de Abreu e Lima os estudantes foram recepcionados ao som da Banda Marcial Vânia Araújo. Os alunos seguiram para as salas em fila indiana e respeitando o distanciamento social de 1,5 metros.  Os estudantes que aderiram ao retorno das aulas presenciais responderam a uma enquete feita pela gestão da escola para saber quem estava disposto a aderir essa modalidade. Os alunos que optaram por não retornar nesse momento assistirão aulas remotas.

A EREMFM Polivalente de Abreu e Lima conta com um rigoroso protocolo sanitário para evitar o contágio do novo coronavírus. Para isso, a unidade de ensino disponibilizou totens espalhados pelos corredores, aferição de temperatura corporal,  pias para higienização das mãos, dispenser de álcool em gel em cada entrada de sala, máscara e faceshield para professores e demais profissionais, tapetes sanitizantes e cartazes de orientação.

“O nosso maior desafio é ter esse controle de cumprimento do protocolo de segurança. Nós sabemos que quando se trata de saúde, a preocupação se torna maior porque mexe com o nosso emocional. Nestes primeiros dias vamos fazer uma recepção diferente com conversas sobre as mudanças e adaptações do nosso plano de aula”, destacou o gestor da escola, Isaias Julio.

A expectativa para voltar às aulas era grande. O desejo de reencontrar os amigos e professores após longos sete meses de isolamento social deixou a estudante Graciete Vitória com mais vontade de querer retornar à escola. Tomando todos os cuidados necessários e respeitando as normas técnicas sanitárias, a jovem foi uma das primeiras alunas a chegar neste primeiro dia de aula. “As aulas presenciais são mais explicativas e a gente consegue prestar mais atenção nos assuntos abordados pelos professores. Infelizmente, nem todos os estudantes irão retornar, mas espero poder reencontrá-los em breve”, observou.

Na EREM Maria Vieira Muliterno, também em Abreu e Lima, as turmas foram divididas por cores. Cada turma tem aproximadamente 20 alunos para atender de maneira segura os protocolos de segurança estabelecidos pela Secretaria Estadual de Saúde.  Logo no início da aula, os alunos receberam um kit com caderno, lápis, caneta e máscaras.

De acordo com o gestor da escola, Elias José da Silva, esse retorno impõe um desafio maior que o comum. “Não imaginávamos que iríamos passar por uma situação dessa e tivemos que nos reinventar. No decorrer do tempo nós fomos observando as necessidades e criando mecanismos de adaptação para poder receber os estudantes novamente na escola. Tudo foi criado com muito diálogo entre os professores”, ponderou.

O professor de língua portuguesa da EREM Maria Vieira Muliterno, Alceu Joventino, foi um dos que se adaptaram à nova realidade, que é o ensino remoto. De acordo com ele, essa modalidade fez com que os estudantes não ficassem sem os conteúdos educativos, além de ter sido uma oportunidade para estabelecer um contato maior com as famílias.

“No início foi uma tremenda dificuldade porque eu não tinha esse hábito de usar a internet para dar aula. Mas com o passar do tempo, a gente foi se adaptando e vendo resultados satisfatórios. Mas ainda assim, não há comparação com a aula presencial. O conteúdo dado na aula online dificulta o entendimento dos estudantes, mas reconhecemos que esse período específico  foi oportuno para evitar um hiato entre o ensino público e o privado”, avaliou.

“O retorno das aulas presenciais vai dar mais possibilidade de aprendizagem aos estudantes. Com esse retorno, vamos dar a oportunidade ao estudante de ter acesso à internet e de fazer as atividades que estavam em déficit, além de ter acesso a equipamentos que antes eles não tinham”, analisou Edson Júnior, gestor da EREM Eurico Pfisterer, localizada em Cruz de Rebouças.

É importante destacar que este retorno dos estudantes é opcional, e no caso dos menores de idade, a decisão de voltar à escola caberá aos pais ou responsáveis. Não irão retornar os alunos, professores e demais profissionais da Educação com fatores de risco, como os maiores de 60 anos.

Por Mikael Sampaio

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Fies reabre inscrições para vagas remanescentes a partir desta segunda-feira

Publicado

em

Estudantes interessados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem acessar, a partir desta segunda-feira (26), o site  do programa para fazer inscrição para as vagas remanescentes.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas no decorrer do processo seletivo regular, por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação na contratação do financiamento, por exemplo.

Devido a falhas no sistema, o Ministério da Educação suspendeu o processo de inscrições e ampliou os prazos. Os estudantes que fizeram a inscrição não serão prejudicados.

O calendário do Fies varia um pouco de acordo com o perfil do estudante.

Confira:

26 e 27 de outubro: apenas candidatos de áreas de conhecimento prioritárias (cursos de saúde, engenharias, licenciaturas e ciências da computação);

28 de outubro a 3 de novembro: candidatos ainda não matriculados em instituições de ensino superior;

28 de outubro a 27 de novembro: candidatos que desejam financiar as mensalidades no curso e turno em que já estão matriculados atualmente.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending